Último vencedor em Cascavel, Abreu busca ponto de virada na Stock Car 2019

Átila Abreu tem um bom histórico em Cascavel. Foi lá que, no ano passado o sorocabano levou a Shell à vitória. A meta do #51 é voltar a encaixar bons resultados para fechar o campeonato entre os dez primeiros. Ricardo Zonta já foi ao pódio duas vezes no Autódromo Zilmar Beux. Pela Shell Helix Ultra, Galid Osman e Gaetano di Mauro também aceleram no oeste do Paraná nesta semana

A temporada 2019 da Stock Car se aproxima da sua reta final e disputa, neste fim de semana, sua nona de 12 etapas do campeonato, com a disputa da rodada dupla de Cascavel. O circuito do Autódromo Zilmar Beux é muito apreciado pelos seus pilotos por conta das suas características e desafios, como a famosa curva do Bacião, e pelas altas velocidades médias, perto dos 200 km/h. Átila Abreu é o último vencedor da Stock Car em Cascavel ao triunfar na corrida 2 da rodada dupla do ano passado. O sorocabano da Shell V-Power tem um histórico positivo no oeste paranaense, tendo também conquistado uma pole-position, em 2012.
 
O dono do carro #51 falou do seu apreço pelo circuito que volta a receber a Stock Car neste fim de semana. “Realmente, é uma das pistas que mais gosto, se não for a que eu mais gosto no calendário. É uma pista técnica, muito desafiadora, de velocidades médias muito altas, apesar de você nem sequer colocar sexta marcha, mas é uma pista que te desafia bastante, principalmente na curva do Bacião”.
 
O fato de chegar a Cascavel como o último vencedor na Stock Car é uma motivação a mais para Átila partir em busca da virada no campeonato a partir deste fim de semana. “A gente vem melhorando o carro, obviamente que ainda estamos longe do ideal, mas estar em uma pista como Cascavel, onde vencemos no ano passado, acho que isso nos motiva para continuar trabalhando e colher os resultados”.
Átila Abreu acelera em Cascavel neste fim de semana (Foto: José Mario Dias)
O piloto da equipe chefiada por Thiago Meneghel vem enfrentando uma das temporadas mais difíceis da carreira. Temporada que começou com o grave acidente na classificação da primeira etapa do campeonato, no Velopark, fato que o tirou de combate de três corridas. Na sequência do ano, Abreu conseguiu encaixar bons resultados, como os pódios em Londrina e Santa Cruz do Sul, mas também teve de lidar com muitas quebras, como no seu regresso ao Velopark, onde não pontuou.
 
Por isso, Átila encara a jornada deste fim de semana como a possibilidade para obter um ponto de virada no campeonato.
 
“Acredito que sim. A questão é encaixar bons resultados. Depois do acidente, tive dois pódios, enquanto nas outras corridas eu quebrei. Na última corrida estava fazendo a estratégia para ganhar a corrida 2, aí quebrou o carro também, quebrou na corrida 2… Obviamente, não estou satisfeito com isso porque acho que nosso potencial é de conquistar muito mais, de estar brigando pelas vitórias. O que mais quero é estar no grupo da frente, classificar bem e estar brigando lá nas cabeças. O foco é esse: encontrar a confiabilidade do carro e a velocidade para lutar lá na frente”, disse.
 
Atualmente em 19º colocado no campeonato, com 74 pontos, o sorocabano já tem um objetivo traçado até o fim da temporada.
 
“Nunca estive em uma posição tão desconfortável assim. A meta é chegar ao fim do campeonato entre os dez primeiros. Com todas as suas dificuldades, acho que é possível, levando em conta que a última corrida é de pontos dobrados, mas para isso a gente precisa começar a entregar os resultados, o que é extremamente possível, atingível. Precisamos fazer nossa lição de casa e aí, consequentemente, subir na tabela”, complementou.
Ricardo Zonta chega com otimismo para corrida em casa em Cascavel (Foto: José Mário Dias/Shell Racing)
Companheiro de equipe de Átila, Ricardo Zonta corre praticamente em casa em Cascavel. O curitibano tem dois pódios no Autódromo Zilmar Beux, em 2015 e 2016. 
 
“Cascavel é uma pista que traz boas lembranças para mim e onde costumo andar bem, onde já subi no pódio por duas vezes na Stock Car, na segunda colocação. Agora temos de buscar a vitória. O traçado é um dos mais velozes do Brasil e bastante desafiador, que gosto muito. Como sou paranaense, é meio que correr em casa. É sempre animador ter a torcida do nosso lado”, declarou o dono do carro #10. Zonta está em 14º no campeonato e soma 93 pontos.
 
Quatro pontos a mais e em 13º na tabela da temporada, Galid Osman é o piloto Shell melhor colocado no campeonato. A chance de acelerar em Cascavel, onde já faturou três top-10 em sua trajetória na Stock Car, aumenta sua confiança em busca de novos bons resultados no ano.
Galid Osman é o piloto Shell melhor colocado na Stock Car em 2019 (Foto: José Mário Dias/Shell Racing)
“É uma pista que eu gosto muito, então estou bem animado para correr lá. É um momento muito importante para o campeonato para conseguirmos voltar ao top-10. Ainda faltam quatro etapas para o fim da temporada, tem muitos pontos em jogo, e estamos participando de muitas reuniões na oficina para tentar evoluir”, disse o #28.
 
Gaetano di Mauro, companheiro de Galid na Shell Helix Ultra, vai fazer sua estreia em Cascavel correndo pela Stock Car. O jovem paulista conhece o traçado por lá ter competido no antigo Brasileiro de Turismo, hoje Stock Light. 
Gaetano di Mauro vai guiar pela primeira vez em Cascavel na Stock Car (Foto: José Mário Dias/Shell Racing)
“Estou bem animado para a corrida em Cascavel. Não viemos de uma corrida tão boa, então estamos com a cabeça voltada para virar isso. É uma pista bem desafiadora. A curva 1 é muito rápida. Na verdade, toda a pista é muito rápida. É a primeira pista com sequência de curvas de alta no calendário, então será bem desafiador. Vamos dar o máximo para trazer um bom resultado”, finalizou.
 
A programação do fim de semana começa na sexta-feira com dois treinos livres. No sábado, há mais uma sessão no período da manhã. Já a definição do grid de largada acontece às 11h30 (horário de Brasília). No domingo, a rodada dupla de Cascavel começa com a corrida 1, a partir de 11h, enquanto a largada da corrida 2 está prevista para 12h02, todas com transmissão ao vivo pelo canal por assinatura SporTV 2.

Todos os pilotos Shell estão elegíveis na votação do Fan Push, que entrega aos seis pilotos mais votados um botão de ultrapassagem adicional na segunda prova do fim de semana. A votação pode ser acessada pelo site oficial da Stock Car.

Paddockast #37
GRANDES RIVALIDADES INTERNAS 

Ouça: Spotify | iTunes | Android | playerFM

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube