Di Grassi comanda 1-2 da Hero e fecha na frente sexta-feira de treinos para Corrida do Milhão

Lucas Di Grassi registrou a melhor volta desta sexta-feira de treinos livres em Goiânia ao marcar 47s756, sendo 0s069 mais rápido que seu companheiro de equipe na Hero, António Félix da Costa. O primeiro 'milionário' da Stock Car, Valdeno Brito, completou a lista dos três mais rápidos da sessão

A Hero foi a grande força do primeiro dia de atividades de pista visando a décima edição da Corrida do Milhão da Stock Car. Nesta sexta-feira (3) que abriu os trabalhos no Autódromo Internacional de Goiânia, António Félix da Costa liderou a primeira sessão, enquanto Lucas Di Grassi foi o mais rápido do segundo treino livre. Com sua volta mais rápida em 47s756, o paulista foi o mais rápido do dia e superou o companheiro lusitano em apenas 0s069.

A terceira colocação coube ao primeiro vencedor da Corrida do Milhão. Valdeno Brito ficou a apenas 0s118 do tempo de Di Grassi e foi 0s010 mais rápido que Guilherme Salas, o quarto colocado. Marcos Gomes, da Cimed, completou a lista dos cinco primeiros, com Max Wilson em sexto e Cacá Bueno em sétimo lugar. Atual campeão, vencedor da Corrida do Milhão no ano passado e líder do campeonato, Daniel Serra garantiu o oitavo tempo, à frente de Felipe Fraga, enquanto Diego Nunes fechou o rol dos dez primeiros.

Destaque para as diferenças bastante apertadas entre os pilotos nesta sexta-feira. Apenas 0s494 separaram Di Grassi de Thiago Camilo, o 24º colocado.

A Stock Car volta a acelerar neste sábado com a sequência das atividades, marcada para 7h (horário de Brasília). O GRANDE PRÊMIO cobre 'in loco' a Corrida do Milhão com Felipe Noronha, Fernando Silva e Rodrigo Berton.

Lucas Di Grassi foi o mais rápido desta sexta-feira de treinos livres (Foto: Duda Bairros/Vicar/Vipcomm)

Saiba como foi o segundo treino livre da Corrida do Milhão da Stock Car

Os primeiros minutos do TL2 registraram a diferença mínima de 0s001 do líder até então, Felipe Fraga, para Daniel Serra. O vencedor da Corrida do Milhão de 2016 tinha 48s107, contra 48s108 do dono da vitória milionária no ano passado. Marcos Gomes aparecia em terceiro. Não demorou muito, e os dois milionários foram os primeiros a romper a barreira de 48s, mas desta vez com Serra sendo o mais rápido. O atual campeão cravou 47s968, meros 0s006 mais rápido em relação a Fraga. E Valdeno Brito, o primeiro 'milionário' da Stock Car, fechava o top-3.

A hegemonia dos 'milionários' no treino foi interrompida com a grande volta de Guilherme Salas. O jovem piloto da Hot Car quebrou a então melhor marca do dia, de António Félix da Costa, para cravar 47s884. Só que, em seguida, foi a vez de Valdeno liderar o bastante disputado treino ao registrar volta 0s010 mais rápida em relação a Salas. Apenas 0s1 separavam os quatro primeiros colocados: Valdeno, Salas, Serra e Fraga.

No fim do treino para os pilotos do G1, Marcos Gomes, que persegue sua primeira vitória na Corrida do Milhão, cravou boa volta para ficar em terceiro, somente 0s018 atrás de Valdeno. Serra e Fraga completaram o rol dos cinco primeiros, que foram separados por exatos 0s100. Felipe Massa foi quem mais completou voltas no primeiro grupo, 28, ao lado de Fraga, e foi o 15º provisório, atrás de Piquet e à frente do goiano Renato Braga.

Os 16 pilotos do grupo 2 ganharam a pista para a útima meia hora de sessão do dia. Com a pista menos quente em relação ao primeiro treino, a expectativa era de que os tempos de volta fossem ainda mais baixos. E logo nas primeiras voltas rápidas, Félix da Costa já mostrou que tem um dos carros mais rápidos do grid e se encaixou entre os primeiros colocados, sendo o sétimo na tabela. O luso era apenas 0s004 mais rápido que Lucas Di Grassi, seu companheiro de equipe na Hero.

E assim como no primeiro treino, a dupla da Hero tomou a ponta da tabela no fim desta tarde. Di Grassi e Félix da Costa formaram o 1-2, com o brasileiro liderando a sessão com 47s756, 0s069 mais rápido que o companheiro de equipe. Rubens Barrichello, que em Goiânia venceu a Corrida do Milhão em 2014 — ano da conquista do seu título —, aparecia na nona posição.

Os minutos finais do TL2 indicavam a permanência do domínio da Hero. Cacá Bueno conseguiu colocar o terceiro carro da Cimed no rol dos dez primeiros, subindo para a sétima colocação. Lá na frente, Di Grassi foi imbatível até o fim da sessão.

#GALERIA(9497)

Stock Car 2018, Corrida do Milhão, Goiânia, treino livre 2:

1 L DI GRASSI Hero 47.756   25
2 A FÉLIX DA COSTA Hero 47.825 +0.069 22
3 V BRITO Carlos Alves Eisenbahn 47.874 +0.118 15
4 G SALAS Hot Car Bardahl 47.884 +0.128 19
5 M GOMES Cimed 47.892 +0.136 21
6 M WILSON RC Eurofarma 47.929 +0.173 26
7 C BUENO Cimed 47.932 +0.176 17
8 D SERRA RC Eurofarma 47.968 +0.212 21
9 F FRAGA Cimed 47.974 +0.218 28
10 D NUNES Full Time 47.981 +0.225 19
11 R BARRICHELLO Full Time 48.001 +0.245 25
12 L FORESTI Cimed 48.023 +0.267 25
13 V GENZ Carlos Alves Eisenbahn 48.070 +0.314 19
14 D NAVARRO Cavaleiro 48.082 +0.326 17
15 A PIZZONIA Prati Donaduzzi 48.100 +0.344 20
16 R ZONTA Shell 48.119 +0.363 20
17 R SUZUKI Hot Car Bardahl 48.147 +0.391 20
18 G OSMAN Cavaleiro 48.152 +0.396 18
19 B BAPTISTA Hero 48.182 +0.426 22
20 A KHODAIR Blau 48.212 #REF! 17
21 R MAURÍCIO Full Time 48.223 +0.398 17
22 F LAPENNA Cavaleiro 48.233 +0.408 22
23 A ABREU Shell 48.234 +0.409 19
24 T CAMILO A. Mattheis 48.250 +0.425 23
25 G LIMA Vogel 48.264 +0.439 26
26 C RAMOS Blau 48.296 +0.471 23
27 B FIGUEIREDO A. Mattheis 48.334 +0.509 24
28 N PIQUET Full Time 48.355 +0.530 18
29 F MASSA Cimed 48.416 +0.591 28
30 A CANAPINO Cimed 48.471 +0.646 22
31 G CASAGRANDE Vogel 48.580 +0.755 12
32 R BRAGA Hot Car Bardahl 49.384 +1.559 12
33 J CAMPOS Prati Donaduzzi 49.987 +2.162 10

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube