Shell define Danilo Dirani ao lado de Di Mauro na Corrida de Duplas da Stock Car

Depois de anunciar Laurens Vanthoor como parceiro de Ricardo Zonta e a aliança entre Galid Osman e Dennis Dirani, agora é a vez de Gaetano di Mauro ter sua dupla definida para a abertura da Stock Car. Irmão de Dennis, Danilo Dirani vai acelerar o carro #11 da Shell e formar uma união de nada menos que 45 títulos conquistados no kartismo

A Shell confirmou sua terceira parceria para a Corrida de Duplas que vai abrir a temporada 2020 da Stock Car em 29 de março, em Goiânia. Após anunciar Laurens Vanthoor ao lado de Ricardo Zonta e Dennis Dirani como parceiro de Galid Osman, a Shell anunciou, nesta manhã de segunda-feira (3), que Danilo Dirani vai compartilhar o volante do carro #11 como convidado de Gaetano di Mauro, estreante do ano de 2019 e novo piloto da equipe Vogel.
 
Gaetano e Dirani são dois dos mais bem-sucedidos pilotos do kartismo brasileiro. Juntos, somam 45 títulos em grandes competições como Paulista, Brasileiro, Copa Brasil, Sul-Americano e Pan-Americano. Danilo é um piloto com experiência em várias categorias e bastante distintas: campeão da antiga F3 Sul-Americana, presença na F3 Britânica, antigo piloto de desenvolvimento da Honda na F1 e dono de vitórias no Brasileiro de Turismo (hoje Stock Light), Copa Truck e corridas da Porsche Cup Endurance Series.
 
Na Stock Car, Danilo fez nove corridas, todas em 2016, inclusive a presença na Corrida de Duplas daquele ano, quando foi parceiro de Daniel Serra com o carro #29 da Red Bull em Curitiba. Depois, correu parte do campeonato como piloto da RZ Motorsport, equipe que era de Ricardo Zonta.
Gaetano di Mauro parte para sua segunda temporada na Stock Car (Foto: José Mário Dias/Shell Racing)
Danilo Dirani também tem uma ligação de longa data com a Shell. Figura frequente no elenco da Shell-Fittipaldi nas 500 Milhas de Kart, ajudou a equipe a levar a dobradinha na edição realizada em 2015. Em 2018, compôs a tripulação da Shell V-Power como coach de Átila Abreu no carro #51.
 
Aos 37 anos, Danilo vai ser parceiro de Gaetano no carro #11 da Shell na equipe Vogel. Di Mauro chega para seu segundo ano na principal categoria brasileira para provar sua experiência obtido na temporada de estreia. Vice-campeão do Brasileiro de Turismo em 2017, vice da Porsche Cup na classe 3.8 em 2018 e estreante do ano na Stock Car na temporada passada, Gaetano ainda faturou dois títulos do Brasileiro de Kart pela marca, além do quarto lugar na classe KZ2 do Mundial de Kart, em 2018.
 
Ao comentar sobre a chance de acelerar com um grande adversário dos tempos de kart, Gaetano ressaltou as qualidades do seu novo parceiro para uma prova especial na Stock Car.
 
“É um prazer e uma honra dividir o carro com o Danilo nesta corrida tão especial. Quando comecei a andar de Shifter, ele dominava a categoria e foi um piloto em que sempre me espelhei para melhorar. Tivemos grandes disputas no kart, sempre muito limpas. É um amigo que me ajudou muito no início da carreira e tenho certeza que vai ser muito importante nesta corrida também. A temporada 2020 promete, e vamos começar com o pé direito”, disse Di Mauro.
 
Para Danilo, a oportunidade de formar dupla com Gaetano mostra como o esporte a motor é dinâmico e, por vezes, até surpreendente. “Estou muito feliz pelo convite do Gaetano. É um jovem piloto que vi crescer dentro do kart e se desenvolver no automobilismo. É um piloto que sempre mostrou muito talento e força de vontade, que batalhou seu espaço no esporte a motor com muita garra. As coisas acontecem para ele ‘na unha’, e é muito bacana acelerar com ele na Stock Car pela Corrida de Duplas”.
Danilo Dirani tem histórico de vitórias em títulos nas mais variadas categorias (Foto: Duda Bairros)
“A gente veio disputando os últimos anos no kart e agora vamos competir em parceria. É incrível ver como as coisas convergem no nosso esporte!”, destacou.
 
“Estou muito motivado para correr na equipe do Mauro Vogel, um profissional que respeito muito pelo que já construiu no automobilismo e, especialmente, na Stock Car. E me sinto muito honrado em correr essa prova e entregar para o time, Gae e Shell, o que todos eles merecem”, complementou Dirani.
 
Vicente Sfeir, gerente de motorsport e patrocínios da Raízen, empresa que gerencia a marca Shell no Brasil e na Argentina, ressaltou o histórico de Danilo Dirani no automobilismo, seu talento e uma curiosidade: sua ligação com Ayrton Senna no início da sua trajetória nas pistas.
 
“Danilo é um daqueles talentos brasileiros que iniciou no kart e conquistou tudo o que era possível. Então fez a transição para os carros de fórmula na época em que havia categorias relevantes de fórmula no Brasil e também conquistou vitórias e título. Foi para a Europa e correu na F3 Britânica obtendo ótimos resultados pela Carlin. Vinha preparado para chegar à F1, inclusive como membro do programa de desenvolvimento de uma equipe”, recordou.
 
“Poucos sabem, ele era apadrinhado pelo Ayrton Senna. Com certeza, o Ayrton teria ajudado para que sua carreira internacional tivesse atingido voos mais altos. Então o Danilo voltou para o Brasil e sempre encarou os desafios de forma muito positiva: não fica olhando para trás e vê o copo meio cheio em todas as situações, como um verdadeiro jogador de equipe que agrega por onde passa”, acrescentou o executivo.
 
“Ele representa a Shell todo ano nas 500 Milhas de Kart. Sempre que existe uma oportunidade, Danilo é daqueles nomes que estão no topo da lista para acelerarem pela Shell e mostrar seu talento. Basta lembrar a última corrida de 500 km da Porsche, quando ele cravou as três voltas mais rápidas da prova e foi ao pódio. Tenho certeza que será uma dupla muito forte com o Gaetano, brigando pelas primeiras posições”, complementou.
 
Na visão de Sfeir, 2020 vai ser uma temporada das mais importantes para Gaetano por conta do seu aprendizado já adquirido no ano passado. Agora, é chegada a hora de subir um degrau na Stock Car.
 
“2020 é o segundo ano do Di Mauro na Stock Car, e esperamos que seja uma temporada de consolidação. Temos metas um pouco mais agressivas para ele e seu desenvolvimento profissional, com trabalho mais afinado com seus mecânicos e engenheiros, melhor compreensão da dinâmica do final de semana e busca do maior número de pontos em todas as etapas”, comentou.
 
Por fim, com três parcerias já anunciadas para a Corrida de Duplas, Vicente Sfeir vê a Shell no rumo certo para garantir uma temporada sólida e bem-sucedida desde seu princípio. “A Corrida de Duplas neste ano vale mais pontos, e estamos confiantes em nossas escolhas para permitir a todos os competidores titulares uma trajetória competitiva desde a corrida de abertura do ano”, concluiu.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube