Stock Car
07/08/2018 05:30

Wilson revive esperança de título com “maior quantidade de pontos possíveis” na Corrida do Milhão

A Eurofarma não conseguiu vencer a Corrida do Milhão, mas manteve a liderança da classificação com Daniel Serra e viu Max Wilson ir ao pódio com a segunda colocação. Para ele, aliás, a prova não foi perfeita, mas longe de ser ruim
Warm Up, de Goiânia / FELIPE NORONHA, de Goiânia
 Max Wilson ficou em segundo na Corrida do Milhão (Foto: Duda Bairros/Vicar)
Max Wilson quase conseguiu vencer a Corrida do Milhão da Stock Car no último domingo (5), sendo ultrapassado por Rubens Barrichelolo, que usou o Fan Push, no final da prova. Mas ele foi ao pódio com a segunda colocação e, pensando na classificação, conquistou um bom resultado.

Essa foi a análise feita pelo piloto da Eurofarma após a corrida, em entrevista ao GRANDE PRÊMIO no paddock do autódromo de Goiânia. 

"Em termos de campeonato, obviamente o objetivo era vencer. E, se não vencesse, era conquistar a maior quantidade de pontos possíveis", disse Wilson.

"Não deu para vencer, faltou um pouquinho, então saio daqui com 30 pontos, o que é bom para o campeonato. Não posso falar que foi um resultado ruim, não", completou.
Max Wilson (Foto: Duda Bairros/Vicar)
Ele foi a 120 pontos, na terceira colocação da classificação. E reviveu as esperanças de título, já que seu companheiro Daniel Serra, líder do campeonato, ficou apenas em oitavo na Corrida do Milhão e foi a 165 pontos. Entre eles está Marcos Gomes, com 130.

Antes da parada da Copa do Mundo, Wilson havia afirmado que gostaria de "continuar como estava" durante a primeira parte da temporada. Em Goiânia, ele provou este ponto se aproximando da briga pela liderança.

O piloto da Eurofarma tem a chance de manter a boa fase em Campo Grande, próximo palco da Stock Car, na próxima semana.