Serra segue líder da Stock Car e Barrichello é punido em Interlagos. Confira classificação

A primeira pontuação extraoficial após a rodada dupla de Interlagos mostrava Daniel Serra e Bruno Baptista empatados na liderança com 64 pontos. Entretanto, em razão do regulamento e do fato de o vencedor António Félix da Costa não somar pontos — por não estar filiado à Codasur —, Serra herda a pontuação do primeiro lugar, embora oficialmente seja declarado como segundo na corrida 2, acumulando assim 24 tentos ao invés de 20

Di Mauro sofreu um forte acidente no final da corrida 2 em Interlagos (Vídeo: SporTV)

Daniel Serra foi oficializado como líder da temporada 2021 da Stock Car, posição mantida em relação ao desfecho da rodada dupla de Goiânia, também com o término da etapa de Interlagos, neste domingo I16). Na primeira pontuação divulgada pela categoria, ainda em caráter extraoficial, o tricampeão estava empatado com Bruno Baptista na liderança, os dois com 64 pontos, mas com Serra na frente em razão dos critérios de desempate, já que venceu uma corrida neste campeonato. Mas a tabela definitiva traz ligeiras mudanças na pontuação e compreende também as punições impostas a Rubens Barrichello e Guga Lima.

Em razão de uma regra que determina que um piloto não-filiado à Codasur (Confederação Sul-Americana de Automobilismo) não pode pontuar em competições chanceladas pela entidade, António Félix da Costa não somou os 24 pontos em razão do triunfo na corrida 2 no circuito paulistano. Em princípio, Serra manteve os 20 tentos pelo segundo lugar, mas na verdade o piloto da RC Eurofarma herdou a pontuação destinada ao lusitano companheiro de equipe, ainda que declarado como segundo colocado na corrida.

No topo da tabela, dos 64 que chegou a ter logo depois da corrida, Daniel agora tem 68 pontos no campeonato, 3 a mais que Baptista, vice-líder da tabela. Salas, terceiro colocado na corrida, assumiu a pontuação do segundo colocado e somou 20 ao invés de 18 pontos. O mesmo para Ricardo Zonta, quarto colocado, que acumulou os 18 tentos relativos ao terceiro lugar e assim por diante.

DANIEL SERRA; STOCK CAR; PÓDIO; CORRIDA 2; INTERLAGOS;
Daniel Serra segue líder do campeonato depois da rodada dupla de Interlagos (Foto: Duda Bairros/Vicar)

As demais posições do top-10 foram mantidas, ainda que com pequenas variações em termos de pontuação. Átila Abreu, da nova equipe da Stock Car, a Pole Motorsport, patrocinada pela Shell, está em terceiro e soma 63 pontos — não mais 62 —, 1 a mais que César Ramos, da A.Matheis Ipiranga. O gaúcho, quarto colocado, é seguido por outra surpresa na tabela de pontos neste ainda princípio de campeonato: Denis Navarro, da Cavaleiro, que tem 58 tentos depois da boa etapa neste fim de semana em Interlagos.

Dono da pole e de uma vitória dramática neste domingo no autódromo paulistano, Gabriel Casagrande, da Vogel/A.Mattheis, subiu bem na tabela e tem agora 56 pontos. O paranaense é seguido por dois nomes de enorme peso na Stock Car: Thiago Camilo, da A.Mattheis/Ipiranga, em sétimo com 47, e Cacá Bueno, pentacampeão da categoria e piloto da Crown Racing, com 46.

Galid Osman, que perdeu grande chance até de vencer neste domingo na corrida 2 com o carro #28 da Pole Motorsport, é o nono e tem 45 tentos, contra 70 de Diego Nunes, da Blau, que soma 40.

Prejuízo maior, em termos de busca pelo título, tiveram dois pilotos. Fora da rodada dupla em Interlagos depois de ter testado positivo para Covid-19, Ricardo Maurício, o atual campeão da Stock Car estacionou nos 29 pontos e está em 16º lugar, atrás de Rafael Suzuki. O piloto de 42 anos, segundo informações da assessoria de imprensa da RC Eurofarma, apresenta leve quadro de pneumonia após realizar novos exames.

Bruno Baptista segue em posição de enorme destaque como vice-líder do campeonato (Foto: Vanderley Soares)

Gaetano di Mauro, vítima de gravíssimo acidente no fim da corrida 2, quando lutava por um lugar no pódio, se manteve com 34 pontos, mas caiu de segundo para 13º na tabela.

Já o substituto de Maurício em Interlagos, António Félix da Costa, fez história ao ser o primeiro piloto estrangeiro a vencer de forma individual na Stock Car. No entanto, em razão de uma regra descrita no Artigo 4.3, inciso II, do Regulamento Desportivo determinado pela Confederação Brasileira de Automobilismo para a Stock Car, pilotos não-filiados à Codasur (Confederação Sul-Americana de Automobilismo) podem participar de competições como a Stock Car, mas não pontuam, como é o caso de Félix da Costa.

Felipe Massa e Tony Kanaan, que fazem suas respectivas temporadas de estreia na Stock Car, pontuaram pela primeira vez no campeonato neste domingo. O vice-campeão mundial de F1 em 2008 com a Ferrari tem 22 pontos e é o 18º colocado no campeonato com a equipe Lubrax Podium, enquanto Kanaan, da Full Time, está em 22º e tem 11 tentos.

Rubens Barrichello, em contrapartida, teve um fim de semana para esquecer. O piloto foi considerado culpado pelo incidente que envolveu também Marcos Gomes e Cacá Bueno no fim da Reta Oposta no início da corrida 1, foi excluído pelos comissários de prova e sofreu punição ainda mais dura: a perda de todas as posições do grid de largada da corrida 1 da próxima etapa, em 19 de junho, no Velocitta, em Mogi-Guaçu, interior de São Paulo. Barrichello soma apenas 3 pontos no campeonato.

Da mesma forma, Guga Lima foi excluído por ter causado o incidente com Christian Hahn no começo da corrida 2 em Interlagos. O piloto da A.Mattheis/Vogel, companheiro de equipe de Casagrande, também perdeu todas as posições do grid da corrida 1 da etapa do Velocitta, assim como Barrichello.

Stock Car 2021, classificação após quatro corridas (oficial):

     PolesVitóriasPontos
129D SERRA RC EUROFARMA CHEVROLET168
244B BAPTISTA RCM TOYOTA65
351A ABREU POLE/SHELL CHEVROLET63
430C RAMOS IPIRANGA TOYOTA62
55D NAVARRO CAVALEIRO CHEVROLET58
683G CASAGRANDE VOGEL CHEVROLET1156
721T CAMILO IPIRANGA TOYOTA47
80C BUENO CROWN CHEVROLET146
928G OSMAN POLE/SHELL CHEVROLET45
1070D NUNES BLAU CHEVROLET40
1185G SALAS KTF CHEVROLET39
1218A KHODAIR BLAU CHEVROLET37
1311G DI MAURO KTF RACING CHEVROLET34
1410R ZONTA RCM TOYOTA32
158R SUZUKI FULL TIME BASSANI TOYOTA29
1690R MAURÍCIO RC EUROFARMA CHEVROLET129
1743P CARDOSO KTF RACING CHEVROLET27
1891F MASSA LUBRAX PODIUM CHEVROLET22
194J CAMPOS LUBRAX PODIUM CHEVROLET20
2012L FORESTI KTF CHEVROLET17
2116C HAHN BLAU II CHEVROLET13
2248T KANAAN FULL TIME BASSANI TOYOTA11
2333N PIQUET MX PIQUET TOYOTA9
249G LIMA VOGEL CHEVROLET8
2573S JIMENEZ MX PIQUET TOYOTA6
26117M ROSSI FULL TIME TOYOTA4
2788B MONTEIRO CROWN CHEVROLET3
28111R BARRICHELLO FULL TIME TOYOTA3
2986G FRIGOTTO RKL CHEVROLET2
30110F LAPENNA HOT CAR CHEVROLET1
3154T ANTONIAZI HOT CAR CHEVROLET1
3280M GOMES CAVALEIRO CHEVROLET1
3365M WILSON FULL TIME TOYOTA0
3413A FÉLIX DA COSTA RC EUROFARMA CHEVROLET10

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar