Camilo explica queda de rendimento no final do Milhão: “Pneus traseiros acabaram”

Terceiro colocado por boa parte da Corrida do Milhão, Thiago Camilo acabou apenas em sexto a prova em Interlagos

Paddockast #75 | Thiago Camilo e a Corrida do Milhão
Ouça também: PODCASTS APPLE | ANDROID | PLAYERFM

Maior vencedor da Corrida do Milhão, Thiago Camilo teve chances de buscar sua quarta vitória, ou ao menos retornar ao pódio, durante boa parte da prova disputada no último domingo (23), em Interlagos. Mas acabou só em sexto, após bom começo em que andou em terceiro.

O que aconteceu para ele ficar distante da briga por troféus? O piloto da Ipiranga explicou após a corrida – e envolve estratégia de pneus.

“Meu carro estava muito dianteiro e tivemos que mudar a estratégia de trocar um pneu traseiro, como fizeram os ponteiros, e trocamos um pneu dianteiro”, contou.

“Na saída da parada até surtiu efeito positivo no equilíbrio do carro, mas depois os pneus traseiros acabaram e não tive como sustentar a posição”, completou o #21.

Thiago Camilo em Interlagos (Foto: Rafael Gagliano/Hyset)

Até a janela de boxes, aberta após a oitava volta, Camilo segurou Allam Khodair e, depois, só perdeu a terceira posição para Denis Navarro em bela manobra do piloto da Cavaleiro, usando o ‘push’ para ultrapassagem dupla. Mas, ao final, o carro de Camilo não conseguiu segurar nem Rubens Barrichello, nem Ricardo Maurício.

Com a sexta colocação, ele foi a 46 pontos e perdeu espaço na tabela de classificação, caindo para sétimo. Mas, antes da etapa final da temporada, ele poderá descartar os três piores resultados.

A Stock Car ainda não tem data nem local definidos para a próxima etapa do campeonato, devido à pandemia do Covid-19.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube