Casa nova, velhos conhecidos: Átila e Zonta festejam nova fase da Shell Racing na Stock Car pela TMG em 2017

A temporada 2017 da Stock Car marca o início de um casamento que já nasceu bem-sucedido. A Shell Racing é a nova parceira e patrocinadora da TMG, equipe americanense chefiada por Thiago Meneghel. Foi pelas mãos do time comandado pelo engenheiro que Átila Abreu viveu seus melhores momentos na categoria. E Ricardo Zonta já teve a chance de comemorar bons resultados ao lado de Meneghel. Agora, o trio almeja a glória na maior categoria do automobilismo brasileiro

 

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “2258117790”;
google_ad_width = 300;
google_ad_height = 600;

Os ventos da mudança sopram com tudo na Stock Car nesta temporada. Cheia de modificações, como há muito não se via, a principal categoria do automobilismo brasileiro se renovou nas regras, no formato de disputa e também no conjunto de pilotos e equipes, além de contar com um novo chefão. Tudo para continuar oferecendo ao verdadeiro fã do esporte grandes corridas, como as realizadas nos últimos anos. Os tempos são de mudanças também para a Shell Racing. 

 
A marca, que vem investindo cada vez mais no esporte a motor nacional, inclusive com um projeto inovador de desenvolvimento de jovens pilotos, manteve os pilotos Átila Abreu e Ricardo Zonta, mas agora está de casa nova. A partir de 2017, a Shell é parceira e patrocinadora da TMG Motorsport, equipe com base em Americana, interior de São Paulo, e chefiada pelo competente engenheiro Thiago Meneghel.
 
Embora o casamento entre a Shell Racing e a TMG seja uma novidade, a relação entre a marca e a escuderia traz grandes e velhos conhecidos. Foi com a TMG, então chamada AMG, que Átila viveu seus melhores momentos na Stock Car: estreante do ano em 2008, terceiro colocado em 2012 e, em 2014, vice-campeão, ficando muito perto do título. Depois de um ano fora, o piloto de Sorocaba tem novamente a chance de trabalhar com Meneghel e reeditar uma parceria mais que vitoriosa.

window._ttf = window._ttf || [];
_ttf.push({
pid : 53280
,lang : “pt”
,slot : ‘.mhv-noticia .mhv-texto > div’
,format : “inread”
,minSlot : 3
});

(function (d) {
var js, s = d.getElementsByTagName(‘script’)[0];
js = d.createElement(‘script’);
js.async = true;
js.src = ‘//cdn.teads.tv/media/format.js’;
s.parentNode.insertBefore(js, s);
})(window.document);

Átila Abreu tem novamente a chance de trabalhar ao lado de Thiago Meneghel (Foto: José Mário Dias/Shell Racing)
Dono de muita experiência na F1, campeão mundial de FIA GT e presente ao grid da Stock Car desde 2007, Zonta também já conhece o trabalho de Meneghel. No ano passado, o curitibano, hoje com 41 anos, teve a chance de contar com Thiago como estrategista dele e também de Lico Kaesemodel durante as provas de endurance da Porsche GT3 Cup, conquistando o pódio na etapa de Interlagos.
 
Assim, a nova parceria entre Shell Racing e a TMG Motorsport reúne velhos e bons conhecidos. Lado a lado, Meneghel, Shell, Átila e Zonta trabalham por um só ideal e traçam o ambicioso objetivo de lutar pelo título e alcançar o topo da Stock Car. Para Meneghel, depois de um ano de superação, que começou marcado pela incerteza pela saída de dois sócios e que terminou com grandes resultados que deram à equipe a quinta colocação geral do certame por equipes, a ansiedade é grande em começar novamente os trabalhos visando a grande meta em 2017. E, para chegar lá, o engenheiro entende que a chegada da Shell como parceira é fundamental.
 
“Nosso projeto para 2017 nasceu extremamente bem feito e temos plenas condições de buscar os objetivos desde a primeira etapa. Já fomos vice, ganhamos algumas corridas e agora falta mais um degrau, talvez o maior deles, que é conquistar o título. Lógico que é uma categoria muito competitiva, e isso faz o cenário imprevisível. Mas acredito muito no potencial do Átila e do Ricardo para chegarmos ao fim do campeonato na briga pelos títulos”, afirmou Thiago, feliz por poder contar com dois pilotos que figuram no rol dos melhores da Stock Car.
 
“Já conheço o Átila de outras temporadas, e ele mostrou muito bem do que é capaz. O Zonta passou muitos anos na F1, com a experiência de ter trabalhado com os melhores mecânicos e engenheiros do mundo, nas equipes mais organizadas que existem. Sem dúvida, esse repertório vai nos ajudar a crescer muito como escuderia”, salientou.
O experiente Ricardo Zonta tem em Meneghel um velho conhecido na nova casa da Shell Racing (Foto: José Mário Dias/Shell Racing)
A experiência de Átila e Zonta nesta nova fase da TMG e da Shell Racing é considerada fundamental também em razão do sem número de novas regras na Stock Car em 2017. As mudanças no regulamento esportivo, sobretudo no formato de disputa, tiveram como motivação tornar a competição mais justa e mudar o foco principal das corridas, com menos estratégia e mais ação.
 
A principal mudança no formato diz respeito à duração das corridas. Em 2017, as duas provas da rodada dupla terão o mesmo tempo, 40 minutos mais uma volta, com pit-stop obrigatório nas duas. Nos treinos classificatórios, a definição do grid de largada será muito parecida com a F1, com a divisão em três segmentos: Q1, Q2 e Q3. No Q1, cada grupo de 15 pilotos vai à pista para oito minutos de sessão, com 15 avançando ao Q2. Em seguida, mais oito minutos de treino com todos os 15 remanescentes na pista para a definição dos seis mais rápidos, que vão formar o Q3. Nesta fase derradeira, cada um dos competidores, do sexto ao primeiro, terão uma volta lançada em busca da pole.
 
Zonta não esconde a vontade de acelerar e buscar bons resultados desde já nesta nova união com a TMG/Shell Racing. “A ansiedade para a primeira etapa está bem grande, o que aumenta a adrenalina para a corrida. Estamos de casa nova com a TMG e novamente competindo ao lado do Átila no time.”
 
Átila também destacou o entrosamento tanto com Zonta, mas também com Meneghel. “Estou muito animado com nosso novo momento na Stock Car. É uma sinergia muito boa com o Zonta e o Meneghel, além de todo o apoio da Shell, a maior patrocinadora do automobilismo brasileiro”, vibrou o sorocabano.
Átila Abreu viveu seus melhores momentos na Stock Car na equipe chefiada por Meneghel (Foto: José Mário Dias/Shell Racing)
Em uníssono, a dupla da Shell Racing/TMG mostra apreço pelo Autódromo Ayrton Senna. “Goiânia é uma pista que eu gosto bastante e estou muito motivado. Minha meta para a temporada é ganhar corridas e chegar ao fim do campeonato lutando pelo título. Temos as condições de buscar o objetivo de ficar sempre entre os três”, declarou o experiente paranaense.
 

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “5708856992”;
google_ad_width = 336;
google_ad_height = 280;

Átila tem boas lembranças do circuito. Foi na corrida 2 da rodada disputada em novembro de 2016 que o piloto, na base da raça e após superar uma pista encharcada, conquistou sua última vitória na Stock Car. “Gosto muito de Goiânia, onde já conquistei pole, pódio e minha última vitória na categoria. Acredito que temos tudo para fazer uma boa corrida e começar a temporada com o pé direito, brigando pelas primeiras posições, que é o nosso objetivo para a temporada”, concluiu.

 
Depois dos dois testes coletivos realizados pela Stock Car nesta quinta-feira, os trabalhos em Goiânia recomeçam pra valer na sexta-feira, a partir das 10h20, com a realização do primeiro treino livre visando a rodada de abertura do campeonato. No sábado, a partir das 8h20, acontece mais uma sessão antes do treino classificatório, previsto para 13h. 
 
A rodada dupla inicial de 2017 na Stock Car começa às 13h de domingo com a primeira corrida do fim de semana. Às 14h10, acontece a prova derradeira. O GRANDE PRÊMIO acompanha tudo ‘in loco’.
 
PADDOCK GP #71 ANALISA ETAPAS DE ABERTURA DAS TEMPORADAS 2017 DA F1 E MOTOGP

.embed-container { position: relative; padding-bottom: 56.25%; height: 0; overflow: hidden; max-width: 100%; } .embed-container iframe, .embed-container object, .embed-container embed { position: absolute; top: 0; left: 0; width: 100%; height: 100%; }

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “8352893793”;
google_ad_width = 300;
google_ad_height = 250;

fechar

function crt(t){for(var e=document.getElementById(“crt_ftr”).children,n=0;n80?c:void 0}function rs(t){t++,450>t&&setTimeout(function(){var e=crt(“cto_ifr”);if(e){var n=e.width?e.width:e;n=n.toString().indexOf(“px”)

var zoneid = (parent.window.top.innerWidth document.MAX_ct0 = '';
var m3_u = (location.protocol == 'https:' ? 'https://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?' : 'http://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?');
var m3_r = Math.floor(Math.random() * 99999999999);
document.write("”);

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube