Mito do automobilismo mundial, Loeb crava recorde histórico logo na estreia da Subida de Pikes Peak

Com um protótipo 208 T16 construído pela Peugeot especialmente para a Subida de Pikes Peak, Séabstien Loeb cravou 8min13s878 e quebrou a marca antiga, que era de Rhys Millen

Mito vivo do automobilismo mundial e dono de nada menos que nove títulos do WRC, Sébastien Loeb conquistou mais uma proeza neste domingo (30). No seu ano de estreia na clássica e perigosa Subida de Pikes Peak, no Colorado, Estados Unidos, o mítico piloto francês quebrou o recorde do traçado desafiador de 19,99 km e 156 curvas. Com um protótipo Peugeot 208 T16, Loeb cravou 8min13s878, cerca de 1min30s mais rápido que a antiga marca, que erra de Rhys Miller, que em 2012 anotou 9min46s164.
Com um protótipo da Peugeot, Loeb quebrou o recorde histórico de Pikes Peak (Foto: Citroën Racing)

Loeb está inscrito na categoria Unlimited, a principal das oito subdivisões que integram a 91ª edição da Subida de Pikes Peak, uma das mais tradicionais competições de escalada automobilística no mundo e é a segunda mais antiga dos Estados Unidos, perdendo apenas para as 500 Milhas de Indianápolis.

2013 marca o retorno da Peugeot a Pikes Peak desde os títulos conquistados no fim da década de 80, com o lendário Ari Vatanen e o norte-americano Bobby Unser.

Antes, outros seis recordes foram batidos na divisão de motocicletas, que compreenderam a primeira parte da tomada de tempos deste domingo no Colorado. O traçado incrível de Pikes Peak inicia com 1.440 m de altitude e termina com 4.300 m, oferecendo um desafio físico para os pilotos e também para os próprios bólidos, principalmente por conta do ar rarefeito, bastante rarefeito por conta das características geográficas da região.
Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar