Suzuki celebra 3° lugar no grid em Londrina “desafiadora e difícil de dar volta perfeita”

Londrina soma calor, asfalto abrasivo, curvas complicadas... E mesmo assim Rafael Suzuki conseguiu o terceiro posto no grid. Por isso, comemorou

A pista de Londrina traz para a Stock Car dificuldades: curvas complicadas, muito calor, asfalto abrasivo… Então quem vai bem por lá, comemora bastante. É o caso de Rafael Suzuki, que garantiu a terceira colocação no grid na classificação disputada neste sábado (12), para a corrida 1 da quarta etapa da temporada 2020.

Ele foi o melhor do quarteto da Full Time, e só ficou atrás da dupla da Ipiranga, Thiago Camilo e Cesar Ramos, que anotou dobradinha. Por isso, em entrevista ao GRANDE PRÊMIO, celebrou a posição de vantagem na largada.

“Estou muito feliz. Fui um pouco no escuro para a tomada pois não usei pneus novos nos treinos livres – era o plano, mas teve bandeira vermelha no TL2, então não tive a sensação de fechar volta com penus novos. Aqui é muito abrasivo e desgasta muito, pneus novos fazem baita diferença. Acho que o carro melhor do Q1 para o Q2, e consegui encaixar uma volta boa, carro bom, constante. As três voltas foram parecidas”, disse.

“A equipe de certa forma foi bem. Londrina é uma pista difícil de encaixar volta perfeita, muita subidas e descidas, bem desafiadora, principalmente no terceiro setor. Frear na reta oposta, naquele mergulho, é difícil. Felicidade em acertar uma boa volta. Vai ser uma corrida de resistência, mesmo sendo curta, em carro de corrida lidar com esse calor não é fácil”, completou.

Rafael Suzuki em Londrina (Foto: Duda Bairros/Stock Car)

Já sobre a vantagem dos carros da Toyota sobre os da Chevrolet no dia – já que os três primeiros, ele incluso, andam com o Corolla -, Suzuki acredita que o trabalho das equipes que têm a marca japonesa em mãos ´que tem feito alguma diferença.

“Todos os Toyota estão em equipes muito boas, com tradição de resultados nos últimos anos. Difícil dizer. Eu não esperava que ia ter desvantagem aqui. Esperava Chevrolet na pole, Toyota perto. Parelho. E há outras variáveis: nosso trabalho é muito bem feito, a configuração para cada pista, então fico muito mais confiante na equipe, com o acerto, do que com o carro. Parece que os dois Ipiranga estão um nível na frente. Esperava eles fortes, e mesmo com o peso andou muito bem o Cesar”, concluiu.

A rodada dupla de Londrina começa às 12h30 (de Brasília) de domingo. A corrida 2 tem início marcado para 13h25 – ambas com duração de 30 minutos. O GRANDE PRÊMIO faz cobertura completa da quarta etapa da Stock Car.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube