Cacá vence em Tarumã, segue vivo na luta pelo hexa na Stock Car e adia decisão para Interlagos. Gomes fecha corrida 2 em 12º

Cacá Bueno voltou a vencer na Stock Car neste domingo, se recuperou do revés sofrido em Curitiba e ainda sobrevive na luta pelo seu sexto título na Stock Car. O piloto da Red Bull conseguiu adiar a decisão do título contra Marcos Gomes para a última etapa, em Interlagos

Cacá Bueno conseguiu cumprir com êxito o objetivo traçado para o fim de semana em Tarumã: levar a decisão do título da Stock Car em 2015 para a última etapa, em Interlagos. O pentacampeão do mundo sobreviveu na temporada graças à vitória na corrida 2 da penúltima prova do campeonato, na tarde deste domingo (8), em Viamão. Depois de ter largado em segundo lugar, o piloto da Red Bull chegou a perder posição para Daniel Serra, mas se recuperou e avançou para ultrapassar o pole Vitor Genz. Aí, foi só correr para o abraço. Marcos Gomes cruzou a linha de chegada em 12º, segue líder com ampla margem, mas terá de lutar pelo título em 13 de dezembro, em São Paulo.

Rubens Barrichello terminou em segundo lugar, com Daniel Serra completando o pódio. Valdeno Brito foi o quarto colocado, à frente de Átila Abreu e Popó Bueno. Julio Campos foi o sétimo, seguido por César Ramos e Ricardo Zonta. Vitor Genz fechou o rol dos dez primeiros.

Com os resultados deste domingo, agora Gomes soma 241 pontos, 31 a mais em relação a Cacá Bueno. Assim, a decisão do título da Stock Car vai acontecer em 13 de dezembro, com a disputa da etapa final de 2015, em Interlagos.

Cacá Bueno venceu a corrida 2 da etapa de Tarumã e adiou para Interlagos a decisão do título da Stock Car 2015 (Foto: Duda Bairros/Vicar)

Saiba como foi a corrida 2 da Stock Car em Tarumã

Na saída dos pilotos para o alinhamento no grid para a largada, Felipe Fraga ficou com seu carro parado, com problemas. O tocantinense conseguiu voltar à pista, mas se colocou em último por ter recebido ajuda externa para regressar à corrida.

Largando da pole, Vitor Genz sustentou a liderança, enquanto Daniel Serra não ligou para o fato de Cacá Bueno ser seu companheiro de equipe e o ultrapassou para ocupar o segundo lugar. Rubens Barrichello vinha em quarto, seguido por Ricardo Maurício e Valdeno Brito. Ricardo Zonta ocupava o oitavo posto, enquanto o surpreendente Mauro Giallombardo aparecia em oitavo. Marcos Gomes, por sua vez, ocupava a nona posição.

Mas ainda na primeira volta, na chicane, um incidente envolvendo vários pilotos acabou por prejudicar diretamente Gomes, que caiu para 13º. Também na chicane, mais atrás, Lucas Foresti tocou no carro de Thiago Camilo, que abandonou, fechando assim uma jornada terrível em Tarumã e abandonando de vez as chances de título em 2015. Assim, o safety-car foi acionado pela direção de prova.

Cacá também sofreu na entrada da chicane e foi tocado por Barrichello. O piloto do carro #111 acabou sendo advertido pelos comissários. Já Foresti levou a pior e, considerado autor de atitude anti-desportiva contra Camilo, foi excluído da corrida 2. No meio do rebu, Valdeno também foi advertido por ter tocado no carro de Barrichello na chicane.

Com pouco mais de oito minutos de corrida, a bandeira verde voltou a ser acionada. Genz escapou na frente, seguido por Serra e Cacá. Valdeno e Barrichello se enroscaram na chicane, mas o paraibano levou a melhor e se manteve em quarto. E o argentino Giallombardo mostrava bom trabalho ao andar de igual para igual no rol dos dez primeiros contra pilotos como Átila Abreu e Antonio Pizzonia.

Bueno sabia que precisava atacar ao máximo para seguir vivo na corrida e, de preferência, com direito a vitória. Por isso, não mediu esforços para ultrapassar Serra e assumir a segunda colocação. Aí, o pentacampeão partiu para cima de Vitor Genz, que passava a se defender da pressão de Cacá. Mas o gaúcho não resistiu muito tempo. Com os pneus muito desgastados, foi presa fácil para que o piloto da Red Bull fizesse a ultrapassagem, assumindo assim a liderança da corrida. Por sua vez, Gomes vinha em 13º.

Mas o líder do campeonato não tinha o melhor rendimento e sequer conseguia se sustentar em sua colocação. Assim, Gomes caiu para 15º, se arrastando com os pneus muito desgastados. No outro extremo, Cacá fazia a corrida da vida e abria vantagem para Serrinha em busca de uma vitória que lhe dava sobrevida na temporada. Barrichello aparecia em terceiro lugar.

Enquanto Cacá escapava, Serra, com ritmo mais lento, era pressionado por Barrichello na briga pelo segundo lugar. Mas o piloto do #29 resistia na frente e proporcionava ao seu companheiro de equipe tranquilidade para fazer sua corrida rumo à vitória em Tarumã. Entretanto, na abertura da volta 18 Barrichello tirou proveito do melhor desempenho e finalmente fez a ultrapassagem. Mas ele estava a 3s3 de Cacá.

Na mesma volta, Fraga recolheu para os boxes e abandonou a disputa. Gomes ganhou uma posição com a saída do seu parceiro da disputa e subiu para P12 depois que viu Ricardo Maurício encostar seu carro na saída da chicane por conta de um incêndio. Assim, a direção de prova acionou o safety-car novamente. O que, na prática, consolidou a vitória de Cacá Bueno neste domingo em Tarumã.

O triunfo do pentacampeão adiou a decisão do título para Interlagos. Será o capítulo final da temporada, marcado para 13 de dezembro. Em cartaz, o duelo entre Marcos Gomes e Cacá Bueno.

Stock Car, etapa 11, Tarumã, corrida 2, final:
 
1 0 CACÁ BUENO RJ RED BULL Chevrolet 32:06.00 21 voltas
2 111 RUBENS BARRICHELLO SP FULL TIME Chevrolet +0.463  
3 29 DANIEL SERRA SP RED BULL Chevrolet +1.211  
4 77 VALDENO BRITO PB A.MATTHEIS Chevrolet +1.586  
5 51 ÁTILA ABREU SP AMG Chevrolet +1.876  
6 74 POPÓ BUENO RJ TOTAL RACING Peugeot +2.418  
7 4 JÚLIO CAMPOS PR MICO'S Peugeot +2.742  
8 11 CÉSAR RAMOS SP TOTAL RACING Peugeot +2.983  
9 10 RICARDO ZONTA PR A.MATTHEIS Chevrolet +3.248  
10 46 VITOR GENZ RS BOETTGER Peugeot +3.808  
11 16 MAURO GIALLOMBARDO ARG HOT CAR Chevrolet +4.986  
12 80 MARCOS GOMES SP VOXX Peugeot +6.262  
13 110 FELIPE LAPENNA SP CARLOS ALVES Peugeot +7.208  
14 1 ANTONIO PIZZONIA AM MICO'S Peugeot +9.134  
15 65 MAX WILSON SP RC Chevrolet +9.716  
16 14 LUCIANO BURTI SP RZ Chevrolet +10.904  
17 5 DENIS NAVARRO SP VOGEL Chevrolet +11.675  
18 9 GUSTAVO LIMA SP PROGP Chevrolet +12.472  
19 25 TUKA ROCHA RJ BASSANI Peugeot +13.375  
20 90 RICARDO MAURÍCIO SP RC Chevrolet +4 voltas  
21 88 FELIPE FRAGA PA VOXX Peugeot +5 voltas  
22 57 FELIPE GUIMARÃES GO BOETTGER Peugeot +5 voltas  
23 28 GALID OSMAN SP RCM Chevrolet +7 voltas NC
24 83 GABRIEL CASAGRANDE PR C2 Chevrolet +7 voltas NC
25 26 RAPHAEL ABBATE SP HOT CAR Chevrolet +8 voltas NC
26 73 SÉRGIO JIMENEZ SP C2 Chevrolet +9 voltas NC
27 3 BIA FIGUEIREDO SP BASSANI Peugeot +11 voltas NC
28 18 ALLAM KHODAIR SP FULL TIME Chevrolet +14 voltas NC
29 70 DIEGO NUNES SP VOGEL Chevrolet +14 voltas NC
30 2 RAPHAEL MATOS MG CARLOS ALVES Peugeot +15 voltas NC
31 21 THIAGO CAMILO SP RCM Chevrolet +20 voltas NC
32 12 LUCAS FORESTI DF AMG Chevrolet +20 voltas NC
33 8 RAFAEL SUZUKI SP RZ Chevrolet +21 voltas NL

 

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube