No frio de Santa Cruz do Sul, Maurício abre fim de semana na frente do primeiro treino livre na Stock Car

Com a temperatura da pista sempre inferior a 8ºC, Ricardo Maurício foi o mais rápido do primeiro treino livre do fim de semana da Stock Car em Santa Cruz do Sul. Oriundo do primeiro grupo a acelerar nesta manhã de sábado, o paulista foi seguido por Thiago Camilo e Allam Khodair. Marcos Gomes foi o quinto

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;

google_ad_slot = “5708856992”;

google_ad_width = 336;

google_ad_height = 280;

Ricardo Maurício começou na frente o fim de semana da quarta etapa da temporada 2016 da Stock Car em Santa Cruz do Sul. Faz muito frio no circuito cravado no interior gaúcho, com a temperatura ambiente na casa dos 8ºC e o asfalto variando entre 5 e 7ºC. O piloto da RC driblou as baixas temperaturas para anotar 1min20s047 e registrar a melhor marca da manhã deste sábado (4).
 
Thiago Camilo foi o segundo, 0s155 mais lento que Ricardinho, enquanto Allam Khodair foi o terceiro. Todos os três primeiros vieram do primeiro grupo de pilotos que foram à pista nesta manhã. O melhor do G2 f oi Max Wilson. No fim da sessão, o experiente piloto da RC cravou 1min20s302 para ficar em quarto na classificação geral, seguido por Marcos Gomes, líder do campeonato e atual campeão da Stock Car.
 
Na sequência, vieram Felipe Fraga, vice-líder do campeonato. Felipe Lapenna foi o sétimo, à frente de Valdeno Brito, que venceu em Santa Cruz do Sul no ano passado. Destaque para Rafael Suzuki, que anotou boa marca no fim da sessão para fechar em nono, enquanto Julio Campos fechou o rol dos dez primeiros. Cacá Bueno completou em 15º.
Ricardo Maurício foi o mais rápido do primeiro treino livre em Santa Cruz do Sul (Foto: Duda Bairros/Vicar)
Saiba como foi o primeiro treino livre da Stock Car em Santa Cruz do Sul
 
A Stock Car abriu o cronograma de um sábado pra lá de intenso em Santa Cruz do Sul. Antes das 8h, o primeiro dos dois grupos de pilotos já estava na pista para acelerar num asfalto bastante frio e com a temperatura ambiente na casa dos 8ºC. Assim, a aderência era um grande problema no início do primeiro treino livre.
 
Nos primeiros minutos de sessão, Camilo assumiu a ponta do G1 ao anotar 1min20s261, seguido por Felipe Fraga, Gabriel Casagrande e o piloto da casa, Vitor Genz. Bia Figueiredo rodava com seu carro e lidava com as dificuldades de aderência. O asfalto, no início da sessão, tinha apenas 5,8ºC de temperatura, o que era um problema em termos de aquecimento dos pneus. 
 
Da mesma forma, Lucas Foresti acabou passando reto na entrada de uma curva e foi de encontro à barreira de pneus, só sendo freado pelo barranco. A sessão foi interrompida com bandeira vermelha, mas o piloto da Full Time/ProGP conseguiu sair do carro ileso. Pouco depois, a sessão foi retomada, com os pilotos do G1 tendo pela frente 21 minutos de primeiro treino livre. Camilo continuava na dianteira, com Fraga em segundo e Maurício vindo em terceiro.
 
Foresti, com seu carro já consertado para a sequência do treino, ficou parado na entrada de uma curva, o que fez a direção de prova novamente acionar a bandeira vermelha. Enquanto isso, os mecânicos buscavam se aquecer diante do frio intenso em Santa Cruz do Sul.
 

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;

google_ad_slot = “5708856992”;

google_ad_width = 336;

google_ad_height = 280;

Quando o treino foi de novo retomado, restavam quatro minutos para a bandeirada. Valdeno, que vinha em 14º, fez boa volta e subiu para quarto, 0s635 atrás de Camilo. Mas, com o cronômetro zerado, Maurício tomou a ponta ao anotar 1min20s047 na melhor das suas 13 voltas, colocando Thiago em segundo, Khodair em terceiro e Felipe Fraga em quarto, com Valdeno fechando o top-5 do G1.

 
A tendência era que os pilotos do G2 fossem mais rápidos, até considerando o aquecimento natural da pista na sequência da manhã. No começo da segunda parte do treino, Guga Lima chegou a enfrentar um pequeno problema com seu carro, parado no meio da pista, mas conseguiu acelerar em seguida.
 
No início, quem se destacou com Néstor ‘Bebu’ Girolami. Acostumado às temperaturas frias, o argentino vinha como o mais rápido do G2 nos primeiros minutos. Contudo, na sequência, o líder do campeonato e atual campeão, Marcos Gomes, começou a mostrar serviço, assim como Julio Campos, em busca de reação na temporada.
 
Com a pista ficando menos fria, os tempos naturalmente foram caindo pouco a pouco. Às 8h44, os termômetros indicavam a temperatura do asfalto em 6,9ºC, muito longe do ideal em termos de aquecimento dos pneus. Ainda assim, Gomes subia para quinto no geral ao cravar 1min20s387, marca só 0s340 mais lenta que a de Maurício, ainda líder. Dentre os outros pilotos do G2, estavam bem colocados Max Wilson, em nono, e Cacá Bueno, décimo, quando ainda restavam 20 minutos para o fim.
 
Nos minutos finais, quem apareceu bem foi Felipe Lapenna, subindo primeiramente para um bom sétimo lugar e, em seguida, avançando para sexto. Por sua vez, Popó Bueno tinha dificuldades com o asfalto frio de Santa Cruz do Sul e rodava. Mas o carioca conseguiu voltar à pista em seguida. Seu irmão mais experiente e vitorioso, Cacá Bueno, seguia em 12º. Adversário direto na briga pelo título, Gomes continuava em quinto.
 
‘Bebu’ Girolami, que estava em 19º, teve problemas em seu carro e ficou parado na grama no fim da sessão, mas sem acarretar nova bandeira vermelha. O treino foi até o fim e consolidou a liderança de Maurício como o mais rápido do Grupo 1 e no geral. Nos minutos finais, Max Wilson conseguiu subir para quarto, desbancando Marcos Gomes e Felipe Lapenna como o melhor do G2, ficando a 0s255 da marca do seu companheiro de equipe. Outro que melhorou bem sua marca foi Suzuki, que pulou para nono lugar, com Campos fechando o top-10.

Stock Car, quarta etapa, Santa Cruz do Sul, treino livre 1: 

1 90 RICARDO MAURÍCIO SP RC Chevrolet 1:20.047   13
2 21 THIAGO CAMILO SP RCM Chevrolet 1:20.202 +0.155 15
3 18 ALLAM KHODAIR SP FULL TIME Chevrolet 1:20.280 +0.233 15
4 65 MAX WILSON SP RC Chevrolet 1:20.302 +0.255 19
5 80 MARCOS GOMES SP CIMED Peugeot 1:20.372 +0.325 20
6 88 FELIPE FRAGA PA CIMED Peugeot 1:20.383 +0.336 17
7 110 FELIPE LAPENNA SP HOT CAR Chevrolet 1:20.446 +0.399 18
8 77 VALDENO BRITO PB TMG Chevrolet 1:20.517 +0.470 10
9 8 RAFAEL SUZUKI SP VOGEL Chevrolet 1:20.517 +0.470 22
10 4 JÚLIO CAMPOS PR C2 Chevrolet 1:20.549 +0.502 14
11 10 RICARDO ZONTA PR A.MATTHEIS Chevrolet 1:20.566 +0.519 18
12 5 DENIS NAVARRO SP VOGEL Chevrolet 1:20.630 +0.583 19
13 28 GALID OSMAN SP RCM Chevrolet 1:20.688 +0.641 19
14 70 DIEGO NUNES SP BASSANI Chevrolet 1:20.707 +0.660 16
15 0 CACÁ BUENO RJ RED BULL Chevrolet 1:20.736 +0.689 18
16 51 ÁTILA ABREU SP A.MATTHEIS Chevrolet 1:20.800 +0.753 16
17 111 RUBENS BARRICHELLO SP FULL TIME Chevrolet 1:20.871 +0.824 19
18 73 SÉRGIO JIMENEZ SP CAVALEIRO Peugeot 1:21.022 +0.975 15
19 83 GABRIEL CASAGRANDE PR C2 Chevrolet 1:21.117 +1.070 11
20 63 NESTOR GIROLAMI ARG CARLOS ALVES Peugeot 1:21.185 +1.138 16
21 66 FELIPE GUIMARÃES GO FULL TIME PRO GP Chevrolet 1:21.185 +1.138 21
22 74 POPÓ BUENO RJ CAVALEIRO Peugeot 1:21.221 +1.174 17
23 46 VITOR GENZ RS CARLOS ALVES Peugeot 1:21.222 +1.175 11
24 29 DANIEL SERRA SP RED BULL Chevrolet 1:21.251 +1.204 12
25 3 BIA FIGUEIREDO SP BASSANI Peugeot 1:21.861 +1.814 13
26 9 GUGA LIMA PR TMG Chevrolet 1:22.039 +1.992 18
27 26 RAPHAEL ABBATE SP HOT CAR Chevrolet 1:22.391 +2.344 15
28 12 LUCAS FORESTI DF FULL TIME PRO GP Chevrolet 1:23.798 +3.751 6
 
PADDOCK GP #31 DEBATE F1, INDY E NASCAR

.embed-container { position: relative; padding-bottom: 56.25%; height: 0; overflow: hidden; max-width: 100%; } .embed-container iframe, .embed-container object, .embed-container embed { position: absolute; top: 0; left: 0; width: 100%; height: 100%; }

.embed-container { position: relative; padding-bottom: 56.25%; height: 0; overflow: hidden; max-width: 100%; } .embed-container iframe, .embed-container object, .embed-container embed { position: absolute; top: 0; left: 0; width: 100%; height: 100%; }

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “8352893793”;
google_ad_width = 300;
google_ad_height = 250;

fechar

function crt(t){for(var e=document.getElementById(“crt_ftr”).children,n=0;n80?c:void 0}function rs(t){t++,450>t&&setTimeout(function(){var e=crt(“cto_ifr”);if(e){var n=e.width?e.width:e;n=n.toString().indexOf(“px”)

var zoneid = (parent.window.top.innerWidth document.MAX_ct0 = '';
var m3_u = (location.protocol == 'https:' ? 'https://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?' : 'http://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?');
var m3_r = Math.floor(Math.random() * 99999999999);
document.write("”);

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube