Prévia: após ‘terremoto’, Stock Car tem Corrida do Milhão com nove favoritos

O anúncio da saída da Red Bull do grid da Stock Car ao fim da temporada 2016 veio como um terremoto logo às vésperas da prova mais importante do calendário. A Corrida do Milhão, além do prêmio milionário em si, pode impulsionar o vencedor para uma boa posição na luta pelo título. Em um grid tão competitivo, são pelo menos nove os grandes candidatos à vitória no circuito mais tradicional do automobilismo brasileiro

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “2258117790”;
google_ad_width = 300;
google_ad_height = 600;

Acabou a espera! Depois de quase dois meses e de uma providencial ‘pausa olímpica’, os motores da Stock Car vão voltar a roncar neste fim de semana, no palco mais tradicional do automobilismo brasileiro. Interlagos recebe a oitava edição da Corrida do Milhão na manhã do próximo domingo (11) e traz a perspectiva de uma disputa com nove favoritos à vitória, mas que pode sempre entregar boas surpresas, como o inesperado triunfo de Ricardo Zonta em 2013. A cobiçada premiação da milionária prova chegará em boa hora ao vencedor, ainda mais em tempos de crise econômica. 
 
O esporte não escapou ileso ao atual cenário de incertezas do Brasil. A última grande baixa representou um terrível baque para a Stock Car. Depois de dez temporadas, a Red Bull anunciou a saída como equipe ao fim da temporada 2016. Trata-se de uma grande lacuna, já que a marca tem grande representatividade no mundo. 
 
Na esteira da debandada taurina, a categoria viverá uma série de mudanças bem importantes para 2017: a volta da Prati-Donaduzzi como patrocinadora da A.Mattheis — que mantém sua estrutura mesmo com a saída da Red Bull — e também a ida de Cacá Bueno, o grande nome da Stock Car, para a Cimed, num vínculo de longa duração. Assim, a ‘dança das cadeiras’, envolvendo nomes graúdos do grid, deve ganhar novos capítulos muito em breve.

window._ttf = window._ttf || [];
_ttf.push({
pid : 53280
,lang : “pt”
,slot : ‘.mhv-noticia .mhv-texto > div’
,format : “inread”
,minSlot : 1
,components : { mute: {delay :3}, skip: {delay :3} }
});

(function (d) {
var js, s = d.getElementsByTagName(‘script’)[0];
js = d.createElement(‘script’);
js.async = true;
js.src = ‘//cdn.teads.tv/media/format.js’;
s.parentNode.insertBefore(js, s);
})(window.document);

Interlagos recebe uma corrida da Stock Car pela 127ª vez na história (Foto: Rodrigo Berton/Grande Prêmio)
A saída da Red Bull da Stock Car serve como o pano de fundo para um fim de semana que vem sendo aguardado com ansiedade. Será a primeira vez na temporada que Interlagos receberá uma prova da Stock Car. Além da principal categoria do automobilismo nacional, o fim de semana será intenso e marcado por disputas no Brasileiro de Marcas, Brasileiro de Turismo, Mercedes-Benz Challenge e F3 Brasil. Dias para fã do esporte a motor nenhum colocar defeito.
 

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “5708856992”;
google_ad_width = 336;
google_ad_height = 280;

Muitos pilotos entre os favoritos
 
Quanto à luta pela vitória e, por consequência, do milionário prêmio de R$ 1 milhão, fica nítido o enorme equilíbrio entre os grandes nomes da Stock Car. É possível enumerar, considerando o desempenho na temporada e também em Interlagos, ao menos oito favoritos ao topo do pódio no próximo domingo. Mas a lista ganha mais um nome forte, uma vez que, mesmo sem grandes resultados em 2016, não dá para descartar do rol de candidatos à vitória Thiago Camilo, três vezes vencedor da Corrida do Milhão.
 
Dentre os pilotos em atividade, Cacá Bueno é o piloto que mais vezes venceu em Interlagos. O carioca, que completou 40 anos uma semana depois da etapa de Cascavel, em 24 de julho, ostenta sete triunfos em Interlagos. Tal fator, por si só, o coloca como um candidato à vitória no domingo. Cacá jamais alcançou o topo do pódio na Corrida do Milhão, de modo que a conquista milionária seria uma grande forma de, além de colocá-lo em grande condição rumo ao hexacampeonato, coroar um grande ciclo pela Red Bull.
 
Felipe Fraga e Marcos Gomes despontam como candidatos ao título face ao grande rendimento da Cimed, que já vem desde o ano passado. Não é à toa que a dupla lidera o campeonato, com o jovem tocantinense na ponta da classificação. Fraga, vale lembrar, venceu sua primeira corrida como piloto da Stock Car justamente em Interlagos, em parceria com Rodrigo Sperafico em 2014. Marquinhos, por sua vez, venceu quatro vezes em no circuito paulistano.
Felipe Fraga desponta como um dos favoritos ao Milhão de Reais no domingo (Foto: Duda Bairros/Vicar)
Daniel Serra jamais venceu em Interlagos pela Stock Car, mas o paulista, logo na sua estreia na categoria, garantiu a pole-position no circuito paulistano, em 2007. Quarto colocado na temporada, Serrinha também busca uma forma de dar à Red Bull, equipe que defende desde a estreia, a chance de comemorar uma vitória inédita na Corrida do Milhão. É possível, pois, já que talento não lhe falta.
 
Valdeno Brito foi o primeiro vencedor da Corrida do Milhão. Em 2008, o paraibano alcançou o triunfo na finada Jacarepaguá, hoje sede dos Jogos Paralímpicos do Rio. À época, Valdeno faturou o prêmio de US$ 1 milhão. O piloto vem fazendo uma temporada bem interessante pela TMG, equipe chefiada por Thiago Meneghel, e embora ainda não tenha vencido nenhuma prova em 2016, não chega a ser exagero colocá-lo na lista de favoritos. 
 
Como também não dá para descartar, de maneira alguma, os nomes de Ricardinho Maurício, que já venceu duas vezes em Interlagos, alcançando o triunfo na Corrida do Milhão em 2010, e Max Wilson, que desponta como grande candidato ao título depois de uma excelente primeira metade de temporada, tendo vencido duas provas. 
 

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “5708856992”;
google_ad_width = 336;
google_ad_height = 280;

E Rubens Barrichello, último piloto a vencer na temporada, em Cascavel, persegue o sonho de conquistar um triunfo no quintal de casa: uma conquista em Interlagos repetiria o cheque milionário recebido com o feito logrado há dois anos em Goiânia. A vitória no cerrado foi o ponto de arrancada de Rubens rumo ao título na temporada 2014. Agora, o veterano busca se inspirar no seu começo de carreira para alcançar uma conquista consagradora e fazer história mais uma vez na Stock Car.

Dono de excelente histórico em Interlagos e na Corrida do Milhão, Thiago Camilo é sempre um dos favoritos (Foto: Duda Bairros/Vicar)
E aí vem o nono favorito: Thiago Camilo, de fato, não vem fazendo uma boa temporada. Tem sido um ano de muito azar para o piloto da RCM, que ficou perto de tirar a zica em Cascavel, mas perdeu a vitória na última volta da corrida, comprovando que sua jornada não anda fácil. Mas Thiago é daqueles caras que consegue se superar em meio aos momentos difíceis. Foi assim, por exemplo, no ano passado: depois de sofrer um acidente brutal em Curitiba, o paulista, mesmo com o pé lesionado, empreendeu uma jornada épica e venceu a Corrida do Milhão pela terceira vez (as outras duas foram justamente em Interlagos, em 2011 e 2012).
 
Embora não estejam teoricamente no rol dos favoritos, nomes como Átila Abreu, último vencedor em Interlagos, e Ricardo Zonta, que conquistou a vitória na Corrida do Milhão em 2013, são daqueles pilotos para se prestar atenção. Da mesma forma, por ser uma corrida de tiro curto, outras surpresas podem pintar: Sergio Jimenez é um dos que correm por fora, além de Allam Khodair, Diego Nunes e até mesmo Vitor Genz.
 
 
Pista seca no fim de semana? Em teoria, sim! 
 
A previsão do tempo para o fim de semana da Corrida do Milhão em Interlagos indica dias nublados, mas sem possibilidade de chuva. Isso, contudo, na teoria, já que a Zona Sul paulistana é daquelas que compreende um clima bastante imprevisível. Será que a chuva virá da represa desta vez?
 
O site especializado ‘Climatempo’ indica que o início das atividades de pista, na sexta-feira, terá sol com muitas nuvens durante o dia e períodos de céu nublado e com a temperatura ambiente alcançando um máximo de 20ºC. O tempo deve esquentar um pouco no sábado, com os termômetros alcançando os 24ºC de máxima, com sol entre algumas nuvens. A tendência é de permanência do quadro climático para domingo. Não há previsão de chuva para nenhum dia do fim de semana em São Paulo.
 
 
Não perca o fôlego! Programação do fim de semana é intensa
 
A Stock Car vai à pista no período da tarde de sexta-feira (9 de setembro) para a realização do primeiro treino livre, com uma hora para cada grupo de pilotos a partir de 13h55 (horário de Brasília). Antes, pela manhã, haverá um shakedown de dez minutos para a checagem dos carros e das condições da pista.
 

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “2258117790”;
google_ad_width = 300;
google_ad_height = 600;

Mas o cronograma começa mais cedo com o shakedown do Brasileiro de Marcas às 8h. A partir de 8h20, acontece o primeiro treino livre da categoria. Já às 9h45, os pilotos da F3 Brasil terão 40 minutos de primeiro treino livre. Já a sessão que abre o fim de semana do Brasileiro de Turismo será disputada entre 10h55 e 11h40. Na sequência, acontece o segundo treino do Brasileiro de Marcas, com 45 minutos para cada um dos dois grupos e início previsto para 11h50.

 
O período da tarde ainda reserva dez minutos de treino classificatório do Brasileiro de Marcas, a partir de 16h10, uma hora de primeiro treino livre do Mercedes-Benz Challenge, entre 16h30 e 17h30 e, a partir de 17h40, a F3 Brasil fecha o intenso cronograma de sexta-feira com 20 minutos de treino classificatório para definição do grid da corrida 1 do fim de semana.
 
No sábado, 10 de setembro, o cronograma será ainda mais extenso. Logo pela manhã, a partir de 7h30, acontece o segundo treino do Brasileiro de Turismo, com duração de 45 minutos. A Stock Car volta à pista para a sua segunda sessão a partir de 8h25, com 40 minutos para cada um dos dois grupos na pista. Em seguida, às 10h25, acontece a corrida 1 do Brasileiro de Marcas em Interlagos. Os trabalhos não param, já que ao meio-dia terá lugar a classificação da Stock Car.
Programação do fim de semana em Interlagos será intensa do início ao fim (Foto: Rodrigo Berton/Grande Prêmio)
A tarde continuará movimentada em São Paulo. Às 13h10, acontece o segundo treino do Mercedes-Benz Challenge, da seguinte forma: uma hora para os pilotos da C250 Cup e outros 60 minutos para os competidores da CLA AMG Cup. Às 16h05, acontece a largada da corrida 1 do Brasileiro de Turismo, com transmissão ao vivo pelo GRANDE PRÊMIO. A tarde se encerra com o treino classificatório do Mercedes-Benz Challenge. A partir das 16h45, a CLA AMG Cup terá 20 minutos de pista e, em seguida, a C250 Cup fecha o cronograma de sábado que compreenderá ‘folga’ aos pilotos da F3 Brasil.
 
O domingo será todo de corridas: no começo da manhã, às 8h15, acontece a largada da corrida 2 do Brasileiro de Turismo. E em seguida será a vez da principal disputa de todo o fim de semana em Interlagos: a partir das 10h, num horário bastante distinto em relação às outras provas do calendário da Stock Car, acontece a largada da oitava edição da Corrida do Milhão. A corrida terá transmissão ao vivo na TV aberta pela Rede Globo e, na TV por assinatura, pelo SporTV.
 
Às 11h35, o Mercedes-Benz Challenge dará largada à sua quinta etapa da temporada, com transmissão ao vivo pelo canal por assinatura BandSports, enquanto a F3 Brasil terá sua primeira corrida do fim de semana às 13h05. Pouco depois, as 14h25, será a vez do Brasileiro de Marcas realizar sua segunda corrida na rodada de Interlagos. E, após o período de uma hora para visitação dos boxes, a F3 Brasil fecha o fim de semana com a corrida 2, a ser disputada a partir de 16h50 de domingo.

O GRANDE PRÊMIO estará em Interlagos com grande equipe para a cobertura 'in loco' da Corrida do Milhão e todas as atividades do fim de semana com os repórteres Fernando Silva, Gabriel Curty e Rodrigo Berton.

PADDOCK GP #45 COMENTA FIM DE SEMANA COM F1, INDY, MOTOGP E WEC

.embed-container { position: relative; padding-bottom: 56.25%; height: 0; overflow: hidden; max-width: 100%; } .embed-container iframe, .embed-container object, .embed-container embed { position: absolute; top: 0; left: 0; width: 100%; height: 100%; }

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “8352893793”;
google_ad_width = 300;
google_ad_height = 250;

fechar

function crt(t){for(var e=document.getElementById(“crt_ftr”).children,n=0;n80?c:void 0}function rs(t){t++,450>t&&setTimeout(function(){var e=crt(“cto_ifr”);if(e){var n=e.width?e.width:e;n=n.toString().indexOf(“px”)

var zoneid = (parent.window.top.innerWidth document.MAX_ct0 = '';
var m3_u = (location.protocol == 'https:' ? 'https://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?' : 'http://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?');
var m3_r = Math.floor(Math.random() * 99999999999);
document.write("”);

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube