Maurício controla Suzuki e vence corrida 2 da Stock Car em Santa Cruz do Sul

Ricardo Maurício fez estratégia excelente, gerenciou vantagem de 3s8 em Suzuki e venceu pela sexta vez na Stock Car em 2021

F1 NO CATAR: VERSTAPPEN E BOTTAS PUNIDOS, GRID DE LARGADA MUDA | Briefing

Na tarde deste domingo (21), aconteceu a corrida 2 da 11ª e penúltima etapa da Stock Car, em Santa Cruz do Sul. E, embora a prova tenha sido marcada pela presença do safety-car, Ricardo Maurício fez ótima estratégia para a corrida 2 após abortar a primeira prova, voltou à frente após sua parada, soube gerenciar sua vantagem de mais de 3s8 sob Rafael Suzuki e vencer pela sexta vez na temporada de 2021.

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2

Rafael Suzuki também fez excelente parada e conseguiu manter sua vantagem para terminar na segunda posição. Rubens Barrichello, que fez corrida cheia de ultrapassagens, foi o terceiro colocado.

Fecharam o top-10: Denis Navarro, Ricardo Zonta, Gabriel Casagrande, Bruno Baptista, Allam Khodair, Thiago Camilo e Daniel Serra.

A grande final da Stock Car acontece entre os dias 11 e 12 de dezembro, em Interlagos.

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

Saiba como foi a corrida 2 em Santa Cruz do Sul:

Como manda a regra, a largada para a corrida 2 da Stock Car aconteceu depois da inversão dos dez primeiros colocados da prova que abriu o domingo. Pedro Cardoso, alinhou o carro #43 na ponta, dividindo a primeira fila com Rubens Barrichello.

Quando as luzes vermelhas se apagaram, Cardoso largou bem, mas tinha Barrichello em seu encalço. Logo na terceira curva, Christian Hahn se encontrou com Cesar Ramos, escapou, mas retornou para pista.

Largada da corrida 2 (Foto: Reprodução)

Mais atrás do pelotão, Gabriel Casagrande, líder do campeonato, formou disputa com Galid Osman e levou a melhor, assumindo a quarta posição. Aos três minutos de prova, Cacá Bueno teve problemas com sua suspensão traseira, escapou e causou o primeiro período de safety-car.

Cacá Bueno escapou e causou safety-car (Foto: Reprodução)

A prova foi reiniciada faltando 24 minutos para o final. O top-5 seguia o mesmo: Cardoso, Barrichello, Foresti, Casagrande e Zonta. A situação do campeonato para o líder Casagrande era boa, já que Daniel Serra era apenas o sétimo colocado.

Aos nove minutos de prova, Felipe Lapenna e Cesar Ramos — mais uma vez envolvido em um acidente durante a corrida 2 — se encontraram, o que fez com que o carro da Hot Car escapasse e batesse contra o muro de proteção, causando o segundo período de safety-car.

Toque entre Felipe Lapenna e Cesar Ramos (Foto: Reprodução)

A prova foi reiniciada novamente a 18 minutos para o final. Cardoso tentava de todas as formas segurar o dono do carro #111, que tentava a todo custo assumir a ponta. Enquanto isso, a disputa pela terceira posição era árdua também: Zonta ameaçava Foresti, que era bem-sucedido em segurar seu espaço no top-3.

Só que foi aos 15 minutos de prova, que Rubens Barrichello aproveitou seu impulso extra para ultrapassar Cardoso, que perdeu muitas posições: saiu da ponta para 12ª posição, que aproveitou para ir aos boxes, junto com muitos outros competidores.

Ultrapassagem de Rubens Barrichello em cima de Pedro Cardoso (Foto: Reprodução)

Com a janela de boxes aberta, o top-5 era: Barrichello, Zonta, Casagrande, Khodair e Denis Navarro. A 11 minutos para o final, Barrichello e Casagrande também fizeram suas paradas. Na saída, o piloto do carro #83 assumiu o lugar de Barrichello.

Mas foi a 10 minutos de prova que, com mais ritmo, o carro #111 assumiu ultrapassou o líder do campeonato. O próximo alvo de Barrichello era Ricardo Zonta que, sem muitos problemas, aos 22 minutos, também o ultrapassou.

Barrichello ultrapassou Zonta (Foto: Reprodução)

Só que Ricardo Maurício, depois de excelente estratégia na corrida 1, fez ótima parada nos boxes e voltou na liderança da segunda prova. A sequência era formada por Ricardo Maurício, Rafael Suzuki, Navarro, Barrichello e Zonta. Minutos depois, mais uma ultrapassagem de Rubinho sobre Navarro, assumindo a terceira colocação.

Surpreendentemente, o teto do carro #48 de Tony Kanaan voou, mas seguiu na prova, na sétima posição. No entanto, minutos depois, acabou abandonando.

Tony Kanaan perdeu o teto de seu carro (Foto: reprodução)

Na penúltima volta, Maurício estava já 4s239 de Suzuki. Conseguiu gerenciar sua vantagem e, portanto, vencer pela sexta vez em 2021.

Stock Car 2021, Santa Cruz do Sul, Corrida 2:

1R MAURÍCIOEurofarma RC Chevrolet31:44:55719 voltas
2R SUZUKIFull Time Bassani Toyota+3.800 
3R BARRICHELLOFull Time Sports Toyota+9.420 
4D NAVARROCavaleiro Sports Chevrolet+10.684 
5R ZONTARCM Motorsport Toyota+10.957 
6G CASAGRANDEA. Mattheis Vogel Chevrolet+11.904 
7B BAPTISTARCM Motorsport Toyota+12.824 
8A KHODAIRBlau Motorsport Chevrolet+14.255 
9T CAMILOIpiranga Racing Toyota+14.531 
10D SERRAEurofarma RC Chevrolet+14.772 
11A ABREUShell V-Power Chevrolet+17.432 
12G OSMANShell V-Power Chevrolet+17.745 
13P CARDOSOKTF Racing Chevrolet+18.661 
14D NUNESBlau Motorsport Chevrolet+18.828 
15M GOMESCavaleiro Sports Chevrolet+18.935 
16G FRIGOTTORKL Competições Chevrolet+32.824 
17T KANAANFull Time Bassani Toyota+1 volta 
18L FORESTIKTF Sports Chevrolet+1 volta 
19C RAMOSIpiranga Racing Toyota+2 voltas 
20G LIMAA. Mattheis Vogel ChevroletNC 
21F LAPENNAHot Car Competições ChevroletNC 
22G DI MAUROKTF Racing ChevroletNC 
23G SALASKTF Sports ChevroletNC 
24F MASSALubrax Podium ChevroletNC 
25B MONTEIROCrown Racing ChevroletNC 
26C BUENOCrown Racing ChevroletNC 
27J CAMPOSLubrax Podium ChevroletNC 
28V BRITOHot Car Competições ChevroletNC 
29C HAHNBlau Motorsport II ChevroletNC 
30M ROSSIFull Time Sports ToyotaNC 
31S JIMENEZScuderia CJ ToyotaNC 
GAMEPLAY GP DE PORTIMÃO DE FÓRMULA 1 | F1 2021 NO PS5 | GP Gameplay
Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar