Perder 5 kg: chefe revela pedido inusitado para Camilo, que temeu “sumir”

Thiago Camilo teve um ano muito melhor que o de 2018: de sem vitórias e 10° lugar, para seis triunfos e o vice. E, segundo o chefe de equipe do piloto, Andreas Mattheis, a mudança começou pelo físico do #21

Para quem acompanha redes sociais relacionadas à Stock Car, não é notícia de que o piloto que mais divulga suas atividades físicas é Thiago Camilo. O que poucos sabem é que não é simplesmente uma questão de gosto, ou algo normal por ser atleta. O recém-coroado vice-campeão da Stock Car 2019 faz tanto exercício também por um pedido inusitado de seu próprio chefe.

10° colocado na categoria em 2018, ele passou de zero vitórias e poles para seis de cada na temporada 2019. E a evolução teve a ver com mudanças no carro da Ipiranga, sim, mas também da própria parte física de Camilo. 

É o que falou ao GRANDE PRÊMIO Andreas Mattheis, chefe da Ipiranga, em Interlagos, quando questionado sobre o que havia mudado da fraca campanha do ano anterior para a atual.

Thiago Camilo e Andreas Mattheis (Foto: Duda Bairros/Stock Car)
Paddockast #46
OS 10 MELHORES PILOTOS DA DÉCADA

Ouça: Spotify | iTunes | Android | playerFM

"Antes de mais nada, acho que a questão do Thiago acreditar na equipe. Apesar de ter terminado em 10° ano passado, ele acreditou em nossa capacidade de brigar pelo título esse ano, de bsucar investimento, de buscar aprendizado, conhecimento, para que a gente pudesse voltar a ser competitivo."

"E eu, no começo do ano, coloquei uma ambição para ele: 'Thiago, você precisa perder 5 kg'. E ele é um atleta, ele tinha massa muscular, não era gordo. Então ele teve que fazer um trabalho para reduzir essa massa, mas ao mesmo tempo ganhar resitência e performance", contou Mattheis.

Deu certo: segundo o dirigente, Camilo cumpriu o combinado. "E é um trabalho bem importante que ele fez e bem, chegou na primeira corrida 5 kg abaixo e manteve o ano inteiro. E acho que aprendeu o ano inteiro junto com a gente. Por isso acho que essa temporada foi preparatória para um futuro ainda melhor do que tivemos esse ano", completou.

Thiago Camilo protagoniza lindo pódio ao lado da filha em Interlagos (Foto: Duda Bairros/Vicar)

Com a informação, o GP falou com o próprio Camilo sobre o caso. E não só ele confirmou, como contou que o pedido inciial era maior: de que perdesse 10 kg. 

“O Andreas chegou com esse presente para mim de final de ano. Depois do ano de 2018, falou que eu tinha que perder 10 kg. Dez. Ele falou dez. Aí eu falei: ‘Andreas, dez é impossível perder, acho que eu vou sumir, vou ficar sem resistência, fraco dentro do carro’. Ele, então: ‘Não, então tenta perder o máximo que você conseguir’. Eu consegui perder 6 kg. Do ano passado para este ano."

"Mas não foi fácil, não. Eu tive que mudar a minha alimentação. Eu sempre fui um cara regrado assim com algumas coisas, principalmente durante os treinos mas, assim, final de semana, eu saía um pouco da linha. Gostava de comer sanduíche, coisa mais gordurosa, como todo mundo, acho, né. E isso aí atrapalhava. E eu tive que cortar."

Thiago Camilo (Foto: Cauê Moalli/Grande Prêmio)

Sobe os famosos treinos, contou que eles foram, de fato, alterados após o pedido da Ipiranga: "Os treinos foram adaptados, comecei um sistema de treino novo, estou tendo que treinar para manter, porque eu tenho um pouco de facilidade de ganhar peso por causa da minha altura e tal, então muita gente às vezes me vê treinando até antes das corridas ‘ah, ele está viajando, é frescura, é isso e aquilo’, mas é por isso, porque, realmente, eu tenho muita facilidade de ganhar peso, principalmente no final de semana de corrida."

"Fácil não foi, mas eu consegui baixar bem o peso e suprir a necessidade do Andreas, já que eu sou um piloto um pouco acima da curva: alto, pesado, quase igual ao Daniel e ao Ricardinho", brincou para finalizar o vice-campeão – que continua na equipe para 2020.

Carregando…

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar