No retorno ao Dakar após 25 anos de ausência, Peugeot apresenta 2008 DKR prometendo “quebra radical”

Após 25 anos longe do Rali Dakar, a Peugeot anunciou o retorno em 2015. Nesta terça, a montadora francesa apresentou o 2008 DKR, modelo que será utilizado na competição do ano que vem

De volta ao Rali Dakar, a Peugeot anunciou, nesta terça-feira (15), o carro que será utilizado neste retorno, em 2015.
 
A montadora francesa vai encerrar um hiato de 25 anos sem participar do maior rali fora da estrada do planeta. Já focando em grandes objetivos, a Peugeot contratou Carlos Sainz e Cyril Despres para assumirem o 2008 DKR.
Aí está o 2008 DKR, carro da Peugeot para o Rali Dakar 2015 (Foto: Flavien Duhamel / Red Bull)
O espanhol Sainz, que teve grande participação na edição 2014 do rali, falou sobre o modelo e elogiou a escolha pela tração em duas rodas.
 
“A filosofia por trás do 2008 DKR marca uma quebra radical e um grande número de novas ideias. O resultado final é diferente de qualquer outro carro com tração em duas rodas já feito, pois ficou muito compacto, o que é bom. Depois de fazer os últimos dois Dakar com um carro de tração em duas rodas, estou convencido de que com esta solução se pode vencer o rali”, disse.
 
O Rali Dakar 2015 está programado para começar em 4 de janeiro, em Buenos Aires, capital argentina.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube