Gracia passa Bartz e vence com folga corrida 2 da F4 Brasil no Velocittà

Piloto da Full Time Sports precisou de apenas uma volta para assumir a liderança da prova no Velocittà e seguir em mares calmos rumo ao primeiro triunfo do ano na F4 Brasil

Ricardo Gracia venceu, e com muita tranquilidade, a corrida 2 da F4 Brasil disputada neste sábado (14) no Velocittà. O piloto da Full Time passou o pole-position, Felipe Bartz Barrichello, logo na segunda volta e partiu com folga para triunfar em Mogi Guaçu.

Bartz batalhou muito para segurar a segunda posição e o pódio ficou completo com Fefo Barrichello, que se aproveitou de erro de Richard Annunziata e chegou em terceiro.

O pole-position da corrida 3 é Lucas Staico, que herdou a ponta após punição a Pedro Clerot. A prova acontece neste domingo (15), a partir das 12h05 (horário de Brasília), com transmissão do canal oficial da F4 Brasil no Youtube e no canal Bandsports.

Saiba como foi a corrida 2 no Velocittà:

Felipe Bartz Barrichello, que terminou em oitavo na corrida 1 vencida por Pedro Clerot, saiu na pole-position desta corrida 2. A largada, novamente, foi dada com safety-car que, ao completar a primeira volta, entrou nos boxes e Bartz manteve a ponta, com Gracia em segundo e Annunziata em terceiro.

A largada da Corrida 2 da F4 Brasil no Velocittà (Foto: Reprodução)

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2

Na abertura da segunda volta, Gracia botou de lado e tomou a ponta da prova. Annunziata bem que tentou ir no embalo, mas Bartz conseguiu se defender. Victor Backes encostou nos ponteiros e se colocou na briga pelo terceiro lugar.

Gracia partia tranquilo na frente, enquanto Bartz era o responsável pela fila indiana de seis carros logo atrás dele. Fefo Barrichello, nesse cenário, exercia pressão forte para cima de Backes, na briga pelo quarto lugar.

Faltando cinco minutos, Clerot fez grande manobra para cima de Nic Giaffone e assumiu a sexta posição. Mais à frente, Bartz melhorou seu ritmo e encostou no líder.

Bartz segura pressão de Annunziata na briga pelo segundo lugar (Foto: Reprodução)

Na volta 10, a norte-americana Aurelia Nobels teve problemas em seu carro e abandonou a prova. Na última volta, Annunziata traseirou, atrapalhou Backes e caiu para último. Fefo Barrichello se aproveitou do erro da dupla e conquistou a terceira posição. No fim, foi só conduzir com calma para Gracia conquistar a vitória no Velocittà.

Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar