Inconformado com falhas em Brasília, Massa critica CBA e governo do DF: “Vergonha”

Por meio de sua conta no Instagram, Felipe Massa disparou contra os gestores do automobilismo brasileiro pelas péssimas condições do autódromo de Brasília e clamou pela melhoria definitiva no esporte a motor nacional. Antes, Thiago Camilo também mostrou sua insatisfação

Não seria exagero algum dizer que o automobilismo brasileiro ficou em estado de choque neste sábado (1). O dia marcou o início das atividades de pista no anel externo de Brasília, que recebe neste fim de semana a quinta etapa da temporada 2013 da Stock Car e a abertura do novo Campeonato Brasileiro de Turismo. Mas o centro das atenções não ficou com as disputas entre pilotos ou mesmo a luta por boas posições no grid. O destaque (negativo) foi a reforma mal feita nas zebras de algumas curvas do circuito, como a 1 e a 4, onde canaletas de metal começaram a se soltar, oferecendo grande risco à segurança dos competidores.

Não à toa, a direção de prova da Stock Car interrompeu várias vezes as atividades de pista, o que acabou por comprometer sobremaneira o cronograma de atividades de pista. A ponto de o primeiro treino livre, com início marcado para 8h e término previsto para 10h20, só foi encerrado quatro horas depois. Na sessão classificatória, mais problemas e outras duas interrupções.
Caos em Brasília não passou batido por Felipe Massa, que criticou duramente governo do DF e a CBA (Foto: Luca Bassani)

Felipe Massa, único representante brasileiro no grid da F1, sabe o quanto é importante para o automobilismo nacional. Nesta tarde, durante uma dessas interrupções durante a classificação, o piloto da Ferrari usou sua conta no Instagram para bradar contra os dirigentes que regem o esporte a motor do país. Felipe foi além e usou sua voz ativa para criticar também o governo do Distrito Federal pelo resultado da reforma no Autódromo Internacional Nelson Piquet.


“Olha a reforma feita pelo autódromo de Brasília! Vergonha! Isso mostra o quanto temos de melhorar o automobilismo no Brasil. Viu, governo do Distrito Federal? Viu, CBA?”, esbravejou Massa, inconformado com tamanho descaso e perigo exposto aos pilotos, tanto da Stock Car quanto do Brasileiro de Turismo.

Massa não foi o único a criticar o governo candango pela falta de estrutura no autódromo de Brasília. Pela manhã, Thiago Camilo, que mais tarde conquistaria a pole da etapa deste fim de semana na Stock Car, usou o Twitter para criticar o descaso em relação à pista ao mesmo tempo em que o governo não economizou dinheiro público para reformar o Estádio Nacional Mané Garrincha, um dos palcos da Copa das Confederações, em junho, e da Copa do Mundo de 2014.

“Em pleno 2013 temos de interromper treino para conserto de pista, sendo que, ao lado do autódromo, existe o estádio mais moderno do país, com R$ 1,5 bilhão gasto. R$ 1,5 bi de verba, estádio mais moderno feito para alimentar bolso de político corrupto, após a Copa sediará a Série C do Campeonato Brasileiro. Brincadeira”, disparou o piloto da RCM.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube