No seco, Campos é mais rápido dos TLs da Stock Light em Cascavel

Após Gabriel Robe terminar a sexta-feira como o mais rápido em pista seca, foi a vez de Marcio Campos assumir tal posto na manhã do sábado. Já na pista molhada do fim da sexta-feira, deu Guilherme Salas

A manhã do sábado (19) marcou o último treino livre do fim de semana da Stock Light em Cascavel. Após uma conturbada sexta-feira de chuva, o sol apareceu para o começo do dia seguinte e permitiu que Marcio Campos se aproveitasse da pista seca para cravar 1min06s898 e o melhor tempo dos TLs.
 
Campos saíra no primeiro grupo do TL3, ao passo que Guilherme Salas foi o mais rápido do segundo grupo e terminou com a segunda colocação. Gustavo Frigotto foi o terceiro, enquanto Gabriel Robe, Matheus Iorio, André Moraes, Pedro Caland, Erik Mayrink, Raphael Abbate e Vinicius Kwong fehcaram o top-10. Gabriel Lusquiños causou a bandeira vermelha do dia ao bater no guard-rail. 
Gabriel Robe (Foto: Duda Bairros/Vicar)
Nos treinos da sexta-feira, Gabriel Robe terminou com o melhor tempo do dia – 1min08s048 – atingido ainda pela manhã.
 
"Foram dois treinos em condições muito diferentes. Na chuva, fui o melhor no meu grupo e no seco fomos bem, com o carro se comportando bem e precisando apenas ajustar uns detalhes. O lado bom é que a gente está se preparando bem, independentemente da situação, já que conseguimos andar nas duas condições de pista. Vou para brigar pela pole e a vitória", comentou.
 
Como Robe falou, a tarde foi de muita chuva e, nestas condições, foi Salas, o líder do campeonato, quem ponteou com quase 0s5 de frente para Lukas Moraes.
 
A expectativa é que a classificação aconteça em pista seca, enquanto as chances de chuva para a corrida 1 são grandes.
 

Paddockast #38
CORRIDAS POLÊMICAS DA F1

Ouça: Spotify | iTunes | Android | playerFM

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube