Greensmith capota no Rali do Quênia e se revolta com fiscais. Que apenas filmavam cena

Vídeos que circulam nas redes sociais mostram Gus Greensmith revoltado por não receber ajuda de fiscais após sofrer capotamento durante a disputa do Rali do Quênia

COMO FUNCIONAM OS TESTES DO NOVO CARRO GEN3 DA FÓRMULA E?

Durante a disputa do segundo dia de atividades no Mundial de Rali, neste sábado (25), no Quênia, uma polêmica foi formada em torno do acidente de Gus Greensmith, da Ford, que capotou o carro durante a disputa do oitavo estágios. Vídeos que circulam nas redes sociais mostram o piloto e seu navegador, Jonas Andersson, com dificuldades para deixarem o carro — e sem ajuda dos fiscais ao redor.

Após o capotamento, os dois integrantes do Ford Puma quebraram o para-brisa na tentativa de conseguirem deixar o carro, enquanto fiscais de pista registravam o momento e não ajudavam o piloto e seu navegador. Algumas pessoas que faziam parte do público tentaram ajudar, mas foram impedidas pelos oficiais.

▶️ Conheça o canal do GRANDE PRÊMIO na Twitch clicando aqui!

Momento em que Greensmith consegue deixar o carro, visivelmente revoltado (Vídeo: Reprodução/Twitter)

Assim que conseguiu deixar o carro, foi possível ouvir o britânico Greensmith reclamando de não ter recebido “uma única ajuda”. Após o incidente, o piloto confirmou a veracidade do vídeo no Twitter. “Para esclarecer esse vídeo, estávamos presos dentro do carro por mais de três minutos enquanto os fiscais filmavam e não ajudavam nem a mim e nem a Jonas a sairmos do carro”, declarou.

Existe uma regra no WRC sobre a remoção dos carros, entretanto, que pode ter impedido os oficiais de se aproximarem. Como os novos motores da categoria passaram a ser híbridos, todos os carros contam com uma luz — situada no para-brisa e nas laterais — que indica a cor verde quando o carro pode ser tocado e não oferece risco em relação à eletricidade.

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2

É possível ouvir Greensmith gritando por ajuda enquanto fiscais observavam (Vídeo: Reprodução/Twitter)

Não ficou claro pelas imagens, no entanto, se a luz piscava naquele momento — embora um dos fãs que ajudaram a recolocar o carro na posição correta tenha dito que sim. Apesar do incidente, Greensmith conseguiu receber ajuda — após deixar o carro — para rolar o Ford Puma de volta e completar o estágio — sem para-brisa e com mais de 23 minutos de atraso.

O WRC disputa o Rali do Quênia neste final de semana, com encerramento previsto para o próximo domingo. Até aqui, Sébastien Ogier terminou o primeiro dia na liderança, antes de Kalle Rovanperä aproveitar um furo de pneu do octacampeão para tomar a ponta na sexta-feira.

O Ford Puma de Greensmith e Andersson ficou completamente destruído (Foto: WRC)
Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Escanteio SP.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar