Stock Car

Zonta leva pole por 0s005 em Interlagos. Serra larga em terceiro e Fraga parte apenas em 18º

Ricardo Zonta roubou a cena dos protagonistas e venceu uma grande disputa pela pole-position ao superar Julio Campos por meros 0s005. Daniel Serra abre a segunda fila, enquanto a chuva derrubou Felipe Fraga ainda no Q1
Warm Up, de São Paulo / FERNANDO SILVA, de Interlagos
 Ricardo Zonta (Foto: Fernanda Freixosa/Stock Car/Vipcomm)
O penúltimo embate entre Daniel Serra e Felipe Fraga na temporada 2018 da Stock Car teve o atual campeão como vitorioso. Contudo, quem roubou a cena no treino classificatório desta tarde de sábado (8), em Interlagos, foi Ricardo Zonta. O piloto da Shell V-Power comprovou a grande fase da equipe e aproveitou a pista mais seca no fim do Q3 para brilhar com uma volta muito boa, feita em 1min37s314. O tempo foi apenas 0s005 mais rápido em relação ao segundo colocado. Serra vai abrir a segunda fila do grid, saindo na terceira posição.

Felipe Fraga, em contrapartida, foi derrubado pela chuva que deu as caras no Q1. Sem ter um bom desempenho do carro, o piloto ficou longe de Serra e ficou apenas em 18º, a três colocações de avançar para a segunda fase do treino. Assim, sua situação na disputa pelo título, neste domingo, fica muito mais difícil. Basta a Daniel apenas um quarto lugar, independente do resultado de Fraga, para faturar o bicampeonato.

Cacá Bueno vai dividir a segunda fila com Serra, seu ex-companheiro de equipe nos tempos de Red Bull. Ricardo Maurício, da Full Time, sai em quinto, lado a lado com Gabriel Casagrande, que abortou sua volta no Q3. Rubens Barrichello, por sua vez, parte somente em 23º.

A decisão do título da Stock Car na temporada 2018 está marcada para 11h (horário de Brasília) deste domingo, com transmissão ao vivo pela Rede Globo e também pelo canal fechado SporTV 2. O GRANDE PRÊMIO cobre ‘in loco’ a etapa final da Stock Car em Interlagos com Felipe Noronha, Fernando Silva e Rodrigo Berton.
Ricardo Zonta roubou a cena e faturou a pole em Interlagos (Foto: José Mário Dias/Shell Racing)
Saiba como foi o treino classificatório da Stock Car em Interlagos

Q1: Chuva derruba Fraga, que larga apenas em 18º


A definição do grid de largada da corrida decisiva da Stock Car começou com uma chuva fina em Interlagos. E como a pista já estava molhada no fim da manhã, os pilotos enfrentaram um desafio a mais, principalmente os membros do primeiro grupo, que contava com os líderes do campeonato e candidatos ao título, Daniel Serra e Felipe Fraga. O cenário era de loteria.
 
Na primeira passagem, Serra foi o mais rápido com 1min44s133, enquanto Fraga se colocou em sétimo na sua volta inicial. A pista melhorava um pouco, já que a chuva não se fazia tão presente ao longo do Q1. Daniel manteve a dianteira com uma volta bem melhor, 1min43s466, seguido por Átila Abreu e Gabriel Casagrande. Fraga também melhorou, subindo para sexto.
 
Ainda havia tempo para mais uma volta rápida. Serra fez 1min43s276, mas era superado por Julio Campos, com 1min43s054, Casagrande e Zonta, ficando na quarta colocação. Fraga registrou 1min43s400, mas caiu para oitavo depois da boa volta de Lucas Di Grassi, sétimo. Entre Serra e Fraga, estavam os carros de Cacá Bueno e Marcos Gomes, da Cimed, e Di Grassi, da Hero.

Com uma garoa, os pilotos do segundo grupo deixaram os boxes para as voltas rápidas no fim do Q1. A regra nova da Stock Car diz que se a diferença do tempo entre os mais rápidos de cada grupo for superior a 3%, então passam oito do grupo mais rápido e sete do mais lento.
Daniel Serra conseguiu passar para o Q2; Fraga foi derrubado pela chuva (Foto: Fernanda Freixosa/Stock Car/Vipcomm)
E os primeiros tempos, de fato, eram muito bons. Logo na primeira tentativa, Ricardo Maurício subiu para a ponta com 1min42s671. Tempo que foi logo batido pelos jovens Bruno Baptista, com 1min42s329, e Gaetano di Mauro, correndo pela Hero no fim de semana. Guga Lima também aparecia bem e era o quarto colocado. Havia mais chance de melhora na sequência.
 
O tempo de Baptista já era 0s947 em relação a Serra, o que indica uma grande diferença de performance entre um grupo e outro. Lucas Foresti e Antonio Pizzonia conseguiram fazer boas voltas, que os colocaram no top-5, formado também por Maurício. Serra ainda se garantia no Q2, mas Fraga, em 18, ficava fora. Passaram para a segunda fase dez pilotos do segundo grupo e apenas cinco, incluindo Serrinha, do primeiro.
 
Pela ordem, os seguintes pilotos passaram para o Q2: Bruno Baptista, Gaetano di Mauro, Lucas Foresti, Antonio Pizzonia, Ricardo Maurício, Guga Lima, Diego Nunes, Julio Campos, Gabriel Casagrande, Ricardo Zonta, Felipe Lapenna, Daniel Serra, Bia Figueiredo, Cacá Bueno e Ricardo Sperafico. Marcos Gomes, 16º, não passou para a segunda parte do treino por meros 0s003.
 
Q2: Serra se garante no top-6; Zonta é o mais rápido
 
Uma cena curiosa marcou o início do Q2: Diego Nunes foi liberado pela Full Time com a capa ainda no aerofólio traseiro. O tecido não se soltou e acabou por prejudicar o piloto, que teve de regressar rapidamente para os boxes.
Diego Nunes sai com a lona ainda presa ao aerofólio do seu carro (Foto: Reprodução)
Zonta abriu a tabela de tempos como o mais rápido, 1min41s143, com Julio Campos 0s101 atrás e Serrinha aparecendo em terceiro lugar. Ainda havia tempo para mais duas tentativas, mas Daniel parecia em boa posição para lutar pela pole. Zonta, Julio Campos, Serra, Cacá Bueno, Casagrande e Maurício, este o único do grupo 2, estavam avançando para o Q3.
 
Lucas Foresti ficou a 0s416 do tempo de Maurício e vai largar em sétimo, lado a lado de Baptista. Pizzonia e Nunes vão completar o top-10, seguido de perto por Gaetano di Mauro, 11º na sua primeira corrida na Stock Car.

Q3: Zonta rouba a cena com pole em Interlagos; Serra parte em terceiro

A decisão da pole levou os pilotos a correr riscos. Um deles era colocar os pneus slicks mesmo com a pista ainda molhada em alguns trechos. Todos os seis classificados para o Q3 resolveram arriscar com os slicks novos, tornando a última parte da sessão ainda mais lotérica.

Maurício foi o primeiro a deixar os boxes para fazer sua tentativa. O bicampeão cravou 1min39s534, já a melhor volta da sessão no momento. Em seguida, foi a vez de Casagrande abrir sua volta. Mas o piloto da Vogel escapou na entrada do S do Senna, passando pela área de escape asfaltada. Assim, o paranaense se viu sem chances de brigar pela pole ao abortar a volta. 
Ricardo Zonta festeja sua primeira pole-position na temporada (Foto: Fernanda Freixosa/Stock Car/Vipcomm)
Cacá Bueno foi o próximo a acelerar no Q3. O pentacampeão, dono de nada menos que sete vitórias em Interlagos, cravou volta excelente: 1min38s338. Cacá deu lugar a Serra para a volta decisiva na classificação. O atual campeão passou na primeira parcial abaixo do tempo do piloto da Cimed e, com a pista mais seca, não teve dificuldades para anotar 1min37s398. Uma volta excepcional que o deixou muito perto da pole-position.

Apenas dois pilotos poderiam tomar a pole de Daniel: Zonta e Campos, que deixava os boxes na sequência. Como a pista estava praticamente seca, o paranaense conseguiu fazer uma ótima primeira parcial, perdeu na segunda para Serra, mas tomou a ponta por exatos 0s079. A tentativa derradeira foi da Shell V-Power, que tinha em Zonta grandes chances de levar a pole. O dono do carro #10 fez uma volta equilibrada, aproveitou toda sua experiência e, por 0s005, passou Campos para confirmar a posição de honra em Interlagos.

Stock Car 2018, Interlagos, grid de largada: 

1 R ZONTA Shell V-Power   1:37.314  
2 J CAMPOS Prati Donaduzzi   1:37.319 +0.005
3 D SERRA RC Eurofarma   1:37.398 +0.084
4 C BUENO Cimed   1:38.338 +1.024
5 R MAURÍCIO Full Time   1:39.534 +2.220
6 G CASAGRANDE Vogel      
7 L FORESTI Cimed   1:42.303  
8 B BAPTISTA Hero   1:42.426  
9 A PIZZONIA Prati Donaduzzi   1:42.551  
10 D NUNES Full Time   1:42.588  
11 G DI MAURO Hero   1:42.644  
12 B FIGUEIREDO A. Mattheis/Ipiranga   1:42.948  
13 R SPERAFICO Hot Car Bardahl   1:43.166  
14 G LIMA Vogel   1:43.407  
15 F LAPENNA Cavaleiro   1:43.415  
16 M GOMES Cimed   1:43.315  
17 L DI GRASSI Hero   1:43.375  
18 F FRAGA Cimed   1:43.400  
19 V BRITO Carlos Alves Eisenbahn   1:43.419  
20 V GENZ Carlos Alves Eisenbahn   1:43.461  
21 A KHODAIR Blau   1:43.485  
22 A ABREU Shell V-Power   1:43.553  
23 R BARRICHELLO Full Time   1:43.788  
24 C RAMOS Blau   1:43.859  
25 T CAMILO A. Mattheis/Ipiranga   1:43.983  
26 G OSMAN Cavaleiro   1:44.139  
27 N PIQUET Full Time   1:44.143  
28 R SUZUKI Hot Car Bardahl   1:44.174  
29 D NAVARRO Cavaleiro   1:44.194  
30 W STAROSTIK KTF   1:44.276  
31 M WILSON RC Eurofarma   1:44.356