Stock Car

Com estratégia certeira, Marcos Gomes desbanca favoritos e vence de novo na pista de Cascavel em 2013

Marcos Gomes desbancou os favoritos Ricardo Maurício e Rubens Barrichello e, com uma tática de boxes perfeita, conquistou pela segunda vez em 2013 a vitória em Cascavel. Cacá Bueno, que largou em último, cruzou a linha de chegada em oitavo, abrindo oito pontos de vantagem na liderança da Stock Car

Warm Up / Redação GP, de São Paulo

Foi contando com uma estratégia certeira que Marcos Gomes conquistou pela segunda vez em 2013 a vitória na pista de Cascavel, que substituiu de última hora a prova de Brasília no calendário da Stock Car. O piloto da Carlos Alves largou em quarto neste domingo (1), manteve sempre um ritmo forte e longe dos problemas, para superar Rubens Barrichello após os pit-stops e assumir de vez a ponta da movimentada e polêmica corrida no Paraná, a oitava da temporada deste ano.
Marcos Gomes venceu a etapa de Cascavel (Foto: Miguel Costa Jr/MF2)

Antes mesmo de a corrida começar, Cacá Bueno expressava seu desagrado com relação à punição dada pelos comissários da CBA, que o desclassificaram do treino que definiu o grid de largada. O líder do campeonato caiu de terceiro para último, por ter reabastecido o carro durante a sessão classificatória. E foi do fundo do grid que iniciou a etapa paranaense, para cruzar a linha de chegada em sétimo. O resultado, aliado aos infortúnios dos adversários, o fez abrir oito pontos na liderança.

Agora, o carioca da Red Bull possui 138 pontos, contra 130 de Daniel Serra, que virou vice-líder depois do segundo posto na etapa paranaense. Max Wilson, quinto no campeonato, foi quem completou o pódio.

A prova também foi marcada por diversas punições por drive-through, sendo a mais polêmica envolvendo Átila Abreu, que foi penalizado pelos comissários depois de uma disputa com Max Wilson. Toques, escapadas e irregularidades durante as relargadas também não foram poupadas pelos comissários.

Ainda, horas após o fim da etapa cascavelense, a direção de prova informou a exclusão de Allam Khodair, Vitor Genz e Rodrigo Pimenta. Os três por irregularidades no reabastecimento de seus carros durante a corrida. Khodair havia sido o quinto colocado, enquanto Pimenta foi o 27°, uma posição melhor que Genz. As punições, claro, acabaram alterando a classificação final da prova e a tabela de pontos da Stock Car.

Saiba como foi a corrida da Stock Car em Cascavel neste domingo

Rubens Barrichello comandou como quis a largada da Stock Car neste domingo (1) em Cascavel. O piloto da Full Time contornou até com folga a primeira curva, seguido por Ricardo Maurício e Max Wilson. Sergio Jimenez também saiu bem e já figurava em quarto na primeira volta, seguido por Thiago Camilo, Marcos Gomes, Átila Abreu, Daniel Serra, Vitor Genz e Julio Campos. Saindo lá do fundo do grid, Cacá Bueno já tratava de se recuperar. O pentacampeão, que partiu de último depois da punição deste sábado, passou em 26° o giro inicial.

Na abertura da segunda volta, Maurício aproveitou o espaço deixado por Barrichello na curva 1 e tomou a liderança. Enquanto isso, Jimenez tentava superar Wilson ao mesmo tempo em que lidava para conter a pressão de Camilo, que, por sua vez, acabou perdendo rendimento e posições nas voltas seguintes. Thiago era o oitavo na quinta passagem.
Largada da etapa de Cascavel da Stock Car (Foto: Miguel Costa Jr/MF2)

Lá na frente, Ricardinho tinha 1s2 de vantagem para Barrichello. Wilson era o terceiro, com certa folga para Jimenez, que se sustentava em quarto. Serrinha é quem apareceu bem em quinto, à frente de Átila, Camilo e Marcos Gomes. Julio Campos e Diego Nunes completavam o top-10.

Jimenez, entretanto, não conseguiu permanecer muito tempo em quarto. Quase que ao mesmo tempo, o piloto perdeu posições para Daniel e Átila.  E os dois trataram de ir atrás de Wilson. Não demorou muito, Serrinha passou o rival da RC. Abreu veio na sequência e também superou Max, em uma manobra que ficou sob investigação. A direção ainda puniria três voltas mais tarde o piloto da AMG com um drive-through pela ultrapassagem. A justificativa foi de que Abreu ultrapassou os limites da pista para concluir a manobra. 

Perto da décima volta, a direção de prova ainda puniu com drive-through três pilotos por queima de largada: Felipe Lapenna, Rodrigo Sperafico e Valdeno Brito. Um giro depois, Lapenna acabou escapando da pista, forçando a entrada do safety-car.

A relargada foi autorizada na 12ª volta. Maurício se mandou na frente, enquanto Barrichello se via às voltas com problemas de pneus e perdeu o segundo posto para Serrinha.  Mas Rubens conseguiu devolver a ultrapassagem na passagem seguinte.

Aí Maurício rodou depois de ter um pneu furado na entrada da reta principal. Assim, Barrichello assumiu a ponta, enquanto a direção de prova colocou o safety-car na pista novamente. Por isso, a ordem atrás do ex-piloto da F1 e da Indy era: Jimenez, Gomes, Serrinha, Wilson, Campos, Camilo, Raphael Matos, Diego Nunes e Allam Khodair, em décimo. Cacá vinha em 18°.

O carro de segurança deixou a pista na abertura do 20°. Barrichello se manteve na ponta, enquanto Serrinha superava Jimenez para assumir a vice-liderança da prova. Na volta seguinte, boa parte do grid foi aos boxes para a janela de troca de pneus e reabastecimento, exceto os ponteiros, que deixaram para visitar os pits duas voltas depois.

Os dois incidentes nos boxes chamaram atenção. Cacá e Luciano Burti tiveram um leve toque, enquanto Maurício e Átila também bateram nos pits, mas de forma mais séria. No momento em que deixava o pit-stop, o carro de Atila ficou prensado contra o de Ricardinho, que entrava para fazer o reabastecimento. Pior para Abreu, que teve a frente do carro bastante danificada na batida e perdeu muito tempo nos boxes.

Longe de qualquer problema, quem deu se melhor com as paradas de boxes foi Marcos Gomes. Em um rápido e tardio pit-stop, Marquinhos conseguiu voltar à frente de Barrichello. Serrinha, Max e Khodair completavam os cinco primeiros.
Marcos Gomes celebra vitória em Cascavel (Foto: Fernanda Freixosa/Vicar)

E Gomes não desperdiçou o bom trabalho feito pelos mecânicos nos boxes e passou a abrir boa vantagem para Barrichello, sendo constantemente 1s mais rápido. Mas o piloto da Full Time, que não havia trocado os pneus no pit-stop, acabou sucumbindo a uma falha no pneu traseiro direito, contratempo que o tirou da briga pelo pódio.

Assim, Marquinho caminhou firme rumo à segunda vitória em Cascavel em 2013. Daniel Serra completou em segundo, logo à frente de Max Wilson. Cacá Bueno terminou em oitavo e agora lidera o campeonato com oito pontos de vantagem para Serrinha.

A próxima etapa da Stock Car acontece no dia 15 de setembro, na pista gaúcha do Velopark.
 
Stock Car, Cascavel, Final:


1 Marcos GOMES SP Carlos Alves
Peugeot 408
42:12.551 37 voltas  
 
2 Daniel SERRA SP Red Bull
Chevrolet Sonic
+0.970      
     
3 Max WILSON SP RC
Chevrolet Sonic
+2.765      
     
4 Sérgio JIMENEZ SP JF
Peugeot 408
+4.097      
     
5 Thiago CAMILO SP RCM
Chevrolet Sonic
+7.738      
     
6 Luciano BURTI SP Boettger
Peugeot 408
+7.839      
     
7 Cacá BUENO RJ Red Bull
Chevrolet Sonic
+7.955      
     
8 Raphael MATOS MG Hot Car
Chevrolet Sonic
+9.491      
     
9 Nonô FIGUEIREDO SP AMG
Chevrolet Sonic
+10.245      
     
10 Valdeno BRITO PB WA Mattheis
Peugeot 408
+10.539      
     
11 Diego NUNES SP Bassani
Peugeot 408
+11.266      
     
12 Júlio CAMPOS PR Mico's
Peugeot 408
+11:556      
     
13 Duda PAMPLONA RJ ProGP
Chevrolet Sonic
+11.563      
     
14 Denis NAVARRO SP JF
Peugeot 408
+12.794      
     
15 Tuka ROCHA RJ RZ
Chevrolet Sonic
+13.196      
     
16 Popó BUENO RJ WA Mattheis
Peugeot 408
+14.716      
     
17 David MUFFATO PR Carlos Alves
Peugeot 408
+15.862      
     
18 Gabriel CASAGRANDE PR Bassani
Peugeot 408
+20.527      
     
19 Fábio FOGAÇA SP Vogel
Chevrolet Sonic
+20.961      
     
20 Galid OSMAN SP RCM
Chevrolet Sonic
+27.392      
     
21 Rodrigo SPERAFICO PR Mico's
Peugeot 408
+28.069      
     
22 Wellington JUSTINO GO Hot Car
Chevrolet Sonic
+31.005      
     
23 Beto CAVALEIRO SP Hanier
Peugeot 408
+45.459      
     
24 Ricardo SPERAFICO PR ProGP
Chevrolet Sonic
+49.123      
     
25 Rubens BARRICHELLO SP Full Time
Chevrolet Sonic
+1 volta      
     
26 Ricardo MAURÍCIO SP RC
Chevrolet Sonic
+4 voltas      
     
27 Alceu FELDMANN SP Full Time
Chevrolet Sonic
+7 voltas      
     
28 Atila ABREU SP AMG
Chevrolet Sonic
+8 voltas      
     
29 Ricardo ZONTA PR RZ
Chevrolet Sonic
abandono      
     
30 Lico KAESEMODEL PR Boettger
Peugeot 408
abandono      
     
31 Felipe LAPENNA SP Hanier
Peugeot 408
abandono