Stock Car

Campos quebra recorde da pista e lidera segundo treino livre no Velopark. Casagrande e Camilo fecham top-3

O segundo treino livre oficial do fim de semana começou com a pista úmida, mas terminou com novo recorde do Velopark. Julio Campos quebrou uma marca que durava desde 2013, com Cacá Bueno, para marcar 53s125 e liderar a manhã deste sábado em Nova Santa Rita, com Gabriel Casagrande e Thiago Camilo completando a lista dos três primeiros. Daniel Serra foi o quarto

Grande Prêmio / FERNANDO SILVA, de Sumaré
Foi bem movimentado o segundo treino livre da Stock Car no Velopark, palco da corrida 500 da história da principal categoria do automobilismo brasileiro e abertura da temporada 2019 neste fim de semana. Na manhã deste sábado (6), a sessão começou com a pista úmida, resultado das chuvas durante toda a noite, mas secou com o passar dos minutos. E ficou em excelentes condições na fase final do grupo 2, quando Julio Campos quebrou o recorde do circuito, que pertencia a Cacá Bueno desde 2013 (53s241), para anotar 53s125 e liderar a sessão.
 
Gabriel Casagrande foi o segundo colocado, 0s078 atrás, e Thiago Camilo completou o top-3. Daniel Serra, atual bicampeão da Stock Car, foi o quarto, enquanto Felipe Fraga, que só não foi líder porque foi superado em 0s002 por Átila Abreu, finalizou na quinta colocação. Allam Khodair, Denis Navarro, Rafael Suzuki, Guga Lima e Átila fecharam a relação dos dez mais rápidos em meio a um grid formado por 28 carros.
 
O treino classificatório que vai definir o grid de largada acontece logo mais, às 13h30 (horário de Brasília). O GRANDE PRÊMIO cobre ‘in loco’ a etapa de abertura da temporada 2019 da Stock Car no Velopark com o repórter Felipe Noronha.
Julio Campos quebrou o recorde do Velopark nesta manhã de sábado (Foto: Prati Donaduzzi)
Saiba como foi o segundo treino livre da Stock Car no Velopark
 
A sessão desta manhã começou com a pista ainda bem úmida em vários trechos, fruto da chuva que voltou a dar as caras na região metropolitana de Porto Alegre nesta última noite. Foi por conta disso que o treino foi adiado em 15 minutos.
 
Valdeno começou a sessão na frente, mas com a passagem dos carros, um trilho um pouco mais seco foi se abrindo, o que permitiu alguma melhora nos tempos de volta. Assim, depois de Cacá Bueno, a ponta foi tomada pelos pilotos da Shell. Ricardo Zonta assumiu a liderança com 59s969, e Gaetano di Mauro vindo em segundo.
 
A primeira bandeira vermelha do dia foi acionada quando o mais jovem piloto da história da Stock Car, Marcel Coletta, perdeu o controle do seu novo carro #177 da Crown Racing e ficou parado na área gramada, forçando a interrupção do treino por alguns minutos.
Marcel Coletta (Foto: Reprodução)
Na retomada da sessão, Lucas Foresti, agora na Vogel, assumiu a liderança com 58s954, com Valdeno subindo para segundo, 0s210 atrás. A pista já mostrava uma boa evolução, com a tendência de tempos ainda mais baixos nos minutos seguintes. Barrichello foi o primeiro a andar na casa de 57s, com Felipe Lapenna vindo em seguida para colocar seu #110 da Cavaleiro na frente.
 
Pouco depois, Diego Nunes, correndo por casa nova, a KTF Sports, cravou 56s881 para liderar a sessão, com Lapenna em segundo, Barrichello, Bia Figueiredo e César Ramos fechando o top-5 provisório. 
 
Mas outros pilotos melhoraram seus tempos, com Ramos subindo de quinto para segundo e Di Mauro voltando aos primeiros colocados. Nunes continuou voando na pista para marcar 55s933. Até que uma nova bandeira vermelha levou a interrupção da sessão em Nova Santa Rita. 
 
Na volta da paralisação, Pedro Cardoso acabou perdendo o controle do seu carro perto de Barrichello. E ainda deu tempo para nada menos que cinco pilotos superarem o tempo de Nunes. O mais rápido deles foi o dono da casa, César Ramos, com 54s086, superando Zonta na bandeirada. Lucas Foresti foi o terceiro lugar no primeiro grupo.
 
A segunda parte do treino, com os pilotos do G2, trouxe a perspectiva de ainda mais melhora nos tempos de volta. E logo campeão e vice subiram para a ponta da tabela, com Daniel Serra marcando 53s716 e Felipe Fraga logo atrás, mas em seguida o piloto da Cimed deu o troco para liderar com 53s559. Outras tantas mudanças entre os ponteiros viriam a seguir.
Gaetano di Mauro (Foto: Reprodução)
O G2 se consolidou mesmo com Fraga, Serra e também Átila Abreu entre os primeiros colocados. Quem se colocou ali no meio também foi Thiago Camilo, que chegou a liderar com 53s488, mas logo Fraga reassumiu a liderança com o melhor tempo do fim de semana até então: 53s452, muito perto do recorde da pista, registrado por Cacá Bueno em 2013 com 53s241.
 
Mas ainda havia margem para um pouco mais e, nos minutos finais, Fraga acelerou para cravar 53s392. Parecia o desfecho do treino, mas eis que outros três pilotos superaram sua grande volta, com destaque para Julio Campos, companheiro de Valdeno na Prati-Donaduzzi, que quebrou o recorde da pista com 53s125, seguido por Gabriel Casagrande e Camilo. Serra também superou Fraga, que acabou terminando na quinta colocação.

Stock Car 2019, Velopark, treino livre 2:

1 J CAMPOS Prati Donaduzzi 0:53.125   20
2 G CASAGRANDE Crown 0:53.203 +0.078 17
3 T CAMILO A. Mattheis 0:53.336 +0.211 22
4 D SERRA RC Eurofarma 0:53.363 +0.238 20
5 F FRAGA Cimed 0:53.392 +0.267 18
6 A KHODAIR Blau 0:53.462 +0.337 18
7 D NAVARRO Cavaleiro 0:53.502 +0.377 21
8 R SUZUKI Hot Car 0:53.526 +0.401 21
9 G LIMA Vogel 0:53.554 +0.429 25
10 A ABREU Shell V-Power 0:53.602 +0.477 18
11 G OSMAN Shell Helix Ultra 0:53.637 +0.512 21
12 N PIQUET Full Time 0:53.752 +0.627 24
13 M GOMES KTF 0:54.029 +0.904 21
14 R ZONTA Shell V-Power 0:54.220 +1.095 19
15 B BAPTISTA RCM 0:54.257 +1.132 15
16 L FORESTI Vogel 0:54.683 +1.558 23
17 C BUENO Cimed 0:54.776 +1.651 17
18 M WILSON RCM 0:54.782 +1.657 20
19 D NUNES KTF 0:54.801 +1.676 23
20 C RAMOS Blau 0:54.874 +1.749 22
21 R MAURÍCIO RC Eurofarma 0:55.000 +1.875 23
22 G DI MAURO Shell Helix Ultra 0:55.092 +1.967 24
23 B FIGUEIREDO A. Mattheis 0:55.139 +2.014 25
24 M COLETTA Crown 0:55.159 +2.034 17
25 P CARDOSO Hot Car 0:55.376 +2.251 26
26 F LAPENNA Cavaleiro 0:56.929 +3.804 21
27 V BRITO Prati Donaduzzi 0:57.231 +4.106 17
28 R BARRICHELLO Full Time 0:57.563 +4.438 24