Stock Car

Abreu aproveita pista seca após chuva cessar e lidera TL1 da Stock Car no Velopark ao bater Fraga por 0s002

Em dia chuvoso no Velopark, Átila Abreu aproveita última volta do treino livre, em raro momento de pista seca, para bater Felipe Fraga em duelo apertado. Grupo 2 é favorecido e faz 14 melhores tempos desta sexta-feira (5) de abertura da temporada

Grande Prêmio, do Velopark / FELIPE NORONHA, de Nova Santa Rita
Choveu durante todo o dia em Nova Santa Rita, cidade próxima a Porto Alegre na qual fica o Velopark, palco da primeira etapa da Stock Car 2019, campeonato que marca os 40 anos da categoria. Mas, no final de tarde, a água cessou, o sol saiu e a pista secou: assim, quem esteve no segundo grupo do primeiro treino livre desta sexta-feira (5) aproveitou: e Átila Abreu liderou, ao bater Felipe Fraga na última tentativa por apenas 0s002.

O piloto da Shell anotou 54s093, contra 54s095 do piloto da Cimed. Ambos aproveitaram suas últimas voltas para anotar tais tempos, na melhor condição de pista do dia.

Desta forma, os 14 carros do grupo 2 anotaram tempos melhores do que os do grupo inicial, em que ninguém baixou de 1min: Valdeno Brito anotou 1min00s996 e fez o melhor tempo de quem pegou pista molhada.

No seco, nove pilotos anotaram voltas abaixo de 55s. Gabriel Casagrande, Allam Khodair e Thiago Camilo completaram o top-5, com Julio Campos, Rafael Suzuki, Guga Lima e Nelsinho Piquet também nesta faixa de tempo.

A Stock Car volta no sábado, com o segundo treino livre marcado para 8h30, e o treino de classificação às 13h30. O GRANDE PRÊMIO cobre in loco a abertura da Stock Car 2019 no Velopark com o repórter Felipe Noronha.
Átila Abreu (José Mario Dias/Shell)
Saiba como foi o primeiro treino livre da Stock Car no Velopark

Cesar Ramos foi o 'puxador' do primeiro treino livre da Stock Car em 2019: foi ele o primeiro a baixar seu tempo no Velopark de 1min03s, e também foi o primeiro a baixar de 1min02, com 1min01s925 no sexto giro que deu na pistra mais curta da temporada.

Logo abaixo do piloto da Blau, um choque de gerações abriu o primeiro grupo do TL batalhando Rubens Barrichello, 46 anos, variava de posições com os jovens Marcel Coletta, 17 anos, e Gaetano Di Mauro, 21.

Achuva que caiu durante toda a sexta-feira em Nova Santa Rita, inclusive durante as sessões da Stock Light, deu trégua aos pilotos. Mas a pista seguiu úmida durante todos os 30 minutos de primeira parte de treino.

A Shell foi a primeira equipe a se intrometer no quarteto dominante dos 10 minutos iniciais: Ricardo Zonta marcou 1min01s688 e assumiu a liderança quando faltavam 18 minutos para o fim.
Cacá Bueno (Foto: Bruno Terena/RF1)
Na metade do tempo disponível para o grupo, Cacá Bueno foi mais um experiente a aparecer bem, com 1min01s698. Barrichello também se aproximou, mas não conseguiu baixar para 1min01, ficando com 1min02s021. 

Ainda deu tempo de outros pilotos experimentados dominarem a parte de cima do grupo 1, enquanto o sol dava as caras nos minutos finais: Marcos Gomes, estreando pela KTF, entrou no top-5; Ricardo Maurício, de volta à RC Eurofarma, chegou ao sexto lugar; e Barrichello, enfim, baixou a marca: 1min01s714 e a terceira colocação.

Por fim, Di Mauro começou a mostrar seu talento e se bateu quem está há mais tempo no grid: faltando um minuto, passou Bueno, com o tempo de 1min 01s165. Mas perdeu a liderança nos segundos finais: Brito colocou a Prati na frente: 1min00s996, o único a baixar de 1min01s até então.
Gaetano di Mauro (Foto: Fernanda Freixosa/Stock Car/Vipcomm)
Com a pista mais seca do que no grupo 1, o 14 pilotos do grupo 2 tiveram a vida facilitada: Gabriel Casagrande, Felipe Fraga e Denis Navarro baixaram de 1min logo de cara, tal como Rafael Suzuki e Galid Osman, logo em seguida. Fraga, porém, foi além: fez 57s833 após seis minutos na pista.

Pos 10 minutos, ninguém chegou perto de Fraga: Osman baixou para 58s823, e Suzuki para 59s018. Mas foi Thiago Camilo o primeiro a encarar o rival da Cimed: fez a melhor marca do dia até então com 56s791.

O treino ficou paralisado cerca de 10 minutos após acidente nos boxes da Stock Light, em que um carro da MRF Motorsport se soltou e caiu em cima de um mecânico que trabalhava por baixo dele.
Felipe Fraga (Foto: Bruno Terena/RF1)
Após a volta, Átila Abreu encontrou a pista ainda mais seca e marocu 55s556. Só que não foi só ele: os 10 minutos finais foram sob as melhores condições de pista de toda a sexta.

Então Fraga marcou 54s163, 0s8 abaixo de Allam Khodair. O piloto da Blau chegou a ameaçar, anotou 54s270, mas em seguida o rival da Cimed baixou novamente: 54s095. Abreu veio para surpreender, porém: na última tentativa, bateu Fraga por 0s002 e liderou o dia em Nova Santa Rita.

Stock Car, Velopark, treino livre 1: 

1 A ABREU Shell V-Power 0:54.093  
2 F FRAGA Cimed 0:54.095 +0.002
3 G CASAGRANDE Crown 0:54.185 +0.092
4 A KHODAIR Blau 0:54.270 +0.177
5 T CAMILO A. Mattheis 0:54.505 +0.412
6 J CAMPOS Prati Donaduzzi 0:54.565 +0.472
7 R SUZUKI Hot Car 0:54.643 +0.550
8 G LIMA Vogel 0:54.907 +0.814
9 N PIQUET Full Time 0:54.953 +0.860
10 D NAVARRO Cavaleiro 0:55.219 +1.126
11 D SERRA RC Eurofarma 0:55.246 +1.153
12 G OSMAN Shell Helix Ultra 0:55.464 +1.371
13 D NUNES KTF 0:55.706 +1.613
14 B BAPTISTA RCM 0:57.336 +3.243
15 V BRITO Prati Donaduzzi 1:00.996 +6.903
16 C BUENO Cimed 1:01.111 +7.018
17 G DI MAURO Shell Helix Ultra 1:01.165 +7.072
18 M GOMES KTF 1:01.265 +7.172
19 R BARRICHELLO Full Time 1:01.439 +7.346
20 R MAURÍCIO RC Eurofarma 1:01.470 +7.377
21 B FIGUEIREDO A. Mattheis 1:01.589 +7.496
22 M COLETTA Crown 1:01.682 +7.589
23 R ZONTA Shell V-Power 1:01.688 +7.595
24 M WILSON RCM 1:01.710 +7.617
25 C RAMOS Blau 1:01.925 +7.832
26 F LAPENNA Cavaleiro 1:01.977 +7.884
27 L FORESTI Vogel 1:02.028 +7.935
28 P CARDOSO Hot Car 1:02.107 +8.014