Com Meinha, Baptista se vê bem posicionado para futuro renovado da Stock Car

Um dia, os pilotos mais experientes da Stock Car deixarão o grid. E Bruno Baptista, 22 anos, espera ser um dos nomes fortes da categoria quando o ciclo da geração anterior à dele se encerrar

Bruno Baptista luta no presente da Stock Car, mas já pensa no futuro: aos 22 anos, terá pelo terceiro ano seguido um carro nas equipes de Rosinei Campos, o Meinha, campeão com Daniel Serra nas últimas três temporadas. No caso, ele estará com Ricardo Zonta na RCM. 

Com vitória em 2019, além de top-10 na classificação ao final do campeonato, ele já briga com os principais pilotos, mas sabe que estar em uma equipe forte, na verdade, lhe ajuda para daqui alguns anos, quando os nomes mais experientes deixarem a categoria.

Rubens Barrichello abraça Bruno Baptista no Velopark (Foto: Duda Bairros/Stock Car)

"Se você for ver na categoria, hoje em dia, temos seis, sete pilotos jovens, e os outros 20 da antiga geração.  Não velhos, mas há mais de oito anos, nove anos na Stock Car. Então acho que o próprio Meinha está procurando fazer essa renovação na equipe dele", opinou Baptsta em entrevista ao GRANDE PRÊMIO.

"O Meinha quer pilotos mais jovens para o futuro da equipe também, então acho que fui uma das soluções para ele. Como daqui uns cinco, seis anos, ou para mais, talvez esses pilotos irão parar de correr, é o ciclo normal da vida, a pessoa vai ficando mais velha e para, acho que ele procura essa renovação e acho que ela ocorre comigo", seguiu.. 

Bruno Baptista no Velopark (Foto: Duda Bairros/Stock Car)
Paddockast
O MELHOR CONTEÚDO DO ESPORTE A MOTOR PARA OUVIR QUANDO QUISER

Ouça:

Spotify | iTunes | Android | playerFM

Mas, além da jovialidade, Baptista enxerga sua própria relação com Meinha e com Marcel Campos, engenheiro (e filho de Rosinei), como um dos motivos para a continuidade na RCM: "Estou andando super bem, ele gostou dos meus resultados, então acho que a sinergia na equipe encaixou muito bem – eu e os mecânicos, o Marcel, que é meu engenheiro, tudo."

"A sinergia encaixou perfeita comigo. O modo de trabalhar comigo, que é o que trabalhei na Europa e gosto de trabalhar, é o modo de trabalhar do Marcel e do Meinha. Então não sei se eu tivesse em outra equipe, na Full Time, ou em uma Cimed da vida, não sei se essa sinergia teria existido."

"Porque a principal razão para você ter um fruto bom de trabalho lá dentro, de ter bons resultados, é a sinergia e trabalho. Se você não se dá bem com o engenheiro ou com a equipe, se seu estilo de tabalho é diferente, a chance de você não ter um bom resultado é grande. Acho que todas essas coisas que falei, sinergia, a boa performance que tive, tudo isso contribuiu para que em 2020 eu tenha esse contrato renovado com o Meinha", completou.

Por fim, revelou que recebeu propostas para mudar de time, mas preferiu seguir onde já estava: Tinha outras opções de equipes, outras equipes vieram me procurar – equipes que ganharam ano passado, com bom desempenho. Mas eu quis continuar no Meinha, por tudo que ele está fazendo  nos últimos cinco anos, na verdade desde que ele começou na Stock Care. Estou feliz."

A Stock Car volta no dia 29 de março, com a disputa no formato de duplas em Goiânia

Apoie o GRANDE PRÊMIO: garanta o futuro do nosso jornalismo

O GRANDE PRÊMIO é a maior mídia digital de esporte a motor do Brasil, na América Latina e em Língua Portuguesa, editorialmente independente. Nossa grande equipe produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente, e não só na internet: uma das nossas atuações está na realização de eventos, como a Copa GP de Kart. Assim, seu apoio é sempre importante.

Assine o GRANDE PREMIUM: veja os planos e o que oferecem, tenha à disposição uma série de benefícios e experiências exclusivas, e faça parte de um grupo especial, a Scuderia GP, com debate em alto nível.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube