Wilson crava melhor tempo do segundo treino da Stock Car em Interlagos. Fraga é quarto e Barrichello fecha em 23º

A RC voltou a liderar em Interlagos. Depois de Ricardo Maurício ter sido o mais rápido do primeiro treino livre do fim de semana, Max Wilson garantiu a melhor marca da manhã deste sábado. Na disputa entre os dois candidatos ao título, novamente Felipe Fraga levou a melhor

O fim de semana que marca a grande final da temporada 2016 da Stock Car, a RC/Eurofarma vem sendo a coadjuvante de luxo em meio à definição do títuo entre Felipe Fraga e Rubens Barrichello. Na última sexta-feira, no primeiro treino livre da etapa decisiva em Interlagos, Ricardo Maurício cravou a melhor marca da sessão. E nesta manhã de sábado (10), Max Wilson repetiu o bom desempenho do amigo e companheiro de equipe e garantiu o melhor tempo do fim de semana até o momento ao registrar 1min38s653. Marcos Gomes foi o segundo colocado, enquanto Allam Khodair, que enfrentou problemas na sexta-feira, se recuperou bem, liderou boa parte da sessão e marcou o terceiro tempo.

Entre os candidatos ao título, novamente Felipe Fraga levou a melhor sobre Rubens Barrichello. O atual líder do campeonato, que depende apenas de um 12º para conquistar seu primeiro título na Stock Car, cravou o quarto melhor tempo, sendo o mais rápido do Grupo 2, que encarou uma pista mais quente em relação aos competidores que abriram a sessão. Rubens Barrichello, por sua vez, não teve um grande rendimento em termos de tempo e só anotou a 23ª marca dentre os 29 pilotos do grid.

A definição do grid de largada da etapa decisiva da Stock Car em Interlagos está marcada para o meio-dia, horário de Brasília. A sessão classificatória terá transmissão ao vivo pelo canal por assinatura SporTV.

window._ttf = window._ttf || [];
_ttf.push({
pid : 53280
,lang : “pt”
,slot : ‘.mhv-noticia .mhv-texto > div’
,format : “inread”
,minSlot : 1
,components : { mute: {delay :3}, skip: {delay :3} }
});

(function (d) {
var js, s = d.getElementsByTagName(‘script’)[0];
js = d.createElement(‘script’);
js.async = true;
js.src = ‘//cdn.teads.tv/media/format.js’;
s.parentNode.insertBefore(js, s);
})(window.document);

Max Wilson foi o mais rápido no segundo treino livre em Interlagos (Foto: Fábio Davini/Vicar)
Saiba como foi o segundo treino livre da Stock Car
 
A sessão realizada na manhã deste sábado começou com Thiago Camilo sendo o grande destaque. O paulista, que se despede da RCM neste fim de semana para correr na equipe de Andreas Mattheis em 2017, abriu o treino na liderança, para pouco depois ter a chance de melhorar bem a marca e anotar 1min39s148.
 
Quem chamava a atenção também era o jovem Guilherme Salas. O piloto da RZ, em sua apenas terceira corrida na Stock Car, brilhava com um excelente desempenho, aparecendo em segundo lugar na tabela de tempos. 
Julio Campos figurou entre os ponteiros no primeiro grupo durante o segundo treino em Interlagos (Foto: Rodrigo Berton/Grande Prêmio)
Até que Allam Khodair, com uma grande volta, desbancou os ponteiros e assumiu a ponta com 1min39s123. Khodair, aliás, enfrentou problemas com o carro #18 da Full Time no primeiro treino e completou apenas oito voltas na tarde da última sexta-feira. Provando que seu carro não tinha mais problema algum, o ‘Japonês Voador’ foi o primeiro piloto do fim de semana a andar abaixo de 1min39s ao cravar 1min38s885.
 
Em seguida, Julio Campos, na sua despedida da C2, cravou 1min39s079 e subiu para segundo lugar, com Thiago Camilo em terceiro, Marcos Gomes em quarto e Max Wilson em quinto. Salas caía para a sétima posição no treino.  
 
Mas a pista melhorou muito no fim, e as marcas voltaram a cair. Wilson, com uma boa sequência de voltas rápidas, cravou 1min38s653 em sua melhor passagem, subindo para a liderança, com Gomes vindo em segundo e Khodair caindo para terceiro. Foi assim que se encerrou o primeiro grupo no segundo treino livre. Salas fechou em 11º.
Fraga garante melhor tempo no Grupo 2
 
Líder do primeiro treino livre com um grande tempo no ‘apagar das luzes’, Maurício logo começou a se destacar e se posicionou em 12º, sendo momentaneamente o melhor do G2 na segunda parte da sessão desta manhã em Interlagos. Mas Fraga, sétimo colocado na primeira sessão, logo foi mais rápido que Maurício com 1min39s459, tempo ainda bem mais lento em relação aos ponteiros do G1.
 
Mas Maurício vinha em ótima forma e conseguiu evoluir bem na tabela de tempos e marcou 1min39s080 para subir para a sexta posição na classificação geral. Outro que crescia bem demais na sessão era Diego Nunes. Um dos bons nomes de 2016, o paulista marcava o nono melhor tempo geral após sete voltas completadas.
Com um carro bem equilibrado, Felipe Fraga foi o mais rápido dentre os pilotos do Grupo 2 (Foto: Rodrigo Berton/Grande Prêmio)
A ordem na tabela de tempos parecia que não seria modificada quando o treino entrou nos dez minutos finais: a lista apontava Wilson, Gomes, Khodair, Genz e Julio Campos ocupando as cinco primeiras posições, respectivamente, com Maurício vindo em sexto. Mas assim como aconteceu na tarde de sexta-feira, alguns tempos despencaram nos minutos finais.
 
Fraga cravou 1min39s022 e subiu para a quarta colocação. O líder do campeonato mostrava uma grande performance com um carro extremamente equilibrado e não tinha dificuldades para emendar uma boa sequência de voltas, quebrando a barreira de 1min39s quando restavam pouco mais de dois minutos para o fim da sessão.
Rubens Barrichello ficou longe dos ponteiros neste segundo treino livre (Foto: Rodrigo Berton/Grande Prêmio)
No fim das contas, Wilson permaneceu na ponta e fechou na frente o segundo treino, com Gomes em segundo e Khodair em terceiro, sendo os três primeiros. Felipe Fraga foi o melhor do segundo grupo, realizado com a pista mais quente em relação ao começo da manhã, fechando em quarto, à frente de Vitor Genz e Ricardo Maurício. Campos foi o sétimo, seguido por Sergio Jimenez e Thiago Camilo. Diego Nunes completou o rol dos dez primeiros, enquanto Rubens Barrichello foi apenas o 23º.
 
O GRANDE PRÊMIO acompanha ‘in loco’ a grande final da Stock Car com grande equipe: os jornalistas Fernando Silva, Gabriel Curty, Nathália de Vivo, Pedro Henrique Marum, Vitor Fazio e o repórter fotográfico Rodrigo Berton.
1 65 MAX WILSON SP RC Chevrolet 1:38,653  
2 80 MARCOS GOMES SP CIMED Peugeot 1:38,864 +0,211
3 18 ALLAM KHODAIR SP FULL TIME Chevrolet 1:38,870 +0,217
4 88 FELIPE FRAGA PA CIMED Peugeot 1:38,881 +0,228
5 46 VITOR GENZ RS CARLOS ALVES Peugeot 1:38,919 +0,266
6 90 RICARDO MAURÍCIO SP RC Chevrolet 1:39,028 +0,375
7 4 JÚLIO CAMPOS PR C2 Chevrolet 1:39,058 +0,405
8 73 SÉRGIO JIMENEZ SP CAVALEIRO Peugeot 1:39,111 +0,458
9 21 THIAGO CAMILO SP RCM Chevrolet 1:39,130 +0,477
10 70 DIEGO NUNES SP BASSANI Chevrolet 1:39,131 +0,478
11 28 GALID OSMAN SP RCM Chevrolet 1:39,148 +0,495
12 77 VALDENO BRITO PB TMG Chevrolet 1:39,149 +0,496
13 5 DENIS NAVARRO SP VOGEL Chevrolet 1:39,168 +0,515
14 0 CACÁ BUENO RJ RED BULL Chevrolet 1:39,277 +0,624
15 29 DANIEL SERRA SP RED BULL Chevrolet 1:39,315 +0,662
16 83 GABRIEL CASAGRANDE PR C2 Chevrolet 1:39,410 +0,757
17 117 GUILHERME SALAS SP RZ Chevrolet 1:39,447 +0,794
18 10 RICARDO ZONTA PR A.MATTHEIS Chevrolet 1:39,482 +0,829
19 63 NESTOR GIROLAMI ARG CARLOS ALVES Peugeot 1:39,588 +0,935
20 12 LUCAS FORESTI DF FULL TIME PRO GP Chevrolet 1:39,597 +0,944
21 8 RAFAEL SUZUKI SP VOGEL Chevrolet 1:39,633 +0,980
22 110 FELIPE LAPENNA SP HOT CAR Chevrolet 1:39,687 +1,034
23 111 RUBENS BARRICHELLO SP FULL TIME Chevrolet 1:39,694 +1,041
24 26 RAPHAEL ABBATE SP HOT CAR Chevrolet 1:39,746 +1,093
25 51 ÁTILA ABREU SP A.MATTHEIS Chevrolet 1:39,995 +1,342
26 25 TUKA ROCHA SP RZ Chevrolet 1:40,046 +1,393
27 3 BIA FIGUEIREDO SP BASSANI Peugeot 1:40,049 +1,396
28 9 GUGA LIMA PR TMG Chevrolet 1:40,395 +1,742
29 99 XANDINHO NEGRÃO SP CAVALEIRO Peugeot 1:40,586 +1,933
 

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube