Camilo repete brilho em duelo com Salas e vence corrida 1 da nona etapa em Curitiba

Ninguém para o #21: pole e vitória no sábado, pole e vitória no domingo para Thiago Camilo, que assume a ponta da classificação da Stock Car com sua terceira vitória no ano

O dono de Curitiba: na corrida 1 da nona etapa, na manhã deste domingo (8), Thiago Camilo repetiu o roteiro de sábado. Depois de fazer a pole, segurou a liderança pela maior parte da prova, perdeu a posição para Guilherme Salas nos boxes, mas usou o ‘push’ e o talento para bater o rival e sair com sua segunda vitória no Paraná.

É o terceiro triunfo de Camilo no ano, se tornando o primeiro piloto com tal número no 2020 da Stock Car. Ele também se tornou o único a vencer duas corridas no mesmo final de semana. De quebra, tomou a liderança do campeonato após nove etapas.

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

Thiago Camilo (Foto: Luís França/Vicar)

A Corrida 1 em Curitiba também marcou o segundo pódio de dois pilotos: o próprio Salas e Denis Navarro, que fez estratégia ousada nos boxes e ganhou várias posições durante a janela de parada, garantindo o troféu de terceiro lugar.

Daniel Serra manteve o quarto posto por grande parte da prova e ali chegou. Já Rubens Barrichello avançou no top-10 para ser o quinto. Ricardo Zonta brilhou e, mesmo largando em 21°, foi o sexto, se mantendo bem posicionado na briga pelo título. Julio Campos, Ricardo Maurício, Allam Khodair e Gabriel Casagrande completaram o top-10.

A segunda prova da nona etapa da temporada está marcada para 11h55. O GRANDE PRÊMIO faz cobertura completa.

Guilherme Salas (Foto: Duda Bairros/Vicar)
Confira como foi a corrida 1 em Curitiba:

A primeira curva viu dois pilotos se destacarem com boas saídas: Guilherme Salas, que chegou a tentar tomar a ponta de Thiago Camilo, que segurou, e Rubens Barrichello, que também avançou posições no top-10.

O #111 continuou bem e, no começo da quarta volta, enquanto Camilo abria vantagem na frente, passou Julio Campos e assumiu o quarto posto. Barrichello chegou a avançar para cima de Salas, mas levou resposta dupla e caiu para quinto.

Campos e Barrichello seguiram trocando posição por alguns giros, em duelo bastante interessante com o uso de ‘pushs’. Enquanto isso rolava, Salas arriscou para cima de Baptista, passou, mas enquanto assumiu o segundo posto escapou da pista quando faltavam 20 minutos.

Na parte de trás do grid, Cesar Ramos, líder do campeonato antes da etapa, mas que teve de largar dos boxes, apostou em seguir na pista e tentar arrancar pontos, sem focar na corrida 2. Na metade da prova, já estava na zona de pontuação.

Denis Navarro (Foto: Duda Bairros/Vicar)

Na abertura dos boxes, Barrichello apostou em parar logo, diferentemente de seu usual, que é permanecer na pista até o limite. Camilo, porém, continuou, tentando abrir vantagem na ponta. Mas não deu certo: Baptista conseguiu passar Camilo, tendo parado antes nos boxes. E Denis Navarro surgiu em terceiro, com parada muito veloz nos boxes da Cavaleiro.

Restava saber o que fariam Salas e a KTF: e eles ousaram, tal como no sábado que rendeu pódio. Pararam por último e voltaram com a liderança nas mãos, e com boa distância para Baptista e Camilo.

E Baptista deu azar: problema mecânico no carro da RCM faltando seis minutos fez com que o piloto abandonasse a prova, sem esconder a lamentação após deixar o cockpit. Bom para Camilo, que subiu para segundo.

Bruno Baptista (Foto: Duda Bairros/Vicar)

Tal como no sábado, Camilo e Salas duelaram até o fim: o piloto da Ipiranga teve a primeira chance de usar o ‘push’, e na antepenúltima volta conseguiu jogar por fora na reta e passou Salas. Na penúltima, este teve a chance de devolver, mas Camilo segurou fechando a tentativa por dentro.

A partir daí, o giro final teve Camilo segurando a posição, com Salas chegando a se aproximar nas curvas, mas sem achar espaço. Navarro completou o pódio.

Stock Car 2020, Curitiba, corrida 1:

1T CAMILOIPIRANGA TOYOTA32:40.70823 voltas
2G SALASKTF CHEVROLET+0.685 
3D NAVARROCAVALEIRO CHEVROLET+2.160 
4D SERRARC CHEVROLET+3.915 
5R BARRICHELLOFULL TIME TOYOTA+5.847 
6R ZONTARCM TOYOTA+7.081 
7J CAMPOSCROWN CHEVROLET+9.513 
8R MAURÍCIORC CHEVROLET+10.784 
9A KHODAIRBLAU CHEVROLET+12.007 
10G CASAGRANDER.MATTHEIS CHEVROLET+13.530 
11C BUENOCROWN CHEVROLET+14.016 
12D NUNESBLAU CHEVROLET+15.175 
13P CARDOSOR.MATTHEIS CHEVROLET+21.740 
14R SUZUKIFULL TIME TOYOTA+22.939 
15N PIQUETFULL TIME TOYOTA+1:02.399 
16C RAMOSIPIRANGA TOYOTA+1:05.568 
17G DI MAUROKTF CHEVROLET+1:17.715 
18T ANTONIAZIHOT CAR CHEVROLET+1 volta 
19B BAPTISTARCM TOYOTAAbandonou 
20M GOMESCAVALEIRO CHEVROLETAbandonou 
21L FORESTIVOGEL CHEVROLETAbandonou 
22A ABREUCROWN SHELL CHEVROLETAbandonou 
23F LAPENNAVOGEL CHEVROLETAbandonou 
24G OSMANCROWN SHELL CHEVROLETAbandonou 
25M ROSSIFULL TIME TOYOTAAbandonou 

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube