Baptista lamenta escapada que impediu vitória sobre Barrichello: “Mas tem que tentar”

Bruno Baptista quase bateu Rubens Barrichello na corrida 2 do Velopark, no último domingo (15). Ele tentou passar o rival, que acabou vencendo, mas saiu da pista e perdeu a chance. Após a prova, explicou o motivo.

A corrida 2 do Velopark, no último domingo (15), teve como momento decisivo para seu resultado final a volta 36: nela, Bruno Baptista arriscou e tentou passar Rubens Barrichello. Mais rápido, teve chance real. Mas não deu: escapou e saiu da pista, indo parar na grama. Conseguiu voltar e foi ao pódio em segundo – e depois da prova explicou ao GRANDE PRÊMIO o que aconteceu. 

Segundo o piloto da RCM, a traseira do carro #44 é que lhe tirou a chance de passar Barrichello: "Tentei, mas não deu para fazer a curva, o carro saiu de traseira, tive que controlar e não deu."

"Eu freei um pouquinho mais tarde do que devia, senão não teria chance de passá-lo. Mas eu vi que deu uma escapada de traseira, travou a traseira. Acontece. Quase deu por fora. Mas super feliz com meu desempenho", seguiu.

Rubens Barrichello é perseguido por Bruno Baptista (Foto: Duda Bairros/Stock Car)
Paddockast #33
10 ANOS DE SECA BRASILEIRA NA F1

Ouça: Spotify | iTunes | Android | playerFM

A comemoração, aliás, tem relação com o que o piloto tem mostrado nas últimas etapas. No próprio Velopark, por exemplo, já havia sido sexto na corrida 1. Em Londrina, fez seu primeiro pódio na carreira e, na Corrida do Milhão, brigou até o fim por um lugar no top-3 com nomes como Thiago Camilo e daniel Serra.

"A equipe mostra grande desempenho desde o começo do ano, desde Londrina estamos numa crescente muito grande, em evolução. Toda corrida brigamos pelo pódio."

"No Milhão quase consegui ultrapassar o Thiago na última volta. Aqui quase consegui passar o Rubinho. Mas é isso, tem que tentar, vamos no limite todas as voltas, e uma hora vai chegar minha vitória", finalizou.

Bruno Baptista viveu uma grande jornada no Velopark (Foto: Duda Bairros/Stock Car)

Baptista entrou no top-10 com os resultados no Velopark, indo a 126 pontos e ultrapassando Nelsinho Piquet e Marcos Gomes. 

A Stock Car volta à ativa entre 18 e 20 de outubro com a disputa da nona etapa do campeonato no Autódromo Zilmar Beux, em Cascavel. O GRANDE PRÊMIO cobre 'in loco' a temporada 2019 com o repórter Felipe Noronha. Siga tudo aqui.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar