Stock Car

Com 8 pilotos ainda na disputa, Serra tem primeiro match-point em Goiânia. Confira matemática do título

A pontuação da temporada 2018 da Stock Car indica, às vésperas da 11ª e penúltima etapa, que Daniel Serra pode liquidar a fatura neste fim de semana se abrir 61 pontos de vantagem para o vice-líder. A vantagem do atual campeão para Felipe Fraga, segundo colocado, é de 34 tentos
Warm Up / FERNANDO SILVA, de Sumaré
 Daniel Serra foi o maior pontuador do fim de semana no Velo Città (Foto: Fernanda Freixosa/Vicar/Vipcomm)

A temporada 2018 da Stock Car tem pela frente um fim de semana decisivo em Goiânia, palco da 11ª e penúltima etapa do campeonato (e última rodada dupla do ano). No tradicional circuito misto, oito pilotos chegam ainda com chances — muitos deles, meramente matemáticas — de permanecer na luta pelo título. E Daniel Serra tem a possibilidade de liquidar a fatura já no Planalto Central. Sua missão é improvável, mas também não é impossível: o piloto da RC Eurofarma precisa abrir 61 pontos de vantagem para o vice-líder para festejar o bicampeonato no próximo domingo (4).
 
A conta é simples: há 110 pontos em jogo até o fim da temporada, sendo 50 em Goiânia (30 pela vitória na corrida 1, 20 na prova 2 e 60 válidos pela vitória em Interlagos, no dia 9 de dezembro, cuja disputa final vai distribuir pontuação dobrada. 
 
Diante desse cálculo, oito pilotos ainda têm chances de chegar ao título: além de Serra, com 270 pontos, Felipe Fraga (34 pontos atrás do líder), Rubens Barrichello (76), Júlio Campos (87), Max Wilson e Átila Abreu (94), Marcos Gomes (98) e Cacá Bueno (101). Ricardo Zonta, nono colocado no campeonato, soma 144 tentos, 126 atrás de Serra e, matematicamente, sem chances de lutar pelo título.
Daniel Serra tem chances de confirmar o título já neste fim de semana em Goiânia (Foto: Renato Mafra)
A pontuação dobrada é um elemento adotado pela Stock Car para ajudar a levar a decisão para a última etapa, e assim vem sendo nos últimos anos. Por conta de todo o equilíbrio da categoria mais importante do automobilismo brasileiro, é muito raro o líder do campeonato abrir mais de 60 pontos para o segundo colocado.
 
De todos os sete pilotos que ainda lutam com Serra pelo título, Fraga é, obviamente, quem mais tem chances de se manter na briga até a etapa de Interlagos. O piloto da Cimed vinha em curva ascendente nas últimas etapas e chegou a reduzir a vantagem de Daniel para apenas oito pontos depois de ter vencido a corrida 1 no Velo Città, mas os problemas nos pit-stops nas duas corridas da rodada dupla de Londrina, no mês passado, atrapalharam o jovem piloto na sua luta pelo bi.
 
Para Barrichello, a missão é mais difícil porque, além de ter de lutar contra a regularidade de Serra — que só zerou uma vez em uma rodada dupla completa nesta temporada, em Cascavel —, também vai precisar marcar ao menos 17 pontos a mais que o atual campeão no fim de semana para seguir com chances de título em Interlagos.
Felipe Fraga é quem mais tem chances de levar a decisão do título para Interlagos em dezembro (Foto: Bruno Terena/RF1)
Para os demais postulantes, o cenário é bem mais complicado. Júlio Campos, por exemplo, precisaria pelo menos de 28 pontos a mais que Serra neste fim de semana para chegar a São Paulo com chances de título, ainda que bem remotas. Átila e Max têm a necessidade de somar 35 tentos a mais que o atual campeão durante a rodada dupla em Goiânia. Para Marcos Gomes, a missão é ainda mais difícil para se manter na briga, com o ribeirão-pretano precisando somar 39 pontos a mais que Serrinha no domingo.
 
Já no caso de Cacá Bueno, o maior campeão em atividade no grid da Stock Car, a missão para seguir na decisão do título e lutar pelo hexa em Interlagos é ainda mais difícil diante dos números. Com 169 pontos no campeonato, o piloto do carro #0 da Cimed precisaria somar 42 tentos a mais que seu ex-companheiro de equipe na Red Bull, ou seja: vitória na corrida 1, no máximo um quarto lugar na corrida 2 e Serrinha sem somar pontos no fim de semana. 
 
O GRANDE PRÊMIO cobre ‘in loco’ a etapa de Goiânia da Stock Car neste fim de semana com o repórter Fernando Silva.