Nunes contesta falta de punição em toque de Zonta no Milhão: “Me tirou da disputa”

Diego Nunes e a Blau/TMG entraram com protesto na comissão de prova por toque de Ricardo Zonta no começo da Corrida do Milhão - mas aquele que depois seria vencedor não foi penalizado

Paddockast #75 | Thiago Camilo e a Corrida do Milhão
Ouça também: PODCASTS APPLE | ANDROID | PLAYERFM

Os comissários da Confederação Brasileira de Automobilismo (CBA) não puniram tardiamente desta vez, mas a Corrida do Milhão do último domingo (23) teve sua dose de polêmica, sim.

Na segunda volta, Ricardo Zonta escapou da pista e, quando voltou, tocou em Diego Nunes. O piloto da Shell tomou o segundo lugar (acabaria vencendo), enquanto o da Blau/TMG saiu da pista, levantou terra e despencou para nono (ao final, abandonou por vazamento de óleo).

Nunes e sua equipe entraram com protesto na CBA, mas nenhuma punição foi dada ao vencedor, com a direção de prova considerando um incidente de pista. O #70, porém, discorda.

“Não consigo concordar com esta interpretação. Basta olhar o lance e ver que há marcas tanto na traseira do meu carro quanto na dianteira do carro do Zonta que mostram o toque. Não questiono se houve ou não intenção dele no toque, mas é fato que ele tinha espaço para fazer a curva. Eu vinha por fora, na sujeira, e este toque me tirou totalmente da disputa”, comentou Nunes.

Diego Nunes na pista de Interlagos ( Foto: Duda Bairros/Vicar)

Na segunda-feira pós-prova, ele usou o Instagram para reafirmar a insatisfação com a decisão dos comissários: “Não dá nada empurrar para fora na Stock Car. O pior é que a gente sabe que tinha carro para disputar com o Zonta. Mas é isso aí, vamos ver se os comissários começam a ser mais justos.”

Além disso, sugeriu a escalação de um ex-piloto como comissário – algo que, de fato, não há no momento entre os escalados pela CBA.

Como zerou na etapa, Nunes se manteve com 20 pontos, em 18° na classificação geral. Antes da etapa final, porém, ele pode descartar os três piores resultados do ano, de acordo com o novo regulamento da Stock Car.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar