Stock Car

Hot Car promove mudança de última hora e substitui Salas por Girolami até fim da temporada

Néstor ‘Bebu’ Girolami está de volta à Stock Car. O piloto argentino, que já venceu a Corrida de Duplas ao lado de Ricardo Maurício em 2015 e disputou a temporada seguinte como piloto da Carlos Alves, vai substituir Guilherme Salas até o fim do ano e já a partir de Campo Grande
Warm Up / Redação GP, de Sumaré
O grid da Stock Car traz uma mudança de última hora para a etapa de Campo Grande e também para a sequência da temporada 2018. Guilherme Salas, que fez toda a primeira parte do campeonato como piloto da Hot Car, vai ser substituído pelo argentino Néstor ‘Bebu’ Girolami, que volta à principal categoria do automobilismo brasileiro depois de ter vencido a Corrida de Duplas de 2015, ao lado de Ricardo Maurício, e de ter feito todo o ano de 2016 como piloto da Carlos Alves. A equipe chefiada por Amadeu Rodrigues conta também com Rafael Suzuki, de contrato já renovado para 2019, e o goiano Renato Braga.
 
Trata-se de uma mudança de última hora porque o nome de Salas estava na lista da votação do Fan Push para a etapa deste fim de semana em Campo Grande. A Hot Car alegou motivos contratuais para Salas não permanecer até o fim do campeonato.
 
“O Salas fez um trabalho muito bom, é um piloto rápido, com muitas habilidades, mas por questões contratuais não conseguimos dar continuidade ao projeto”, declarou o chefe da equipe baseada em São Paulo.
Néstor 'Bebu' Girolami está de volta ao grid da Stock Car. Agora, pela Hot Car (Foto: Divulgação)
Ao mesmo tempo, Amadeu deu as boas-vindas a Girolami e dá sequência à recepção a pilotos argentinos. A Hot Car já chegou a ter em um dos seus carros Mauro Giallombardo. ‘Bebu’ traz um histórico vencedor na Argentina e vem de uma temporada completa disputando o antigo WTCC, chegando a morar na Suécia, país-sede da Volvo, sua equipe à época.
 
“Nesta segunda metade da temporada, teremos o Girolami ao lado do Rafael Suzuki e do Renato Braga. Bicampeão da TC 2000, piloto de fábrica da Peugeot na Súper TC 2000 neste ano, o Girolami já correu na Stock Car em 2015 e 2016 e, com certeza, nos ajudará muito na continuidade do trabalho de evolução da equipe”, comentou.
 
O piloto de 29 anos vai levar o numeral #116 no seu carro até dezembro, quando acontece a etapa de encerramento do campeonato em Interlagos. ‘Bebu’ agradeceu pela chance de poder retornar ao grid da Stock Car e deixa claro que vai trabalhar para permanecer por mais tempo na categoria brasieira.
A Hot Car alegou motivos contratuais para não seguir com Salas até fim da temporada (Foto: Duda Bairros/Vicar/Vipcomm)
“Gostaria de agradecer ao Amadeu e a todos da Bardahl pela confiança que depositaram em mim, bem como toda a Stock Car pela receptividade. Além do Gustavo Câmara, engenheiro argentino da Bardahl Hot Car, que também ajudou neste acordo. Estou muito feliz com essa parceria, principalmente para o futuro. Meu objetivo pessoal é trabalhar muito para conseguir bons resultados e lutar por pontos importantes. Já tenho a experiência de 2016, conheço muitas pistas, mas infelizmente Campo Grande vai ser novidade”, ressaltou.
 
“Então será um grande desafio para chegar bem preparado para este fim de semana. Já estou fazendo simulador e quero me adaptar rápido ao circuito e a todo o time. Todos estão trabalhando duro para dar tudo certo e será um prazer enorme fazer parte da equipe”, concluiu o piloto argentino.