Zonta leva vantagem nos boxes sobre Ramos e vence segunda Corrida do Milhão na carreira

Foi na estratégia: com parada mais rápida, Ricardo Zonta conseguiu superar Cesar Ramos e repetiu 2013, conquistando novamente a mais famosa prova da Stock Car

Paddockast #75 | Thiago Camilo e a Corrida do Milhão
Ouça também: PODCASTS APPLE | ANDROID | PLAYERFM

Se não foi na pista, foi na estratégia: com parada mais rápida, sem erros, Ricardo Zonta levou a Shell, a RCM e a Toyota ao triunfo da Corrida do Milhão, neste domingo (23), em Interlagos.

É a segunda vitória do #10 na prova mais famosa da Stock Car – ele já tinha o troféu de 2013, também no autódromo paulistano. Zonta, aos 44 anos, largou em terceiro, mas ganhou na pista a posição de Matías Rossi, depois usou a tática de maneira correta para passar Ramos na janela de boxes e vencer com folga.

Ramos, no caso, repetiu o último sábado: depois de ser pole, foi ao pódio, mas também na segunda colocação. Pódio, aliás, que teve surpresa: Denis Navarro segurou diversos favoritos no braço para ser o terceiro.

Destaque também para Rubens Barrichello: o #111 largou em 22°, mas conseguiu escalada gigante no grid e chegou em quarto. Ricardo Maurício completou as cinco primeiras posições.

Ricardo Zonta bateu Cesar Ramos na disputa pela vitória e pelo Milhão (Foto: Duda Bairros/Vicar)

Saiba como foi a Corrida do Milhão:

A largada (com 24 carros, já que Daniel Serra teve quebra de câmbio e sequer saiu dos boxes) foi com uma mudança importante de posição: Ricardo Zonta passou já na reta Matías Rossi e assumiu o segundo posto. O argentino não teve vida fácil: ainda na primeira volta, foi punido com um drive-through pois a equipe realizou manutenção em seu carro (câmbio) após a placa de 3 minutos.

O começo teve mais emoção: no segundo giro, Zonta escapou da pista na curva do lago. Voltou atrás de Diego Nunes, mas mais rápido e se aproximou, tocando no piloto da Blau, que acabou caindo para o distante nono lugar.

No fundo do grid, quem ganhou boas posições nas duas primeiras voltas foi Rubens Barrichello. Com problemas na classificação, largou apenas em 22°, mas rapidamente subiu para 17°.

Rubens Barrichello (Foto: Duda Bairros/Vicar)

Rossi pagou sua punição na quarta volta, e com isso Thiago Camilo assumiu a terceira colocação, com Allam Khodair logo atrás. Pouco depois, Nelsinho Piquet, vencedor da etapa de sábado, rodou quando aparecia em sétimo.

Na oitava volta, uma bela manobra: então em quinto, Denis Navarro usou o ‘push’ no final da reta e conseguiu passar Khodair; em seguida, aproveitou brecha por dentro e também saiu à frente de Camilo, abrindo vantagem na terceira posição.

Denis Navarro tenta segurar Thiago Camilo (Foto: Duda Bairros/Vicar)

Quando a janela de boxes abriu, Ramos foi o primeiro a parar, trocando o pneu traseiro direito, além de reabastecer. Zonta optou por tática contrária: seguiu na pista para tentar abrir vantagem – e deu certo: assim que fez sua parada, o paranaense saiu bem à frente, abrindo 7s (teve parada 3s mais rápida, também).

Enquanto estes seguiam com folga, Barrichello continuava sua escalada: após a janela de boxes, o #111 apareceu no top-10, em oitavo. Faltando 12 minutos, usou o ‘push’ e passou Átila Abreu, indo para sétimo. Pouco depois, ao entrar na casa dos 10 minutos faltantes, fez manobra para cima de Guilherme Salas.

O show de Barrichello seguiu: faltando cinco minutos, aproveitou brecha por dentro no fim da reta principal e chegou ao quinto posto, passando Camilo.

Cesar Ramos saindo dos boxes em Interlagos (Foto: Duda Bairros/Vicar)
Cesar Ramos saindo dos boxes em Interlagos (Foto: Duda Bairros/Vicar)

Ainda deu tempo de passar Khodair, e Barrichello foi o quarto colocado. Na briga pela vitória, a vantagem de Zonta estabilizou em 7s sobre Ramos. O triunfo foi tranquilo: sem susto, na estratégia, o paranaense repetiu 2013 e levou a segunda Corrida do Milhão na carreira.

Ramos foi segundo e Navarro completou o pódio. Barrichello foi o quarto, enquanto Ricardo Maurício acelerou no final e foi o quinto. No top-10, ainda apareceram Camilo, Salas, Abreu, Khodair e Julio Campos.

Stock Car 2020, Interlagos, Corrida do Milhão:

1R ZONTARCM TOYOTA42:36.88225 voltas
2C RAMOSIPIRANGA TOYOTA+6.117 
3D NAVARROCAVALEIRO CHEVROLET+9.755 
4R BARRICHELLOFULL TIME TOYOTA+10.551 
5R MAURÍCIORC CHEVROLET+15.261 
6T CAMILOIPIRANGA TOYOTA+16.674 
7G SALASKTF CHEVROLET+16.971 
8A ABREUCROWN SHELL CHEVROLET+17.540 
9A KHODAIRBLAU CHEVROLET+19.441 
10J CAMPOSCROWN CHEVROLET+20.222 
11B BAPTISTARCM TOYOTA+27.822 
12M GOMESCAVALEIRO CHEVROLET+32.565 
13R SUZUKIFULL TIME TOYOTA+33.537 
14L FORESTIVOGEL CHEVROLET+33.723 
15G OSMANCROWN SHELL CHEVROLET+40.938 
16G DI MAUROVOGEL CHEVROLET+43.191 
17V BAPTISTAKTF CHEVROLET+46.221 
18C BUENOCROWN CHEVROLET+47.441 
19G CASAGRANDER.MATTHEIS CHEVROLET+48.118 
20P CARDOSOR.MATTHEIS CHEVROLET+52.732 
21M ROSSIFULL TIME TOYOTA+1 volta 
22T ANTONIAZIHOT CAR CHEVROLET+1 volta 
23N PIQUETFULL TIME TOYOTA+4 voltas 
24D NUNESBLAU CHEVROLETAbandonou 
25D SERRARC CHEVROLETNL 

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube