Kari faz largada perfeita, domina corrida 1 da GP3 em Abu Dhabi e conquista vitória inédita na categoria

Niko Kari teve um sábado memorável em Abu Dhabi. Na corrida 1 da GP3, o piloto fez excelente largada, dominou toda a prova em Yas Marina e trouxe para casa sua primeira vitória na categoria. George Russell cruzou a linha de chegada em segundo, com Arjun Maini em terceiro

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “5708856992”;
google_ad_width = 336;
google_ad_height = 280;

A corrida 1 da GP3 deste sábado (25) teve vencedor inédito na categoria. Em um desempenho perfeito e resistido aos ataques dos adversários, Niko Kari brilhou e cruzou a linha de chegada em primeiro pela primeira vez no ano.
 

A vitória foi definida ainda na largada. Quando as luzes se apagaram em Yas Marina, os companheiros de Arden Leonardo Pulcini e Kari fizeram uma ótima saída do segundo e terceiro postos, respectivamente, pressionando o pole-position George Russel. 
 
O atual campeão da GP3 acabou atacando o competidor italiano, deixando espaço suficiente para o finlandês dar o bote e tomar a primeira colocação do pelotão na curva 2, à frente de Russell, Pulcini e Maini. Atrás do top-3 vinham Nirei Fukuzumi e Raoul Hyman, que estavam lentos e atrasavam os demais adversários.
Kari comemora vitória em Abu Dhabi (Foto: Reprodução)

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “5708856992”;
google_ad_width = 336;
google_ad_height = 280;

Então, na curva 8, o piloto japonês e Giuliano Alesi acabaram se envolvendo em um pequeno incidente, o que obrigou a dupla a ir para os boxes, enquanto mais para frente Pulcini deu o bote em cima do atual campeão e o ultrapassou, fazendo assim uma dobradinha da Arden na pista naquele momento.
 

Quando a prova estava no quinto giro, Marcos Sibert parou na curva 8, o que obrigou um safety-car virtual. Quando foi dada a relargada, Kari manteve o controle da corrida e conseguiu seguir na ponta, enquanto Russell tentou atacar Pulcini, sem sucesso. 
 
Pouco tempo depois, foi a vez de Alesi parar no traçado, agora na curva 20. Mais uma vez, foi necessária a interferência do carro de segurança virtual.
 
Na relargada, o finlandês novamente seguiu na primeira colocação. Para trás, o campeão da temporada tentou novamente ultrapassar Pulcini, e dessa vez obteve sucesso, abocanhando a segunda colocação para si. Atrás do trio, Lorandi e Boccolacci vinham em um animado embate, trocando posições constantemente.
 
O #6, então, teve um golpe de azar na corrida. Seu pneu traseiro esquerdo começou a murchar, o que o jogou para o final do pelotão e depois, para um inevitável abandono na volta 17, dando para Maini um lugar no pódio. Na ponta, Russell não conseguiu fazer nada para segurar Kari, que assim, conquistou seu primeiro triunfo na categoria. 
 
“CHORAVA COMO UM BEBÊ”

FÉLIX DA COSTA REVELA TRISTEZA APÓS PERDER CHANCE NA F1

.embed-container { position: relative; padding-bottom: 56.25%; height:
0; overflow: hidden; max-width: 100%; } .embed-container iframe, .embed-container object, .embed-container embed { position: absolute;
top: 0; left: 0; width: 100%; height: 100%; }

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube