Hot Car encerra contrato com Cardoso e mantém apenas Suzuki em Cascavel

A equipe citou diferenças filosóficas para o fim do acordo com o Bando de Brasília, que patrocinava a participação de Pedro Cardoso. A Hot Car procura um substituto para as etapas depois do próximo fim de semana

A Hot Car anunciou o fim do acordo de patrocínio com o Banco de Brasília, que era responsável por financiar a vaga de Pedro Cardoso na equipe. Desta forma, o time de Cajamar irá disputar a etapa de Cascavel da Stock Car com apenas um piloto: Rafael Suzuki.
 
O fim do acordo foi divulgado por meio de comunicado assinado por Amadeu Rodrigues, chefe da Hot Car.
 
“Por divergências de filosofia, nós decidimos seguir caminhos diferentes pelo restante da temporada. Agradecemos pelos serviços do piloto e desejamos a ele sorte no futuro”, afirmou.
Pedro Cardoso (Foto: Vanderley Soares)
Cardoso tinha 34 pontos no campeonato e ocupava a 28ª colocação – o melhor resultado fora o nono lugar na segunda corrida em Santa Cruz do Sul. Suzuki anotou 56 pontos e tem o 23º posto da Stock Car.
 
A Hot Car informou que está em busca de um piloto que possa assumir o segundo carro nas três etapas derradeiras do campeonato: Tarumã, Goiânia e Interlagos.
 

Paddockast #37
GRANDES RIVALIDADES INTERNAS 

Ouça: Spotify | iTunes | Android | playerFM

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube