Em Londrina, Abbate vence pela primeira vez na Stock Light. Reis chega em oitavo e fica perto do título

O experiente Raphael Abbate, que já passou pela Stock Car, venceu pela primeira vez na Stock Light nesta manhã de domingo (21) em Londrina. Raphael Reis terminou em oitavo e, com o abandono de Enzo Bortoleto, deu mais um passo rumo ao título

Raphael Abbate conquistou sua primeira vitória na temporada 2018 da Stock Light. Na ensolarada manhã deste domingo (21) que marcou o desfecho da rodada dupla de Londrina, o paulista de 27 anos, que já disputou duas temporadas na Stock Car, entre 2015 e 2016, fez uma corrida bastante segura, largou em segundo e, logo nas primeiras voltas, superou João Rosate para tomar a liderança e não ser mais superado. Vinícius Margiota, que mostrou novamente sua evolução no campeonato, terminou em segundo, enquanto Marco Cozzi, dono de um fim de semana muito positivo, subiu novamente ao pódio e finalizou em terceiro lugar.
 
Na luta pelo título, Raphael Reis deu outro passo muito importante neste domingo. Depois da vitória no último sábado, o piloto da Academia Shell Racing fez uma prova cerebral, evitou os erros e terminou na oitava posição. De quebra, ainda contou com mais um revés de Enzo Bortoleto, que perdeu o controle do seu carro e abandonou pouco depois.
 
A diferença, agora, é de 32 pontos em favor de Reis, que soma 195 pontos, contra 163 de Bortoleto. Gustavo Frigotto, que terminou em terceiro lugar no sábado, nesta manhã cruzou a linha de chegada em sétimo. Assim, o paranaense tem 142 pontos e ainda sustenta chances matemáticas de chegar ao título, assim como Pedro Cardoso, quarto colocado na corrida deste domingo, com 140 pontos.
 
A etapa final da Stock Light acontece em 9 de dezembro, em Interlagos. E assim como na Stock Car, sua categoria de acesso vai ser decidida em corrida única, mas com pontuação dobrada. Portanto, 60 pontos ainda estão em disputa na definição do grande campeão de 2018.
 
O GRANDE PRÊMIO cobre ‘in loco’ a etapa de Londrina da Stock Car e da Stock Light neste fim de semana com Felipe Noronha e Rodrigo Berton.
Raphael Abbate (Foto: Fernanda Freixosa/Stock Car)

Saiba como foi a corrida 2 da Stock Light em Londrina

 
Com as punições impostas no sábado — Marcel Coletta foi desclassificado e perdeu o pódio conquistado na corrida 1, com Gustavo Frigotto herdando o terceiro lugar —, houve também mudanças na ordem do grid da segunda prova, na manhã deste domingo. Assim, João Rosate largou na pole, com Raphael Abbate em segundo e o jovem Diego Ramos, que estreia neste fim de semana na Stock Light, em terceiro.
 
Raphael Reis, por conta da vitória conquistada no sábado, largou em décimo, uma posição à frente de Enzo Bortoleto, que também luta pelo título da temporada.
 
Rosate partiu bem e manteve a liderança, seguido por Abbate e Vinícius Margiota, que conseguiu passar Diego Ramos. Renan Guerra e Pedro Cardoso também superaram o novato da Shell Racing. Ainda no início da prova, Marcel Coletta abandonava, encerrando um fim de semana complicado no norte do Paraná.
 
Na abertura da terceira volta, um momento incrível: três carros lado a lado na luta pela liderança. Abbate, por dentro, conseguiu fazer a ultrapassagem sobre Rosate, enquanto Margiota ficou perto, mas continuava em terceiro lugar. O jovem da KTF Sports passava a ser pressionado pelo experiente Renan Guerra. Mais atrás, Bortoleto já era o nono, enquanto Reis vinha em décimo.
Largada da corrida 2 em Londrina (Foto: Fernanda Freixosa/Stock Car)

Ramos chegou a perder o controle do carro no trecho de S e passou reto, perdendo cinco posições. Diego voltou atrás de Reis, em 11º lugar. Na sequência, Margiota assumia a segunda colocação ao usar o botão de ultrapassagem para superar Rosate. Abbate abria vantagem na liderança da corrida.

 
No pelotão intermediário da prova, Gabriel Lusquiños se enroscava com Tuca Antoniazi. O veterano sofreu um toque e perdeu o controle do carro #46, indo parar na barreira de proteção à altura da curva 1. Lucas Daleffe entrava nos boxes por conta de um incêndio no carro, que encerrou precocemente sua jornada em Londrina.
 
Quem fazia grande corrida era Gabriel Robe. O gaúcho, que foi desclassificado da corrida 1 e largou em 22º e último, realizou várias ultrapassagens e já era o nono na altura da décima volta, ficando logo à frente de Bortoleto, Reis e Diego Ramos.
 
Com 12 minutos para o fim da corrida, o safety-car foi acionado em virtude de uma pane no carro de Murilo Coletta, que ficou parado em local inseguro. Foi uma bandeira amarela curta. Na volta 15, Abbate fez uma boa relargada e manteve a dianteira, seguido por Margiota e Rosate, este muito pressionado por Renan Guerra e Cardoso. 
Raphael Abbate partiu para a conquista da sua primeira vitória na Stock Light (Foto: Fernanda Freixosa/Stock Car)

Bortoleto, por sua vez, abandonava depois de um incidente e ficou em situação perigosa, chegando a descer no barranco em alta velocidade. Por sorte, o piloto nada sofreu. Quem também abandonou pouco depois foi Rosate. O jovem goiano ainda lutava por um pódio e se envolveu em um incidente com Cardoso. Em seguida, João Rosate levou outro toque e deixou a prova.

 
Cardoso assumiu a terceira colocação, com Marco Cozzi usando e abusando da experiência para subir para quarto. Renan Guerra era o quinto depois de suportar a pressão de Gustavo Myasava.
Vencedor no sábado, Raphael Reis deu mais um passo rumo ao título (Foto: José Mário Dias/Shell Racing)
No fim da corrida, Cozzi ganhou mais uma posição e fez a ultrapassagem sobre Cardoso e subiu para o terceiro lugar depois de usar o push-to-pass. O veterano vivia um bom fim de semana depois de ter terminado em segundo na corrida de sábado. Na volta final, Reis completou uma corrida cerebral e com o foco no campeonato com outra atuação segura, terminando em oitavo lugar depois de ultrapassar Ramos.
 
Ao término das 22 voltas da corrida, Abbate, dono de passagem pela Stock Car, venceu pela primeira vez na Stock Light, com Margiota em segundo e Marco Cozzi completando o pódio nesta manhã.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube