Com Átila e Zonta, TMG/Shell Racing coroa melhor temporada na Stock Car e disputa última etapa com chances de título

Definitivamente, 2017 foi um grande ano para a união formada pela Shell Racing e a TMG Motorsports na Stock Car. Lado a lado, a marca referência de excelência no esporte a motor e o time chefiado por Thiago Meneghel conquistaram grandes resultados na principal categoria do Brasil. Agora, neste fim de semana, é chegado o momento de fechar a temporada em alta, com chances até de faturar o título entre as equipes

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “5708856992”;
google_ad_width = 336;
google_ad_height = 280;

Que grande ano viveu a TMG/Shell Racing na temporada 2017 da Stock Car. Quatro vitórias — e outra ainda sub-júdice —, uma pole-position e um total de nove pódios, o que mostra que toda a união envolvendo a marca referência de excelência em motorsport, os pilotos Átila Abreu e Ricardo Zonta e a chefia de Thaigo Meneghel provou seu resultado. Os resultados são os melhores já alcançados tanto pela equipe americanense como também pela Shell Racing.

 
Restando apenas uma etapa para ser disputada, neste fim de semana em Interlagos, a TMG/Shell Racing depende das suas próprias forças para terminar como vice-campeã entre as equipes. E, com uma combinação de resultados, pode até chegar ao título, aproveitando a pontuação dupla da prova deste domingo (10).
 
“A expectativa é fechar o ano com chave de ouro”, afirmou Meneghel. “Independentemente do resultado, tem sido a temporada mais vitoriosa da equipe TMG e da Shell Racing também. Esperamos brigar por mais uma pole e por mais uma vitória. Infelizmente, não temos mais chances no campeonato de pilotos, mas temos no de equipes, embora mínima”, reconheceu o engenheiro, deixando claro que a pressão agora é unicamente no melhor resultado possível.
Átila e Zonta fizeram grande temporada com a TMG/Shell Racing na Stock Car (Foto: José Mário Dias/Shell Racing)
“Vamos correr soltos, pensando apenas na performance e, quem sabe, estar no pódio de novo”, complementou Thiago.
 
A TMG/Shell Racing chega à etapa final da temporada com 413 pontos conquistados, apenas um a menos que a atual campeã, a Cimed Racing. E a RC ocupa a liderança com 506. Para chegar ao título, a equipe de Americana precisaria de uma dobradinha, enquanto os pilotos do time chefiado por Rosinei Campos, o ‘Meinha’, Ricardo Maurício e Daniel Serra, não podem somar mais que 18 pontos. Uma combinação mais difícil de se concretizar, enquanto o vice-campeonato está muito mais próximo.
 
Átila tem grandes recordações de Interlagos, onde venceu no desfecho da temporada 2015, que marcou sua despedida da então equipe AMG, para onde voltou neste ano. O sorocabano faturou duas das quatro vitórias da equipe, no Velo Città e em Londrina, e ocupa o terceiro lugar do campeonato. Chegar ao vice é uma missão difícil, porque não basta vencer neste domingo, mas também torcer para Thiago Camilo não passar em 18º lugar. De qualquer forma, é uma grande temporada do piloto do carro #51, que fechou em terceiro em 2012 e vice na Stock Car dois anos depois.
 
“Estamos com uma chance matemática de conquistar o vice-campeonato. Não depende só do nosso resultado, mas temos de fazer a nossa parte e torcer para que os outros não façam as deles. É importante terminar o ano com uma vitória, isso sem dúvida vai nos encher de motivação ainda mais para o ano que vem”, salientou o piloto, que destacou uma mudança importante com a nova chicane do Café, novidade neste fim de semana.
A dupla garantiu o melhor ano da TMG e da Shell Racing na Stock Car (Foto: José Mário Dias/Shell Racing)
“Temos uma chicane nova, vamos ter de nos adaptar nos treinos para entender como ser mais rápido. A pista teve outras reformas para a Fórmula 1, como nas zebras. Tenho certeza de que teremos um bom carro em Interlagos, foi palco da minha última vitória com a TMG em 2015 e estou certo de que estaremos na briga”, disse Átila, que aposta em outro bom resultado no fim de semana, sabedor de que a forma da prova vai ser diferente do que foi em toda a temporada, com apenas uma corrida de 40 minutos e mais uma volta. 
 
“Será uma corrida só, então será uma dinâmica diferente. Temos de nos focar no carro para a classificação, com um carro rápido. Com uma corrida só, o desgaste vai ser menor, então até a base do acerto tem de ser diferente. Tem reabastecimento e troca de pneus obrigatória, então existem itens que podem dar uma movimentada na prova. A equipe tem treinado bastante, estou confiante no trabalho deles”, complementou.
Thiago Meneghel vibra com a grande temporada da equipe na Stock Car (Foto: José Mario Dias/Shell Racing)
Zonta também venceu duas vezes, em Goiânia e Londrina, mas tem ainda uma vitória a ser julgada pelo STJD da Confederação Brasileira de Automobilismo. A TMG/Shell Racing entrou com recurso em razão da punição sofrida pelo piloto na etapa de Tarumã. O curitibano também já venceu em Interlagos na Stock Car. E não foi uma vitória qualquer: foi a primeira da sua carreira na categoria e logo na Corrida do Milhão, no fim da temporada 2013.
 

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “5708856992”;
google_ad_width = 336;
google_ad_height = 280;

Ricardo tem tudo para fechar um grande ano na Stock Car e ainda busca cavar um lugar no rol dos dez melhores pilotos da temporada. “Estou vivendo um ótimo momento na Stock Car, com bons resultados e bastante competitivo. Foram duas vitórias e três pódios, e espero manter esse desempenho para, quem sabe, buscar mais uma vitória em Interlagos, onde venci pela primeira vez na categoria”.

 
A dupla, que já tem contrato renovado para seguir na TMG/Shell Racing em 2018, começa a acelerar na sexta-feira, com os treinos livres. O treino de definição do grid de largada acontece no sábado, a partir de 12h (horário de Brasília), com transmissão ao vivo pelo canal por assinatura SporTV 3. E a corrida, com transmissão pela Rede Globo e o SporTV 2, está marcada para a manhã de domingo, com largada prevista para 10h10.
FALTA DE HONESTIDADE

PERDA DE ETAPA DA FÓRMULA E É DESASTROSA PARA SÃO PAULO

.embed-container { position: relative; padding-bottom: 56.25%; height:
0; overflow: hidden; max-width: 100%; } .embed-container iframe, .embed-container object, .embed-container embed { position: absolute;
top: 0; left: 0; width: 100%; height: 100%; }

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube