Stock Car

Um ano e meio após pódio, Ramos vê Blau estagnada e em busca de “detalhe perdido”

Na primeira etapa de 2018, Cesar Ramos foi ao pódio (ao lado de Kelvin van der Linde) na Corrida de Duplas da Stock Car. Mas, desde então, não conseguiu repetir o resultado. Ao GRANDE PRÊMIO, ele explicou o que ocorre com a Blau para essa queda de desempenho

Grande Prêmio / FELIPE NORONHA, de São Paulo

No dia 10 de março de 2018, Cesar Ramos (ao lado de Kelvin van der Linde) esteve no pódio da Corrida de Duplas da Stock Car, prova que abriu aquela temporada. Porém, o que parecia ser um início promissor de ano se tornou, na verdade, a última vez que o piloto, e a Blau, sua equipe, subiram no palco de comemorações da categoria.

Um ano e meio após aquela data, Ramos comentou ao GRANDE PRÊMIO as razões para que o pódio não se repetisse. Foram 11 etapas em 2018 e já cinco em 2019 sem uma nova celebração.

"A Stock Car é uma categoria de muitos detalhes. O que acontece: nós perdemos algo no meio do caminho e infelizmente não achamos mais", resumiu o piloto.
Cesar Ramos (Foto: Duda Bairros/Stock Car)
Paddockast #27
Schumacher e Vettel: UNIDOS POR UM RECORDE


Ouça: Spotify | iTunes | Android | playerFM

Para Ramos, internamente a Blau passou por situações que colaboraram para que os resultados não surgissem: "Houve também uma mudança muito grande na área técnica da equipe, mudaram muitas pessoas. Então a gente está numa fase de readaptação e buscando o melhor resultado."

Desde aquele pódio, Ramos teve um quinto lugar na corrida 1 de Campo Grande, em 2018, como melhor resultado. Em 2019, precisou abandonar cinco das nove corridas disputadas até aqui.

"A gente está muito longe do que a gente quer, realmente não é surpresa nenhuma, as pessoas verem que estamos com resultados aquém do esperado, a gente também acha isso. Mas é parte do processo. A gente está dando o melhor em cada corrida, tentando achar o carro que a gente tinha", analisou.
Cesar Ramos (Foto: Duda Bairros/Stock Car)
Ele também foi questionado sobre o futuro dentro desta temporada, com sete etapas a disputar: "Eu, hoje, queria estar brigando bem mais na frente. Se eu fosse te dar uma projeção na primeira etapa, falaria (que estaríamos andando na frente) na quarta, quinta etapa."

"Não aconteceu, então não sei, estamos estagnados. É algum detalhe que a gente ainda não achou no carro e tem que procurar", concluiu.

Ele começa a busca pela recuperação em Campo Grande, no final de semana dos dias 10 e 11 de agosto, a sexta etapa da Stock Car em 2019. O GP cobre 'in loco'. 

Apoie o GRANDE PRÊMIO: garanta o futuro do nosso jornalismo

O GRANDE PRÊMIO é a maior mídia digital de esporte a motor do Brasil, na América Latina e em Língua Portuguesa, editorialmente independente. Nossa grande equipe produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente, e não só na internet: uma das nossas atuações está na realização de eventos, como a Copa GP de Kart. Assim, seu apoio é sempre importante.

Assine o GRANDE PREMIUM: veja os planos e o que oferecem, tenha à disposição uma série de benefícios e experiências exclusivas, e faça parte de um grupo especial, a Scuderia GP, com debate em alto nível.