Kanaan vê chance de “trazer melhor resultado do ano” em rodada da Stock Car em Goiânia

Em meio à uma temporada extremamente desafiadora, Tony Kanaan vê a rodada dupla da Stock Car, em Goiânia, como um bom sinal para alcançar os melhores resultados do ano

Câmera 360° no carro de Hamilton mostra como Verstappen o acertou em acidente (Vídeo: F1)

Tony Kanaan faz sua estreia na Stock Car neste ano de 2021 e vai ter a chance de ter um melhor desempenho em Goiânia, que recebe duas rodadas duplas neste fim de semana O piloto de 46 anos já teve uma experiência correndo no circuito goiano, já que foi a primeira parada do calendário da categoria em abril — à época, sua melhor colocação foi o 26º lugar, na corrida 1. Agora, o baiano espera alcançar posições melhores para sua equipe, a Full Time Bassani.

“A expectativa para Goiânia é alta. É a pista que eu vou repetir pela primeira vez na Stock Car. Foi uma pista que eu andei muito bem na minha primeira corrida lá. Estou super animado, não vejo a hora de chegar lá e trazer o meu melhor resultado desse ano para a equipe”, ressalta Kanaan.

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2

Tony Kanaan espera por resultados melhores na oitava e nona etapas da Stock Car em Goiânia (Foto: Duda Bairtos/Vicar)

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

A temporada do dono do carro #48 tem sido difícil, no entanto. Em conversa exclusiva com o GRANDE PRÊMIO, Tony admitiu que não imaginava que enfrentaria uma maratona tão dura. Ainda que na Indy tenham sido, com a Ganassi, apenas quatro corridas em três etapas – os ovais do calendário, o brasileiro somou ao cronograma a SRX, um campeonato novo de Tony Stewart com algumas lendas do automobilismo americano. Tudo isso além da Stock Car.

“Sendo sincero, não imaginava que a a maratona seria tão intensa. O começo da temporada foi relativamente tranquilo, mas depois da Indy 500 corri praticamente todos os fins de semana, com duas categorias em continentes diferentes. A adaptação aos carros fechados é que tem sido a parte mais difícil para mim”, explicou ele.

“Sentei no Indy no Texas e parecia que não havia parado de guiar um dia. Mas, na Stock Car, a pegada é outra. O carro é muito mais pesado e freia muito menos do que estou acostumado. Além da adaptação ser mais lenta, a categoria tem um nível altíssimo de pilotos e os treinos são limitados, o que dificulta o aprendizado”, relatou ao GP.

Para a próxima etapa, para os competidores da maior categoria do automobilismo será bem diferente. Isso porque a Stock Car vai realizar as provas em dois traçados: no tradicional circuito misto e também no anel externo. Esta é a primeira vez que a organização da categoria fará algo do tipo no mesmo fim de semana, e o GRANDE PRÊMIO traz, durante o fim de semana, a cobertura completa.

COMO VERSTAPPEN ADOTA POSIÇÃO PERIGOSA CONTRA HAMILTON E A SI NA LUTA PELO TÍTULO DA F1 2021

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar