Stock Car confirma conversas, mas diz que não há nada certo para novas montadoras em 2022

Em papo exclusivo com Pedro Henrique Marum, Renato Ribeiro e Guilherme Bloisi, o TT GP #18 teve longa conversa com Fernando Julianelli, CEO da Stock Car, que revelou ter conversas com novas montadoras, mas nada confirmado para 2022

Verstappen arrisca na estratégia e bate Hamilton: os melhores momentos do GP da França (GRANDE PRÊMIO com Reuters)

O TT GP, programa que vai ao ar às quartas-feiras no canal do GRANDE PRÊMIO na Twitch, recebeu Fernando Julianelli, atual diretor-executivo da Stock Car. Em conversa realizada na tarde da última quarta-feira (23), o dirigente falou sobre diversos tópicos relacionados à categoria, incluindo a possível chegada de uma terceira montadora ao campeonato. Segundo Julianelli, conversas existem, mas ainda é um processo.

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

O CEO comentou que essas conversas ainda estão longe do papel, mas já analisa montadoras que tenham carros na mesma categoria do Chevrolet Cruze e do Toyota Corolla. Ele, inclusive, revelou que já faz todo o trabalho de tirar o receio que essas marcas possam ter em chegar à Stock Car e sofrer nas corridas, nas conquistas de poles ou vitórias. Só que, ainda que existam conversas e interesses, não há nada confirmado para o ano que vem.

Rubens Barrichello fez valer a pole-position para vencer a corrida 1 de domingo no Velocitta (Foto: Duda Bairros/Vicar)

Julianelli também comentou sobre realizar corridas da Stock Car no Nordeste. O dirigente afirma que há muita vontade de retornar à região, mas afirma que é preciso ter as mínimas condições para levar a categoria, o que pode ser um pouco difícil por conta das restrições do novo coronavírus.

Assista ao trecho a partir de 58min40s:

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar