Casagrande vibra com pole e admite que corrida na chuva “não seria ruim”

Gabriel Casagrande não escondeu que ficou surpreso com a pole-position conquistada neste sábado (19), em Cascavel. O piloto não achava que daria para superar Thiago Camilo, mas uma excelente volta no Q3 definiu a parada a seu favor

Chegou o dia da primeira pole-position da carreira de Gabriel Casagrande. No treino de classificação para a etapa de Cascavel, realizado neste sábado (19), o piloto do Paraná fez o que parecia improvável: superou Thiago Camilo para terminar na frente. E admitiu ficou surpreso.
 
Casagrande passara entre os primeiros no último treino livre e tanto no Q1 quanto no Q2, mas sempre parecia um pouco para chegar a um dominante Camilo. Nem o piloto da casa acreditou que seria possível superar o rival. 
 
"Eu tinha a mesma impressão [que Camilo tinha vantagem]. Ele liderou em todos os treinos e na classificação, então eu fiquei surpreso, confesso. Mas no Q3, por você ter uma chance só, é um pouco complicado. Você coloca tudo que tem no carro, mas fica no limite de errar. Alguns carros deram traseiradas no Q3, o tempo muda, apareceu uma nuvem também, mas nenhum desses aspectos me atrapalhou: consegui repetir a volta que fiz no Q1 e no Q2", disse ao GRANDE PRÊMIO.
 
"Quando eu vi que o Felipe tinha ficado para trás, ainda sabia que o Thiago tinha um carro para ficar na minha frente. Sentei aqui (no cercadinho dos pilotos) esperando e, quando o Thiago fez o segundo trecho, o Daniel me deu parabéns e falou que eu era o pole, mas até eu ver o tempo final da volta não tem como comemorar. Estou bastante feliz e muito animado para amanhã", seguiu.
Gabriel Casagrande (Foto: Bruno Terena/RF1)
Gabriel comemorou ainda que a chuva não tenha aparecido, sobretudo por não ter conseguido treinar. Mas se a água quiser aparecer na hora da corrida do domingo ele não se opõe. 
 
"Ontem eu tive um treino muito ruim na chuva, tinha eu pneu furado que eu não percebi. Estava me esforçando muito e só via o pessoal abrindo de mim, tinha alguma coisa errada. Vim ao boxe e já não dava mais tempo de voltar, mas sabia que tinha um carro bom. O Fraga tinha sido o primeiro do grupo da chuva, então eu estava tranquilo com isso" contou. 
 
"Só que para todo mundo que está aqui trabalhando e assistindo, ficar sem chuva é muito melhor. Confesso que agora, largando na frente, uma corrida na chuva não seria ruim, mas se o tempo colaborar vai ser um show muito bacana para quem está acompanhando. É um prazer participar de tudo isso", afirmou.
 
Sobre a primeira pole ser em casa, vibrou e deu uma torcida: vai que a vitória também não é por lá?
 
"É muito especial. Quem sabe a primeira vitória também não é aqui? Quero deixar meu muito obrigado para o pessoal da equipe, o carro está fenomenal, são eles que fazem o trabalho difícil. Eu fico com a parte fácil", falou.
 
No domingo, a largada da corrida 1 está marcada para as 10h30 (de Brasília), ao passo que a corrida 2 começa às 12h.
 
O GRANDE PRÊMIO acompanha a etapa de Cascavel da Stock Car 'in loco' com o repórter Pedro Henrique Marum.
 

Paddockast #38
CORRIDAS POLÊMICAS DA F1

Ouça: Spotify | iTunes | Android | playerFM

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube