Gomes vê quarto lugar na corrida 2 em Curitiba como “mais que uma vitória” e vibra: “Nosso santo está forte esse ano”

Com competência e sorte de campeão, Marcos Gomes se aproxima cada vez mais do seu primeiro título na Stock Car. O piloto da Voxx Racing teve de lidar com o azar na corrida 1, mas tudo se reverteu em seu favor na segunda prova, saiu de 31º e terminou em quarto lugar, ampliando para 37 pontos a vantagem para Cacá Bueno

“Cada dia o automobilismo me surpreende mais”, disse Marcos Gomes depois de um fim de semana marcante vivido em Curitiba, palco da décima etapa da temporada 2015 da Stock Car. O paulista da Voxx Racing chegou à capital paranaense como líder absoluto do campeonato, dominou os dois treinos livres e conquistou a pole-position. Mas em meio a uma largada confusa, um toque praticamente o tirou da prova. Mas bastou a próxima corrida para Gomes reverter o resultado adverso e mostrar que, além de competência, tem a sorte de campeão e a ajuda dos céus para chegar ao seu primeiro título na Stock Car.

Por ter abandonado a corrida 1, Marquinhos abriu a prova derradeira do fim de semana em 31º lugar. Cacá Bueno, por sua vez, conseguiu somar pontos importantes na primeira disputa e chegou em 13º, mesma posição de sua largada na última corrida da etapa. Tudo indicava que o pentacampeão da Stock Car poderia encostar de vez em Gomes, mas o que se viu foi o contrário.

Marquinhos deixou Curitiba mais líder do que nunca na Stock Car em 2015 (Foto: Carsten Horst/Hyset/RF1)

Cacá enfrentou problemas na corrida e teve de abandonar. E Marcos, de 31º, fez uma prova soberba para terminar em quarto lugar, ganhando nada menos que 27 posições ao longo da corrida. Tudo com um carro descrito pelo próprio piloto como “todo torto”, fruto de uma largada que quase colocou tudo a perder na primeira corrida em Curitiba.

“Foi uma péssima largada, o pessoal que estava atrás de mim me acertou… o Átila, acho que o Diego Nunes também. Ficou aquela confusão toda. Acho que o Khodair bateu atrás de mim também. Foi aquele strike todo, o carro ficou bem avariado, não deu para continuar”, recordou o piloto em entrevista logo após o fim da etapa.

“A equipe trabalhou duro para arrumar o carro. Saí com ele ainda no fim da primeira corrida, e ele parecia torto, parecia que a gente estava na curva quando estávamos na reta. Mas a gente decidiu largar assim do grid, com ele torto, do que largar dos boxes”, comentou.

Aí foi que tudo mudou e a sorte de campeão voltou. A estrela de Gomes brilhou mais forte do que nunca nesta temporada. “Tudo o que eu tive de azar na primeira largada, na primeira curva, na primeira corrida, tive de sorte. Botaram muito ‘olho gordo’ na gente, mas nosso santo está forte esse ano, não tem jeito”, vibrou Gomes.

#bannergogle“Teve um strike na minha frente, passei raspando. E vim passando os carros que estavam mais lentos, o pessoal que acabou tendo problema com gasolina. A segunda corrida foi perfeita”, elogiou o piloto da Voxx Racing.

Por fim, Marquinhos deu a entender que não crê em consolidar o título na próxima etapa, uma vez que a última corrida do campeonato, em Interlagos, terá distribuição de pontos dobrados. Mas se mostrou exultante com o que conseguiu apresentar como resultado na última prova em Curitiba. “Não sei se a gente consegue ganhar o campeonato em Tarumã, mas em comparação com o que foi a primeira corrida, foi muito mais que uma vitória”, encerrou o líder do campeonato, que agora tem 220 pontos, contra 183 de Cacá, 165 de Thiago Camilo, 161 de Max Wilson e 160 de Allam Khodair.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube