Ex-Force India sucede Domenicali como presidente da Comissão de Monopostos da FIA

Bob Fernley vai assumir o lugar de Stefano Domenicali. Britânico foi um dos responsáveis pelo fiasco da McLaren nas 500 Milhas de Indianápolis de 2019

Ex-chefe-adjunto da Force India, Bob Fernley será o novo presidente da Comissão de Monopostos da FIA (Federação Internacional de Automobilismo). O britânico vai assumir o cargo que hoje é de Stefano Domenicali.

Ex-Ferrari, Domenicali vai assumir a partir do próximo mês o papel de diretor-executivo e presidente da Fórmula 1, sucedendo Chase Carey.

Bob Fernley era chefe-adjunto da Force India (Foto: Force India)

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

Apesar do título de adjunto, Fernley estava acostumado a comandar a Force India na ausência de Vijay Mallya, mas foi demitido com a compra da equipe pelo consórcio liderado por Lawrence Stroll. Logo depois, Bob assumiu o comando do projeto da McLaren para as 500 Milhas de Indianápolis de 2019.

Fernley, porém, liderou um legítimo fiasco. Fernando Alonso sequer conseguiu se classificar para a corrida e, depois, Zak Brown, diretor-executivo da McLaren, contou que a preparação da equipe foi toda errada, já que, às vésperas da prova, o carro do time sequer tinha volante. Sem surpresas, Bob acabou demitido.

A Comissão da Monopostos da FIA organiza a base do esporte. Antecessor de Domenicalli, Gerhard Berger foi quem reorganizou a F3 Europeia e a está por trás da globalização da F4. Stefano, por sua vez, acabou com a F3 Europeia para criar o campeonato de F3, passo anterior à F2.

Nos últimos anos, a Comissão também liderou os projetos para adoção do halo e de outras medidas de segurança para as categorias menores.

Ouça os programas do GRANDE PRÊMIO no formato de podcast:
Anchor | Apple | Spotify | Google | Pocket Cast | Radio Public | Breaker

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube