Após ganhar 18 posições, Barrichello diz que carro “voou” na Corrida do Milhão

A decepção da classificação, quando ficou só em 22°, quase se transformou em pódio durante a Corrida do Milhão para Rubens Barrichello

Paddockast #75 | Thiago Camilo e a Corrida do Milhão
Ouça também: PODCASTS APPLE | ANDROID | PLAYERFM

Após o treino de classificação para a Corrida do Milhão, primeira ida à pista do domingo (23) de Stock Car, Rubens Barrichello citou em entrevista à Globo sua primeira vitória na Fórmula 1, quando saiu em 18° no GP da Alemanha de 2000. O motivo foi mostrar esperança de que, mesmo largando em 22° em Interlagos, poderia alcançar um resultado positivo. E assim ele fez.

O #111 lembrou mesmo aquele dia em Hockenheim e avançou no grid com estilo: de 22°, terminou em quarto – e quase pegou pódio no final. Não deu, mas ao menos o resultado ajudou Barrichello a se manter muito bem posicionado na briga pelo título da Stock Car em 2020.

Ele tem 71 pontos, sete a menos que Cesar Ramos e 11 do que Ricardo Zonta, os únicos que aparecem à frente. Com tudo isso, Barrichello celebrou ao final da prova.

Rubens Barrichello na Corrida do Milhão (Foto: Carsten Horst / Hyset)

“A pista estava molhada pela manhã e não consegui a melhor temperatura para os pneus. Mas fiquei muito feliz com o rendimento do carro na corrida. O Corolla #111 voou”, afirmou. O elogio ao carro da Toyota, aliás, é justo: todos os pilotos citados acima conduzem o Corolla nesta temporada de estreia da marca japonesa na Stock Car.

“Eu estava guardando o ‘fan push’ (vencido por votação) para o final, mas infelizmente um retardatário acabou me atrapalhando na última volta e tirou o que poderia vir a ser um pódio. Mas o copo está muito mais cheio do que vazio. Interlagos vai estar sempre no meu coração”, completou.

Barrichello e o restante do grid ainda não sabem quando continuam a disputar a Stock Car neste ano. Devido à pandemia do Covid-19, a categoria não anunciou quando ocorre nem o palco da próxima etapa.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube