Stock Car

Campos quebra série de Camilo e larga na pole em Santa Cruz do Sul

Finalmente a sequência de poles de Thiago Camilo foi quebrada na temporada 2019 da Stock Car. Na esteira de um sábado perfeito, Júlio Campos liderou os três segmentos da classificação e marcou a pole em Santa Cruz do Sul. Camilo vai largar em segundo, com Daniel Serra fechando o top-3. Rubens Barrichello foi eliminado ainda no Q1

Grande Prêmio / FERNANDO SILVA, de Sumaré
Júlio Campos conseguiu o feito de quebrar a série de poles de Thiago Camilo na temporada 2019 da Stock Car. Na ensolarada tarde deste sábado (20) em Santa Cruz do Sul, o piloto da Prati-Donaduzzi dominou os três segmentos do treino classificatório e, no Q3, cravou 1min19s545. Camilo bem que tentou, mas ficou 0s176 atrás e vai dividir a primeira fila do grid com o paranaense com o carro #21 da A.Mattheis/Ipiranga.

Bicampeão da Stock Car, Daniel Serra, da RC Eurofarma, vai abrir a segunda fila do grid, tendo ao seu lado Gabriel Casagrande, piloto da Crown Racing. Felipe Fraga garantiu o quinto lugar do grid de largada e vai partir lado a lado com Valdeno Brito, companheiro de equipe de Campos, na corrida 1 da quinta etapa da temporada. Ricardo Maurício, da RC Eurofarma, Ricardo Zonta, da Shell V-Power, parte da oitava posição, com seus companheiros de equipe Max Wilson e Átila Abreu fechando o top-10. Já Rubens Barrichello foi eliminado ainda no Q1 e vai abrir o domingo em busca de recuperação, saindo em 20º no grid no interior gaúcho.
Júlio Campos marcou a pole em Santa Cruz do Sul (Foto: Duda Bairros/Stock Car)
A largada da corrida 1 da etapa de Santa Cruz do Sul da Stock Car está marcada para 11h (horário de Brasília) deste domingo, enquanto a segunda prova tem início previsto para 12h02. O GRANDE PRÊMIO cobre tudo 'in loco' com o repórter Felipe Noronha. Siga tudo aqui.


Saiba como foi o treino classificatório da Stock Car em Santa Cruz do Sul


Q1: Barrichello e Canapino são eliminados; Júlio Campos lidera e Baptista fica perto

Os 15 primeiros colocados do campeonato formaram o grupo 1 de pilotos que foram à pista na abertura do Q1. Na prática, os competidores tinham tempo suficiente para no máximo duas voltas rápidas. Galid Osman, enquanto estava na nona colocação, acabou rodando na sua última tentativa.

Lá na frente, quem se destacava era Júlio Campos, que tinha 1min19s408 e tomou a ponta do Q1. Thiago Camilo e Felipe Fraga vinham logo atrás, mas com diferença de 0s2 para o tempo do paranaense. Valdeno Brito, novamente aparecendo bem, vinha em quarto, enquanto Daniel Serra se colocava em quinto.

Dentre os favoritos à pole, Rubens Barrichello não foi bem, enfrentou problemas na sua volta e ficou apenas em 13º, à frente somente de Nelsinho Piquet e Diego Nunes. O campeão de 2014 se queixou da falta de aderência com pneus novos e tinha em risco sua sequência na classificação.
Agustín Canapino também caiu no Q1 (Foto: Rafa Catelan/Hot Car)
O segundo grupo do Q1 mostrou mais uma vez o quão equilibrada é a Stock Car. Ao todo, nada menos que os 24 primeiros colocados no geral terminaram no mesmo segundo. Dentre os pilotos, quem se destacou foi Bruno Baptista, em franca ascensão depois do pódio em Londrina. O paulista subiu para segundo, enquanto Átila Abreu também encaixou bela volta para se colocar em quarto. Agustín Canapino ficou bem perto de passar, chegou a se colocar em 12º, mas acabou fora do Q2. Barrichello acabou sendo eliminado, assim como outros dois pilotos de peso, Cacá Bueno e Marcos Gomes.


Q2: Campos mantém liderança e Fraga passa com volta salvadora

Na segunda parte da sessão, os 15 mais rápidos do Q1 tiveram tempo para duas voltas rápidas para buscar uma vaga na luta pela pole em Santa Cruz do Sul. O primeiro a marcar tempo foi Átila Abreu, com 1min20s258. Mas não demorou muito para que os melhores tempos fossem registrados na casa de 1min19s. Campos continuava impossível e anotava 1min19s525. Serra aparecia em segundo, enquanto Valdeno continuava muito bem e se colocava em terceiro, logo à frente de Camilo.

As últimas duas vagas no Q3 foram definidas no fim. Casagrande conseguiu assegurar passagem para a fase final, assim como Felipe Fraga, que fez grande volta e saiu de 15º para sexto lugar. Ricardo Maurício vai largar em sétimo, à frente de Ricardo Zonta, Max Wilson e Átila Abreu. Lucas Foresti, Allam Khodair, Galid Osman, Baptista e César Ramos fecham a lista dos 15 primeiros do grid.


Q3: Campos completa classificação perfeita com pole em Santa Cruz do Sul

Pela ordem do Q2, Fraga foi o primeiro a abrir sua volta rápida na luta pela pole. O campeão de 2016 marcou 1min19s844 com o carro #88 da Cimed antes de dar espaço a Casagrande, um dos destaques do sábado. A volta do paranaense foi ligeiramente melhor, 0s081 mais rápido que Fraga.

Em seguida, era a vez do rei das poles em 2019. Camilo abriu sua volta para tentar, pela quinta vez consecutiva, a posição de honra na Stock Car. Por muito pouco, Thiago subiu para a ponta ao marcar 1min19s721, 0s042 mais rápido que Casagrande. Depois de Camilo, foi a vez de Valdeno abrir sua volta rápida. Em grande momento depois do pódio em Londrina, o paraibano não conseguiu alcançar a ponta ao cravar 1min19s922, 0s201 atrás do então líder do Q3.

O quinto na pista foi o bicampeão Daniel Serra. Na primeira parcial, o #29 passou apenas 0s027 mais lento que Camilo, seguiu muito próximo no segundo setor da pista e assim foi também no fim da volta. Segundo lugar provisório para o piloto da RC Eurofarma, somente 0s024 atrás de Camilo, que só poderia ser batido por Júlio Campos.

O paranaense vinha como o homem a ser batido em Santa Cruz do Sul por conta da grande performance em todo o sábado. Na primeira parcial, Júlio passou mais rápido que o #21, mas perdeu no segundo setor da pista. Tudo ficou para o último trecho. Foi aí que Campos tirou o 'coelho da cartola', marcou 1min19s545 e quebrou, de forma incrível, a sequência de poles de Camilo para largar na frente neste domingo na Stock Car.

Stock Car 2019, Santa Cruz do Sul, corrida 1, grid de largada:

1 J CAMPOS Prati Donaduzzi 1:19.545    
2 T CAMILO A. Mattheis 1:19.721 +0.176  
3 D SERRA RC Eurofarma 1:19.745 +0.200  
4 G CASAGRANDE Crown 1:19.763 +0.218  
5 F FRAGA Cimed 1:19.844 +0.299  
6 V BRITO Prati Donaduzzi 1:19.922 +0.377  
7 R MAURÍCIO RC Eurofarma 1:19.940 +0.395  
8 R ZONTA Shell V-Power 1:20.064 +0.519  
9 M WILSON RCM 1:20.117 +0.572  
10 A ABREU Shell V-Power 1:20.258 +0.713  
11 L FORESTI Vogel 1:20.275 +0.730  
12 A KHODAIR Blau 1:20.342 +0.797  
13 G OSMAN Shell Helix Ultra 1:20.355 +0.810  
14 B BAPTISTA RCM 1:20.428 +0.883  
15 C RAMOS Blau 1:20.614 +1.069  
16 C BUENO Cimed 1:20.034 +0.489  
17 A CANAPINO Hot Car 1:20.107 +0.562  
18 R SUZUKI Hot Car 1:20.141 +0.596  
19 M GOMES KTF 1:20.157 +0.612  
20 R BARRICHELLO Full Time 1:20.160 +0.615  
21 D NAVARRO Cavaleiro 1:20.214 +0.669  
22 G DI MAURO Shell Helix Ultra 1:20.244 +0.699  
23 B FIGUEIREDO A. Mattheis 1:20.306 +0.761  
24 N PIQUET Full Time 1:20.395 +0.850  
25 F LAPENNA Cavaleiro 1:20.448 +0.903  
26 M COLETTA Crown 1:20.471 +0.926  
27 D NUNES KTF 1:20.479 +0.934  
28 G LIMA Vogel 1:20.515 +0.970  
29 P CARDOSO Hot Car 1:20.833 +1.288  

Paddockast #25
Bênçãos e Maldições da Fórmula E


Ouça: Spotify | iTunes | Android | playerFM

Apoie o GRANDE PRÊMIO: garanta o futuro do nosso jornalismo

O GRANDE PRÊMIO é a maior mídia digital de esporte a motor do Brasil, na América Latina e em Língua Portuguesa, editorialmente independente. Nossa grande equipe produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente, e não só na internet: uma das nossas atuações está na realização de eventos, como a Copa GP de Kart. Assim, seu apoio é sempre importante.

Assine o GRANDE PREMIUM: veja os planos e o que oferecem, tenha à disposição uma série de benefícios e experiências exclusivas, e faça parte de um grupo especial, a Scuderia GP, com debate em alto nível.