Pamplona supera favoritos e crava pole-position para etapa de Salvador da Stock Car. Cacá é 2º

A primeira fila do grid de largada da etapa de Salvador da Stock Car terá dois pilotos que vivem momentos distintos no campeonato. Na pole-position estará o 23º na classificação, Duda Pamplona, que surpreendeu na tarde deste sábado (25). Por fora, Cacá Bueno, o líder da temporada de 2012, que tem uma boa chance para aumentar sua vantagem na caça ao pentacampeonato

Surpresa no treino classificatório da Stock Car em Salvador. Duda Pamplona, da Officer ProGP, foi o único dos 32 pilotos da categoria a andar abaixo de 1min10s na tomada de tempos deste sábado (25) e assegurou a pole-position para a sétima etapa da temporada de 2012, a sexta de sua carreira no certame.

Com os pilotos divididos em grupos, o dono do carro de número 23, que ocupa apenas a 23ª posição no campeonato, entrou na pista para completar suas duas voltas lançadas ainda na primeira metade da tomada de tempos. A questão era: o marca de 1min09s843 estabelecida no segundo giro pelo circuito resistiria à medida que o restante do pelotão entrasse na pista.

Duda Pamplona vibra com a sexta pole de sua carreira na Stock Car (Foto: Fernanda Freixosa/Vicar)

A resposta veio com o tempo e foi positiva. Ninguém conseguiu bater Pamplona. Quem mais se aproximou foi Cacá Bueno. Vencedor de duas das três corridas disputadas nas ruas do Centro Administrativo da Bahia, o tetracampeão se garantiu na primeira fila por apenas cinco milésimos de segundo, mas ficou 0s214 atrás do piloto mais rápido do classificatório.

Mas se Cacá não sorriu ao saber que fora batido na briga pela pole, sorriu ao saber da posição de largada de seus adversários diretos na disputa pelo título. Ricardo Maurício ficou apenas em sétimo, enquanto Daniel Serra se classificou na 13ª posição. Em um traçado urbano de difíceis ultrapassagens, o carioca tem em mãos uma ótima oportunidade para crescer em relação aos seus principais oponentes.

A segunda fila neste domingo terá Allam Khodair e Luciano Burti. Logo atrás estarão Átila Abreu e Ricardo Sperafico. A equipe Medley-Full Time conseguiu colocar seus dois carros no top-10, com Xandinho Negrão, oitavo, e Felipe Maluhy, de volta à Stock Car, em nono. A quinta fila é completada por Thiago Camilo.

Confira como foi a sessão de classificação da Stock Car em Salvador

Por se tratar de um circuito de rua, a classificação da etapa de Salvador da Stock Car obedeceu a um formato diferente do habitual. Os pilotos entraram separadamente na pista, divididos em grupos pequenos de três ou quatro competidores, para evitar problemas com o tráfego. Os melhores do campeonato ficaram para o final.

Os quatro primeiros a entrar na pista foram Diego Freitas, Bruno Junqueira, Patrick Gonçalves e Tuka Rocha. O melhor destes foi Tuka Rocha, com um tempo de 1min10s900, 0s7 mais rápido que Patrick Gonçalves. Com tempos acima de 1min12s, a dupla da Bassani já ficava para trás.

O grupo seguinte era constituído por Felipe Maluhy, Eduardo Leite, Giuliano Losacco e Popó Bueno. Destes, apenas Maluhy conseguiu andar mais rápido do que Rocha, com um tempo de 1min10s316. Mas o paulista, que completa 100 corridas na Stock Car neste fim de semana, não suportou a entrada na pista de mais um grupo.

Duda Pamplona foi o único a andar na casa de 1min09s na classificação (Foto: Fernanda Freixosa/Vicar)

Duda Pamplona foi o primeiro a andar abaixo de 1min10s, com um tempo de 1min09s843. Ricardo Sperafico, que completou suas duas voltas lançadas junto de Duda, não repetiu o bom desempenho dos treinos livres e marcou apenas 1min10s238. Um candidato à pole-position estava fora da briga. O outro Sperafico, Rodrigo, também não foi bem e cravou apenas 1min11s013.

E Pamplona foi se mantendo na primeira colocação. A cada piloto que entrava na pista e não conseguia superá-lo, uma posição que ele garantia. Ao mesmo tempo, ansiedade crescia nos boxes da Officer ProGP.

Quando Allam Khodair, sempre favorito à pole, entrou na pista, não completou uma primeira volta boa. Enquanto estava na segunda, a bandeira vermelha foi agitada no Centro Administrativo da Bahia. Era um acidente com Denis Navarro, companheiro de Khodair. Mas o japonês voador aproveitou a chance que teve para melhorar e andou na casa de 1min10s062. Não o suficiente, ainda, para bater Pamplona. Junto, o piloto da Vogel levou Luciano Burti e Átila Abreu para o terceiro e o quarto lugares provisórios, respectivamente.

Cacá Bueno largará em segundo lugar no circuito onde já venceu duas vezes (Foto: Bruno Terena/Red Bull)

A hora da verdade ficou reservada para o final, com os pilotos mais bem classificados no campeonato. Júlio Campos, Nonô Figueiredo, Thiago Camilo, Cacá Bueno, Ricardo Maurício, Daniel Serra, Valdeno Brito e Max Wilson ainda precisavam registrar suas voltas lançadas. Mas Pamplona já tinha, pelo menos, um top-10 garantido na tomada de tempos.

Mas foi aí que deu para perceber o quão bom havia sido aquele 1min09s843 de Pamplona. Nenhum dos nomes da lista supracitada conseguiu quebrar a barreira de 1min10s. Pamplona estava, portanto, em outro nível. Cacá Bueno foi quem mais se aproximou. 1min10s057. Não era suficiente. O carioca tentou compensar em sua segunda volta lançada, mas sentiu que não seria possível e recolheu aos boxes. O piloto-chefe de equipe podia celebrar. A pole-position era dele.

Stock Car, Etapa de Salvador, Classificação, Final:

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube