Serra vê classificação apenas “OK” e revela objetivo para domingo: “Abrir gap”

Com a quarta colocação do grid de largada no Velo Città, Daniel Serra achei que a classificação dele não foi ruim, mas lamentou um erro. Para a corrida, quer assumir a dianteira do campeonato e partir para Goiânia com vantagem

Daniel Serra tem uma posição de largada bem mais agradável para este domingo (10), no Velo Città, que o colíder e companheiro de equipe Ricardo Maurício: sai em quarto contra o 19º posto do rival. Não que o atual bicampeão tenha terminado muito animado com isso, mas sabe que tem as ferramentas nas mãos para abrir alguma vantagem antes das duas provas finais da temporada.
 
Logo após o treino de classificação, Serra avaliou ao GRANDE PRÊMIO que o treino dele foi aceitável e que um pequeno erro ainda custou algum tempo. A ideia, claro, é marcar a maior quantidade de pontos possível.
 
"Foi OK. Pensamos bastante em ter um carro bom para o Q3, mas infelizmente na última curva dei uma escorregada, uma traseirada, acabei perdendo bastante para mim mesmo no Q2. Não brigaria pela pole, mas ficaria mais próximo. Não é súper bom, mas não é ruim. Estamos numa posição em que dá para marcar bastantes pontos, e é nisso que temos que pensar nessas últimas três etapas", comentou.
Meinha e Daniel Serra (Foto: Duda Bairros/Vicar)
Paddockast # 41
MAIORES VITÓRIAS DE HAMILTON NA F1

Ouça: Spotify | iTunes | Android | playerFM


Com relação à estratégia e o fato de ter à frente dele apenas pilotos que desejam chegar na etapa derradeira ainda com chances de título [Thiago Camilo, Gabriel Casagrande e Felipe Fraga], apontou que é difícil saber se a situação será aquela desenhada no sábado. As coisas, afinal, mudam rapidamente.  
 
"É difícil saber, porque às vezes acontece como em Cascavel e dá um safety-car logo no começo e muda tudo, todo mundo se aproxima. Tem muita gente brigando pelo campeonato e que tem que fazer o máximo de pontos e, para isso, é necessário marcar pontos nas duas corridas. Então é difícil, porque é difícil saber o que os outros vão fazer. Em tese, vão para uma estratégia de duas corridas. Nós vamos para tentar marcar pontos para tentar abrir mais no campeonato", garantiu.
 
Por fim, afirmou que assumir a liderança sempre importa e é o objetivo para o Velo Città, ainda que Goiânia e Interlagos esperem na sequência.
 
"O objetivo é sempre colocar um gap para quem vem atrás. Hoje, estou empatado com o Ricardo, então a ideia é tentar sair líder com o máximo de pontos que der. O objetivo é esse, agora vamos ver se dá para concluir amanhã", finalizou. 
 
A corrida 1 está marcada para 11h em Mogi Guaçu. O GRANDE PRÊMIO acompanha a etapa do Velo Città, neste fim de semana, com o repórter Pedro Henrique Marum.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar