Líder, Campos perde sete quilos após cirurgia na boca, mas crê que não terá problemas em Santa Cruz do Sul

Julio Campos chegou a emagrecer sete quilos depois de uma cirurgia na boca feita um dia depois de vencer uma das corridas da etapa de Curitiba da Stock Car. O paranaense garante que, mesmo quatro quilos mais magro, não terá dificuldades para defender a liderança em Santa Cruz do Sul, neste fim de semana

Pela primeira vez desde que estreou na Stock Car, ainda em 2006, Julio Campos chega a uma etapa como líder do campeonato. Depois de um grande triunfo em Curitiba, o paranaense assumiu a ponta da temporada 2015 com 87 pontos, apenas um a mais em relação ao pentacampeão Cacá Bueno, da Red Bull. Mas por outro lado, Campos desembarca em Santa Cruz do Sul um tanto debilitado devido ao processo de recuperação pela cirurgia feita na boca um dia depois de vencer no circuito de Curitiba.

No sempre complicado processo pós-operatório, o piloto chegou a perder sete quilos, mas recuperou quatro, e continua tomando antibióticos para combater uma possível infecção. No comunicado de imprensa publicado pela sua equipe, a Mico’s, Campos falou que não vai correr em Santa Cruz do Sul no melhor da sua forma, mas acredita que não terá problemas ao longo do fim de semana.

Atual líder da Stock Car, Julio Campos perdeu sete quilos após cirurgia na boca (Foto: Miguel Costa Jr./MF2)

“Ainda não estou 100% fisicamente, mas estou me sentindo melhor a cada dia e não terei problemas para correr em Santa Cruz”, declarou.

Sabedor do grid de grande qualidade que faz parte da Stock Car, Julio não se ilude com o bom momento e por ocupar a ponta da tabela. “Se manter na frente é tão difícil quanto chegar lá. Mas vamos seguir com nosso planejamento, que vem dando certo desde o início do ano, e tentar continuar em primeiro”, disse o piloto, declarando que a regularidade na Stock Car é a grande chave para chegar ao fim do ano em condições de lutar pelo título.

Pela primeira vez na carreira, Campos chega a uma etapa como líder da Stock Car (Foto: Miguel Costa Jr./MF2)

“Vencer é sempre duro na Stock Car e tem de ser valorizado. Mas estamos correndo pelos títulos de piloto e equipes. Por isso, o mais importante é somar o maior número de pontos possível. Temos trabalhado desta forma e vem dando certo. À exceção da prova simples de abertura do calendário, fui o primeiro ou segundo que mais pontuou nas corridas duplas”, acrescentou o piloto.

Na tarde desta sexta-feira, Campos finalizou o primeiro treino livre do fim de semana em Santa Cruz do Sul em 19º. Contudo, a colocação, em um grid de 32 carros, não se deve à sua forma física atual. “Partimos para um acerto diferente e não deu certo. O carro não tinha qualquer aderência”, disse Campos ao chefe de equipe Juan Carlos ‘Mico’ López. O líder foi Felipe Fraga, da Voxx Racing.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube