Stock Car
09/09/2018 12:45

Di Grassi vence duelo com Fraga nos boxes e leva corrida 1 em Cascavel. Serra abandona

Felipe Fraga e Lucas Di Grassi foram os grandes protagonistas da corrida 1 da etapa de Cascavel da Stock Car. A Hero se destacou com o trabalho nos boxes e conseguiu colocar o carro #11 à frente. Lucas faturou sua terceira vitória na Stock Car, as três no Paraná
Warm Up, de Cascavel / FERNANDO SILVA, de Cascavel
 Lucas Di Grassi vence pela terceira vez na Stock Car (Foto: Fernanda Freixosa/Vicar/Vipcomm)
Três vitórias, e as três no Paraná. Lucas Di Grassi triunfou novamente na Stock Car na tarde deste domingo (9) ao receber a bandeira quadriculada na frente na corrida 1 da etapa de Cascavel, a oitava da temporada 2018. O piloto da Hero largou em segundo, logo atrás de Felipe Fraga, e os dois tornaram-se protagonistas da prova com ritmo de corrida muito forte. No entanto, o detalhe chamado trabalho de boxes decidiu: a Hero conseguiu ser mais eficiente que a Cimed durante o pit-stop obrigatório e devolveu Lucas à frente para triunfar no Autódromo Zilmar Beux.
 
No entanto, o segundo lugar de Fraga foi ótimo para suas pretensões de título. Isso porque Daniel Serra, líder do campeonato, foi uma das vítimas do altíssimo nível de desgaste de pneus em Cascavel e abandonou com um pneu furado. Bruno Baptista e Valdeno Brito também sofreram do problema ao longo da prova.
 
Marcos Gomes finalizou a disputa no pódio, colocando dois carros da Cimed no top-3. Júlio Campos foi o quarto colocado, seguido por Gabriel Casagrande, dois pilotos da casa. Cacá Bueno foi o sexto, à frente de Rubens Barrichello e Thiago Camilo. Lucas Foresti e Rafael Suzuki completam a lista dos dez primeiros. Suzuki, pela regra do grid invertido, vai abrir a fila da corrida 2 logo mais, às 13h05 (horário de Brasília). E Max Wilson, que largou em último, fez grande recuperação para terminar em 13º lugar.

E se a diferença de Serra para Fraga era de 44 pontos antes da etapa deste fim de semana, agora, ao menos no desfecho da primeira corrida, caiu para 18. Serrinha soma 191, enquanto o piloto da Cimed agora acumula 173. Marcos Gomes voltou ao terceiro lugar e soma 157, contra 151 de Max Wilson. Barrichello é o quinto, com 142.
Pódio da corrida 1 da Stock Car na etapa de Cascavel (Foto: Fernanda Freixosa/Vicar/Vipcomm)
Saiba como foi a corrida 1 da Stock Car em Cascavel

A largada da corrida 1 foi uma maravilha para Felipe Fraga, que conseguiu se manter na liderança após partir da pole-position. A mesma sorte, no entanto, não teve a equipe Blau. Os dois carros, de César Ramos e Allam Khodair, se chocaram antes mesmo da entrada da curva do Bacião. Mais atrás, Néstor Girolami e Bia Figueiredo não conseguiram evitar a batida nos carros da frente e sofreram danos. Os quatro pilotos abandonaram a disputa.
 
Nas primeiras voltas, as posições de topo foram mantidas: Fraga na frente, seguido por Di Grassi, Marcos Gomes, Thiago Camilo, Júlio Campos e Daniel Serra. Quem perdeu terreno foi Cacá Bueno, que caiu de sexto para nono lugar, enquanto Felipe Lapenna completava o top-10. Rubens Barrichello vinha em oitavo.
 
Com ritmo de corrida muito forte, Fraga conseguia abrir um pouco para Di Grassi, que, por sua vez, estava 2s à frente de Gomes, sustentando bem a segunda posição. Mais atrás, Campos e Camilo se revezavam na quarta posição por conta do uso do push-to-pass.
Largada da corrida 1 da Stock Car neste domingo em Cascavel (Foto: Fernanda Freixosa/Vicar/Vipcomm)
Na sequência da corrida, no entanto, Di Grassi forçou o ritmo e se aproximou bem de Fraga. E o piloto da Hero chegou ainda mais depois de acionar o botão de ultrapassagem. Felipe lutava muito e se defendia com destreza para manter a primeira posição. Serrinha também crescia na prova e já aparecia na quinta posição, o que era muito importante para o campeonato. Por sua vez, Galid Osman encostava seu carro no gramado da área de escape e encerrava sua jornada em Cascavel.
 
Outra grande batalha envolvia três pilotos no pelotão intermediário. Átila Abreu, Bruno Baptista e Antonio Pizzonia alinharam lado a lado na entrada da curva do Bacião na volta 16. Melhor para o ex-F1 que, por dentro, conseguiu fazer a ultrapassagem. 
 
Na abertura da volta 19, Fraga e Di Grassi entraram juntos nos boxes para o pit-stop obrigatório. A Hero fez um trabalho melhor em relação à Cimed e colocou Lucas na frente. Quem tinha problemas era Valdeno Brito, que sofreu com o pneu traseiro direito furado. Também durante a janela, Max Wilson, que havia largado em 30º e último, chegou a assumir a liderança da corrida.
 
Outro que tinha problemas era Serrinha, que vinha muito lento a caminho dos boxes na volta 22.por conta do pneu dianteiro esquerdo, também furado. O líder do campeonato soltou o cinto de segurança, abandonou a prova e lamentou muito o revés porque sabia o quanto a vantagem seria reduzida em relação a Fraga. Em seguida, quem também sofreu um revés foi Ricardo Maurício, que abandonou a disputa.
 
Na sequência da prova, Di Grassi assumiu a liderança de fato e partiu para sua terceira vitória na Stock Car. Com ritmo muito forte do início ao fim e com a ajuda do melhor trabalho de boxes da Hero, o campeão da FE alcançou nada menos que sua terceira vitória na Stock Car, as três no Paraná.

Stock Car 2018, Cascavel, corrida 1, final: 

1 L DI GRASSI Hero 42:01:287 39 voltas
2 F FRAGA Cimed +10.595  
3 M GOMES Cimed +12.928  
4 J CAMPOS Prati Donaduzzi +14.315  
5 G CASAGRANDE Vogel +15.271  
6 C BUENO Cimed +21.607  
7 R BARRICHELLO Full Time +25.166  
8 T CAMILO A. Mattheis/Ipiranga +25.362  
9 L FORESTI Cimed +25.523  
10 R SUZUKI Hot Car Bardahl +30.322  
11 F LAPENNA Cavaleiro +31.748  
12 D NUNES Full Time +38.791  
13 M WILSON RC Eurofarma +51.084  
14 D NAVARRO Cavaleiro +52.209  
15 A PIZZONIA Prati Donaduzzi +1:08.875  
16 R ZONTA Shell +1 volta  
17 E GUERRIERI Hero +1 volta  
18 N PIQUET Full Time +2 voltas  
19 V GENZ Carlos Alves Eisenbahn +3 voltas  
20 R MAURÍCIO Full Time +5 voltas  
21 B BAPTISTA Hero +6 voltas  
22 D SERRA RC Eurofarma +11 voltas  
23 A ABREU Shell +16 voltas  
24 V BRITO Carlos Alves Eisenbahn +21 voltas  
25 G OSMAN Cavaleiro +21 voltas  
26 B FIGUEIREDO A. Mattheis/Ipiranga +23 voltas  
27 G LIMA Vogel +23 voltas  
28 N GIROLAMI Hot Car Bardahl +30 voltas  
29 A KHODAIR Blau +39 voltas  
30 C RAMOS Blau +39 voltas