Stock Car
29/11/2017 09:29

Farfus volta ao grid da Stock Car e disputa etapa final da temporada 2017 em Interlagos pela HERO

Augusto Farfus já disputou a Corrida de Duplas da Stock Car ao lado de Rubens Barrichello em duas oportunidades: 2014 e 2016. Agora, o curitibano de 34 anos, piloto oficial da BMW no DTM, volta à principal categoria do Brasil para disputar a etapa final da temporada 2017 no Autódromo de Interlagos, em 10 de dezembro, pela HERO
Warm Up / FERNANDO SILVA, de Sumaré
 Dono de ótimo retrospecto em Oschersleben, Farfus larga em segundo (Foto: BMW)

A HERO vai trazer uma grande estrela brasileira no automobilismo internacional para a disputa da temporada 2017 da Stock Car no próximo dia 10 de dezembro, em Interlagos. A equipe B da Full Time, que trouxe António Félix da Costa para a rodada dupla de Goiânia, em novembro, vai contar com Augusto Farfus em São Paulo, o GRANDE PRÊMIO pode confirmar. 
 
Assim como o português, Farfus, de 34 anos, é piloto oficial da BMW e faz parte do grid do DTM desde 2012. Neste meio tempo, o curitibano fez duas participações especiais na Stock Car, em 2014 e 2016, sendo convidado de Rubens Barrichello na Corrida de Duplas, em Interlagos e Curitiba, respectivamente, conhecendo de perto a estrutura da Full Time.
 
Agora é a vez de Farfus voltar à Stock Car, mas desta vez com participação solo para a etapa final da temporada, que vai definir o novo campeão. A prova, que vai contar com pontuação dobrada, será única, de 40 minutos mais uma volta de duração. Nela, Daniel Serra e Thiago Camilo vão lutar pelo título em São Paulo.
Após correr em Macau, Farfus está de volta à Stock Car e vai disputar a etapa final de 2017 em Interlagos (Foto: BMW)
Farfus festejou a chance de voltar a competir em alto nível no automobilismo brasileiro. “Primeiramente, quero agradecer à HERO Motorsport pela oportunidade de competir novamente no Brasil. Só isso já é algo sensacional, é muito bom correr no meu país. O nível do grid da Stock Car é reconhecido em todo o mundo e, também, sabemos que enfrentaremos, com apenas algumas horas de treino, pilotos muito bons que já competem há vários anos”.
 
“Mas aí está um grande atrativo e motivação para este desafio: superar as expectativas. O automobilismo é um esporte de equipe e nosso time está preparado e motivado para buscar o melhor resultado possível em Interlagos”, complementou.
 
Newton Machado, representante da HERO Motorsport, comemorou a chegada de Farfus para a etapa de Interlagos. “Estamos felizes em poder anunciar mais um grande nome para compor nossa equipe neste final de temporada. O Augusto mescla velocidade, conhecimento técnico e uma longa experiência que certamente vão nos ajudar a terminar o ano de forma positiva”, comentou. Como convidado de Barrichello, Farfus obteve seu melhor resultado justamente em Interlagos, quando terminou em nono e marcou a melhor volta da prova.
Farfus conhece a estrutura da Full Time após disputar por dois anos a Corrida de Duplas com Barrichello (Foto: Duda Bairros/Vicar)
Machado lembrou do sucesso que a HERO teve ao trazer Félix da Costa, que roubou a cena em Goiânia e levou a equipe ao pódio, terminando em terceiro lugar. “Em Goiânia, na etapa passada, conquistamos nosso primeiro pódio com o Félix da Costa, a quem agradecemos muito pelo excelente trabalho e o empenho que todos puderam ver na pista. A presença do Augusto vai manter o entusiasmo da nossa equipe em alta — e isso é muito importante para que todos o apoiem ao máximo durante todo o fim de semana”, destacou.
 
Farfus viveu um ano difícil no DTM e finalizou em 16º lugar, com 35 pontos e uma pole marcada. O brasileiro, porém, veio de um grande resultado na Copa do Mundo de GT, disputada há duas semanas em Macau, onde finalizou em quarto lugar com a BMW. O curitibano volta ao Brasil agora para disputar sua terceira prova na Stock Car. Dono de enorme experiência também no endurance, Augusto venceu as 24 Horas de Nürburgring em 2010, das 24 Horas de Dubai em 2011 e desde 2014 corre todos os anos nas 24 Horas de Daytona como um dos pilotos da RLL, equipe oficial da BMW no SportsCar.
FIM DE UMA GERAÇÃO

GIAFFONE: “BRASIL TEVE SORTE POR TER PILOTOS POR TANTO TEMPO NA F1”