Em ano de estreia, Vitor Baptista garante título da Euroformula Open na rodada dupla de Barcelona

Vitor Baptista chegou à última prova da temporada 2015 da Euroformula Open com ampla vantagem sobre Konstantin Tereschenko, que, mesmo com duas vitórias em Barcelona, não conseguiu reverter a situação. O brasileiro, com isso, garantiu o título logo em seu primeiro ano competindo na Europa

Vitor Baptista chegou à última etapa da temporada 2015 da Euroformula Open com larga vantagem sobre Konstantin Tereschenko, de 32 pontos. No circuito de Barcelona, o brasileiro se utilizou da constância para garantir o título logo em sua primeira temporada na Europa. A segunda corrida do fim de semana, realizada neste domingo (1), carimbou a conquista, apesar da vitória do piloto russo.
 
Baptista já havia conseguido um terceiro lugar na primeira corrida do fim de semana, também vencida por Tereschenko. Isso foi o suficiente para o brasileiro, apoiado pela regra de descartes, botar a mão na taça. Apenas um abandono colocaria o triunfo em risco. Com as condições a seu favor, Vitor não se arriscou muito e cruzou a linha de chegada em quinto.
Vitor Baptista, em seu primeiro ano na Europa, conseguiu se sagrar campeão (Foto: Euroformula Open)
Tereschenko liderou a maior parte da temporada, mas sucumbiu à melhora de rendimento de Baptista na segunda metade do ano. O piloto da RP Motorsport encaixou quatro vitórias seguidas, enquanto o rival da Campos sofria com a inconstância. Ao fim da temporada, Vitor somou 291 pontos contra os 286 de Konstantin.
 
O outro brasileiro do campeonato, Henrique Baptista, não conseguiu apresentar o mesmo ritmo do conterrâneo. Longe disso: Henrique fechou a temporada em 15º, com meros 14 pontos e um sexto lugar como melhor resultado.
 
Vitor Baptista chegou à Euroformula Open como campeão da F3 Brasil na categoria Light em 2014. Em uma temporada amplamente dominada por Pedro Piquet, o jovem conseguiu acumular três vitórias no certame correndo com um modelo mais antigo da equipe Cesário.

Depois da grande conquista ao fim desta temporada, Vitor trabalha para garantir seu futuro para 2016.

Tereschenko venceu as duas provas em Barcelona, mas o título ficou com Baptista (Foto: Euroformula Open)

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube