Zanardi quebra recorde mundial entre paratletas em Ironman na Itália

Com o tempo de 8h25min30s, Alex Zanardi quebrou o recorde mundial entre atletas paralímpicos no triatlo no Ironman. Veterano italiano prepara retorno ao automobilismo em outubro, pelo Campeonato Italiano de Turismo

Alex Zanardi bateu o recorde mundial de triatlo paralímpico durante o Ironman de Emilia-Romagna, na Itália, disputado no último dia 19. Seu tempo foi de 8h25min30s, nadando 3,8 km em mar aberto, 180 km de paraciclismo e 42 km de maratona a bordo de uma handbike.
 
Zanardi conseguiu o feito apenas uma semana depois de ganhar o Mundial de Paraciclismo. A marca em Emilia-Romagna foi a melhor já registrada por um atleta paralímpico.
"Estou muito feliz. Foi muito difícil, o mar estava agitado e tivemos que lutar, o que para mim é muito difícil sem as pernas, por isso que perdi 10 minutos em relação ao tempo do ano passado, mas fui muito rápido com a bicicleta de mão e a corrida não foi ruim", declarou o piloto, surpreso com a marca, já que não investiu tanto tempo de treinamento na maratona sobre cadeira de rodas pela preparação no Mundial de Paraciclismo.
 
Aos 52 anos, Zanardi prepara o retorno ao automobilismo na penúltima etapa do Italiano de Turismo, pela BMW, que acontece entre os dias 4 e 6 de setembro.

Bicampeão da Indy em 1997 e 1998 correndo pela Ganassi, Zanardi teve as pernas amputadas em 2001, após sofrer um acidente em corrida da Indy em Lausitzring, na Alemanha. No paraciclismo, o italiano conquistou quatro medalhas de ouro nos Jogos Paralímpicos, em 2012, em Londres, e em 2016, no Rio de Janeiro.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube